Faça download dos Aplicativos de Leitura Kindle Gratuitos e comece a ler eBooks Kindle nos mais populares smartphones, tablets e computadores pessoais. Para enviar o link de download para seu smartphone por SMS, use o formato internacional sem espaços (Código Internacional+DDD+Número. Exemplo: +551199999999)

  • Apple
  • Android
  • Windows Phone
  • Android

Para receber o link de download digite seu celular:

Preço Kindle: R$ 5,99
Leia à vontade. Mais de 1 milhão de eBooks Saiba mais
Leia de graça
OU
OU

Essas promoções serão aplicadas a este item:

Algumas promoções podem ser combinadas; outras não são elegíveis. Para detalhes, por favor, acesse os Termos e Condições dessas promoções.

Entregar no seu Kindle ou em outro dispositivo

Entregar no seu Kindle ou em outro dispositivo

Anúncio do aplicativo do Kindle

As Coisas que Perdemos (Fronteiras Artificiais Livro 1) eBook Kindle

5.0 de 5 estrelas 6 avaliações de clientes

Ver todos os formatos e edições Ocultar outros formatos e edições
Preço
Novo a partir de Usado a partir de
eBook Kindle, 20 ago 2016
"Tente novamente"
R$ 5,99

Número de páginas: 354 páginas Configuração de fonte: Habilitado Page Flip: Habilitado
Idioma: Português

Kindle Unlimited
Kindle Unlimited
Leia este e mais de 1 milhão de eBooks de graça com Kindle Unlimited. Saiba mais.

Descrições do Produto

Descrição do produto

O mundo acabou como uma tempestade. Primeiro houve o caos, e então o silêncio.
A Morte se espalhou pelas ruas de todo o mundo. Morte, porque ela tomou a humanidade para si. O silêncio do fim foi substituído por uma orquestra de sons grotescos, pelo arrastar lento e caótico de corpos moribundos; pelos sons do medo.
O que antes regia a sociedade não existe mais. Tudo foi deixado para trás.
Viva ou morra. Lute ou morra. Mate ou morra.
Dylan ouviu falar sobre um lugar seguro. Lá, ela e Max podem ter uma nova chance. O garotinho de quem ainda está cuidando, mesmo quando tudo acabou, é o seu gatilho para seguir em frente. Se não existe esperança, para que lutar?
As fronteiras artificias que marcam o fim do mundo trilham perigos e incertezas para aqueles que escolheram viver, e uma assustadora pergunta passará a comandar todos os movimentos dos que ainda resistem: até onde você irá para sobreviver?

Detalhes do produto

  • Formato: eBook Kindle
  • Tamanho do arquivo: 1495 KB
  • Número de páginas: 354 páginas
  • Quantidade de dispositivos em que é possível ler este eBook ao mesmo tempo: Ilimitado
  • Vendido por: Amazon Servicos de Varejo do Brasil Ltda
  • Idioma: Português
  • ASIN: B01JDB80HG
  • Dicas de vocabulário: Não habilitado
  • Leitor de tela: Compatível
  • Configuração de fonte: Habilitado
  • Avaliação média: 5.0 de 5 estrelas 6 avaliações de clientes
  • Lista de mais vendidos da Amazon: #6,616 entre os mais vendidos na Loja Kindle (Conheça os 100 mais vendidos na Loja Kindle)

Quais outros itens os consumidores compraram após visualizar este item?

Avaliação de clientes

5.0 de 5 estrelas
5 estrelas
6
4 estrelas
0
3 estrelas
0
2 estrelas
0
1 estrela
0
Ver todas as 6 avaliações dos clientes
Compartilhe suas ideias com outros clientes

Principais avaliações de clientes

Por beatriz AVALIADOR TOP 1000 em 14 de setembro de 2016
Compra verificada
Mais um livro maravilhoso da Denise, parece que tudo o que ela escreve eu me apaixono.
O livro fala sobre um apocalipse zumbi, e como os personagens fazem para sobreviver no meio desse caos. A história é muito bem escrita, o livro é contado em ter em terceira pessoa, então não ficamos presos em um único personagem, e por ter muitos personagens isso é ótimo, cada um tem o seu espaço, e podemos conhecer mais a fundo eles. E falando em personagens, essa é minha outra paixão nos livros da Denise, com apenas algumas páginas eu já me vejo totalmente apaixonada por eles, dessa vez os escolhidos foram Clark e Íris, logo que eles apareceram eu estava focada neles, já estão na listinha de preferidos.
Com muita perseguição, fugas, intrigas entre personagens, indico a todos, mesmo que não goste do gênero, o livro vai crescendo e se construindo, com você se apaixonando cada vez mais, e quando você vê ele já acabou, e agora estou eu aqui chupando dedo querendo a continuação.
2 pessoas acharam isso útil. Esta avaliação foi útil para você? Sim Não Enviando feedback...
Agradecemos pelos seus comentários.
Desculpe, o registro do seu voto falhou. Tente novamente
Informar abuso
Compra verificada
Em As Coisas Que Perdemos, vamos acompanhar Dylan e Max, uma adolescente e uma criança que só tem um ao outro desde que a cidade onde moram foi posta em quarentena. Quando as coisas saíram fora do controle o governo decidiu isolar cidades inteiras e dentro delas ficaram tanto os vivos como os mortos que apesar de estarem mortos agora são uma ameaça para quem está vivo. Apenas uma cerca leve separa os vivos dos mortos, na área de contenção, bem diferente da cerca eletrificada que separa a quarentena do resto do mundo. Mas nem essa leve sensação de segurança eles tem mais. Depois de meses esperando algum tipo de ajuda ou que o governo acabasse com a ameaça dos mortos, de repente a força acaba e Dylan sabe que é hora de fugir.

"Tenha medo dos mortos e mais medo dos vivos."

Enquanto tenta descobrir o que está acontecendo, Dylan recebe ajuda de um dos soldados, Doug, que lhe entrega um mapa de um possível lugar seguro ao norte e ensina alguns truques de sobrevivência para Dylan. Mas infelizmente ele acaba morrendo para salvar Max e Dylan. E eles mal conseguem sair da quarenta quando a cidade é bombardeada por mísseis. Agora são só os dois em meio ao caos que virou o mundo que eles conheciam. Dylan vai fazer de tudo para salvar Max, porque mesmo ele não sendo nada seu, ela se sente responsável, já que era sua babá antes disso tudo começar. De dia eles estão seguros, já que os mortos são sensíveis ao Sol e ficam em um estado letárgico. Mas a noite eles precisam contar com a coragem e com a sorte para não se tornar como eles.

"Eles viveriam assim. Poderiam transformar aquele mar