Faça download dos Aplicativos de Leitura Kindle Gratuitos e comece a ler eBooks Kindle nos mais populares smartphones, tablets e computadores pessoais. Para enviar o link de download para seu smartphone por SMS, use o formato internacional sem espaços (Código Internacional+DDD+Número. Exemplo: +551199999999)

  • Apple
  • Android
  • Windows Phone
  • Android

Para receber o link de download digite seu celular:

Preço Kindle: R$ 5,99
Leia à vontade. Mais de 1 milhão de eBooks Saiba mais
Leia de graça
OU
OU

Essas promoções serão aplicadas a este item:

Algumas promoções podem ser combinadas; outras não são elegíveis. Para detalhes, por favor, acesse os Termos e Condições dessas promoções.

Entregar no seu Kindle ou em outro dispositivo

Entregar no seu Kindle ou em outro dispositivo

Anúncio do aplicativo do Kindle

A Canção dos Shenlongs: Guerras Épicas do Império de Housai eBook Kindle

4.9 de 5 estrelas 55 avaliações de clientes

Ver todos os formatos e edições Ocultar outros formatos e edições
Preço
Novo a partir de Usado a partir de
eBook Kindle, 3 out 2016
"Tente novamente"
R$ 5,99

Número de páginas: 83 páginas Configuração de fonte: Habilitado Page Flip: Habilitado
Idioma: Português

Kindle Unlimited
Kindle Unlimited
Leia este e mais de 1 milhão de eBooks de graça com Kindle Unlimited. Saiba mais.

Descrições do Produto

Descrição do produto

A Canção dos Shenlongs


O ebook que em menos de 24h atingiu 1º lugar na categoria Fantasia Épica da Amazon.
Uma incrível história de fantasia e aventura repleta de ação e batalhas épicas.


Mais 40 de avaliações 5 estrelas.


por Diogo Andrade



Uma história que narra o início das Guerras Épicas entre o Império de Housai e os monges guerreiros shenlongs. Uma aventura cheia de mistério, em um mundo de magia e artes marciais.

SINOPSE
Os tempos mudaram. A ascensão do Império de Housai obrigou os monges guerreiros shenlongs a se isolarem cada vez mais. Com o passar dos anos, os Quatro Templos sagrados se tornaram seu último refúgio. Os Antigos se foram. Seus descendentes desapareceram. Aqueles que resistem à nova ordem estão enfraquecidos.

Por mais de mil anos, o Templo da Montanha, Shanjin, se manteve firme em Linshen. E para Mu, Shanjin é sua casa. Chegou ao templo ainda criança junto de seu irmão, Ruk. E, quando Ruk é expulso da ordem monástica, Mu vive o conflito entre a dor da perda e se manter como um shenlong, fiel aos ensinamentos e o caminho de retidão.

Os problemas se agravam quando um espadachim misterioso traz a notícia da grande ameaça que pode abalar os Quatro Templos. O exílio não durará. Agora, os shenlongs de Shanjin devem reforçar suas defesas e se preparar para o combate. Pois, desta vez, nem a Barreira será suficiente para protegê-los.

Em a Canção dos Shenlongs, Diogo Andrade introduz um universo ficcional elaborado com suas próprias regras, leis, deuses, religiões e relações de poder, que transportam o leitor para uma realidade de grande imaginação.

AVALIAÇÕES
“...impressionante! você começa a ler e não consegue parar!! Vale muito a pena!!” – Duda Pipipitchu, dos Irmãos Piologo
É daqueles livros que ao terminar, você anseia por mais! Obra recomendadíssima! - Acervo do Leitor
Ótimo romance! - Blog Perplexidade e Silêncio
Recomendo!" - Blog Dicas da Kira
Tudo indica que Diogo Andrade deu início a uma saga épica que possui todos os elementos necessários para cair das graças dos leitores." - Leituraverso
Universo original e desenvolvido de maneira surpreendente. - Blog Loucura Por Leituras
Curti muito! As cenas de ação são muito bem feitas. - Blog Ficções Humanas

Autor: Diogo Andrade
Capa: Bruno Stepheson
Ilustrações: Mariana Oliveira
Revisão: Gustavo Sirelli

Detalhes do produto

  • Formato: eBook Kindle
  • Tamanho do arquivo: 2196 KB
  • Número de páginas: 83 páginas
  • Vendido por: Amazon Servicos de Varejo do Brasil Ltda
  • Idioma: Português
  • ASIN: B01M0D1XT6
  • Dicas de vocabulário: Não habilitado
  • Leitor de tela: Compatível
  • Configuração de fonte: Habilitado
  • Avaliação média: 4.9 de 5 estrelas 55 avaliações de clientes
  • Lista de mais vendidos da Amazon: #3,418 entre os mais vendidos na Loja Kindle (Conheça os 100 mais vendidos na Loja Kindle)

Quais outros itens os consumidores compraram após visualizar este item?

Avaliação de clientes

4.9 de 5 estrelas
5 estrelas
52
4 estrelas
3
3 estrelas
0
2 estrelas
0
1 estrela
0
Ver todas as 55 avaliações dos clientes
Compartilhe suas ideias com outros clientes

Principais avaliações de clientes

Compra verificada
O jovem talento Diogo Andrade, através de um texto leve e cativante, nos transporta para um mundo de fantasia, aventuras e magia onde códigos de honra, antigas tradições e artes marciais têm um papel relevante dentro da sociedade.
Com momentos de ação eletrizante e dramas existenciais, é um livro que sem dúvida daria um excelente filme de ação no estilo de Tigre e o Dragão, O Reino Proibido, The Monkey King, etc. E ao chegar ao fim, deixa o leitor ávido por uma continuação.
Altamente recomendável para os amantes do gênero fantasia com toques orientais (influência de wuxia, anime, magia...).
6 pessoas acharam isso útil. Esta avaliação foi útil para você? Sim Não Enviando feedback...
Agradecemos pelos seus comentários.
Desculpe, o registro do seu voto falhou. Tente novamente
Informar abuso
Compra verificada
Com uma narrativa objetiva e uma escrita ágil, A Canção dos Shenlongs lança o leitor num mundo fantástico que pode ser o nosso. Com elementos da cultura oriental, conta a história de dois irmãos nas artes marciais que precisam se posicionar, cada um a sua maneira, frente seu próprio destino e da tradição que se filiaram.
Recomendo a leitura!
4 pessoas acharam isso útil. Esta avaliação foi útil para você? Sim Não Enviando feedback...
Agradecemos pelos seus comentários.
Desculpe, o registro do seu voto falhou. Tente novamente
Informar abuso
Compra verificada
No mundo, existem quatro Templos Antigos onde monges guerreiros vivem isolados do restante da civilização. Cada Tempo possui suas próprias leis e cultura e este livro é focado em Shanjin, o Templo da Montanha. O Império Housai tem pressionado e ameaçado Shanjin nos últimos tempos, querendo aumentar seu poder de dominação através dos conhecimentos que constam no livro chamado Tomo das Formas.

Mu e seu irmão Ruk chegaram, por acaso, a Shanjin. Eles costumavam ser garotos de rua e, um dia, quando tentavam roubar o monge Sarujin, este último viu potencial nos dois garotos e os levou para o Templo. Sarujin, desta forma, torna-se uma figura paterna para os dois irmãos. Além do monge, Mu e Ruk tornam-se amigos de Nili e Aga. Nili e Aga são de personalidades diametralmente opostas: Nili é inteligente e estudioso, enquanto Aga é negligente e prefere combates físicos.

A estória começa com a expulsão de Ruk, pois ele matou uma pessoa na vila mais próxima de Shanjin, a Vila da Mata. Alguns monges vão para esta vila comemorar e beber e, em uma destas ocasiões, Ruk envolve-se em um conflito e é acusado de assassinato. Mu, então, passa a ter que lidar com a ausência de seu irmão.

Os garotos revezam-se em atividades de manutenção de Shanjin, em uma rotina ordeira e tranquila, até que um espadachim invade os terrenos do Templo e informa que o Império Housai irá invadí-lo. Desta forma, todos os monges e os garotos de Shanjin precisam preparar-se para a guerra, para defender o território do Templo e, principalmente, para garantir que o Tomo das Formas não caia nas mãos do inimigo.
Saiba mais ›
2 pessoas acharam isso útil. Esta avaliação foi útil para você? Sim Não Enviando feedback...
Agradecemos pelos seus comentários.
Desculpe, o registro do seu voto falhou. Tente novamente
Informar abuso
Por Carleane Sousa em 9 de novembro de 2016
Compra verificada
Este ebook nos envolve na estória de maneira surpreendente, mas quando é escrito de maneira tao leve, conseguimos ler que logo concluímos. E o Diogo consegui isso com uma narrativa surpreendente. Nos embarcamos em um mundo de fantasia, aventura. ação... Eu amei esta estoria.
Minha Resenha:
No inicio vemos Mu contar a sua estória, de como conheceu o Ruk. E a aproximação deles, a amizade, o convívio dos dois o fizeram irmãos.
“...acredito que todos somos irmãos em jornada. E para Ruk e eu, essa era uma forte verdade até então.”
Aos sete e seis anos foram acolhidos no templo da Montanha, Shanjim. Encontram uma família, monges. Foram acolhidos e aprenderam os costumes. O tempo passa, responsabilidades, regras, são agora para eles importantes.
Ruk viola uma regra, violou p Shendo, a lei monástica do Templo da montanha, shanjin. E por isso sofrerá as conseqüências de seus atos, sendo expulso do Templo. Mu que assistia a cerimônia, revivendo o passado, o amigo e irmão, o vendo na cerimônia de expulsão, triste por esta perdendo seu irmão. Se perguntando se deveria ir com ele. Ruk se vai e Mu mesmo triste com o acontecido continua no Tempo.
Mas as coisas que pareciam está em ordem, toma outro rumo. O Templo recebe uma ameaça causada pelo império, que deseja pegar o Tomo das Formas. Algo de suma importância não poderia ser entregue. Teriam que se preparar para protegê-lo e proteger o Templo. Mas como faria isso com tão poucos homens? Como iriam se preparar?
Mu começa a enxergar que ele realmente tem uma família e amigos, que todos precisam juntos proteger o Tempo e o tomo das formas. Porém Mu não esperava o que viria, a decepção que passaria. A quem ele iria enfrentar.
Será que ele consegui passar por toda essa provação? Por mais essa decepção? Será que conseguem proteger o Tomo das Formas?
2 pessoas acharam isso útil. Esta avaliação foi útil para você? Sim Não Enviando feedback...
Agradecemos pelos seus comentários.
Desculpe, o registro do seu voto falhou. Tente novamente
Informar abuso
Compra verificada
Grande parte da história é uma maneira do nos ambientarmos nesse universo criado por Diogo Andrade. A partir da expulsão de Ruk, Mu nos introduz nas leis de seu país e do monastério em que vive. Nós conhecemos a visão de mundo dessas pessoas a maneira como a sociedade se organiza nesse lugar: as figuras lendárias do passado, a importância religiosa dos Quatro Templos, os deveres de um monge - que não excluem seu livre-arbítrio. É como diz Sarujin: "Para nós não importa se o monge consome carne, bebe ou se diverte. Para nós o importante é o que traz no coração. Em qualquer lugar, Mu, devemos sempre ser Shanjin."
Essa grande ambientação pode fazer parecer com que a história aconteça de maneira lenta, mas não é verdade. A tensão no Templo é grande, à medida em que os monges passam a fortificar suas defesas enquanto aguardam notícias da possível ameaça - uma ameaça que demora certo tempo para chegar, a ponto de eles baixarem a guarda acreditando que já não havia perigo.
Diogo Andrade construiu um universo original em uma narrativa objetiva e rápida, e desenvolveu o principal conflito de sua história de maneira surpreendente. Além disso, o protagonista Mu é uma figura que orienta o leitor, ao mesmo tempo em mostra o quanto o equilíbrio desse mundo é frágil.

Leia a resenha na íntegra em: [...]
2 pessoas acharam isso útil. Esta avaliação foi útil para você? Sim Não Enviando feedback...
Agradecemos pelos seus comentários.
Desculpe, o registro do seu voto falhou. Tente novamente
Informar abuso

Avaliações mais recentes de clientes

click to open popover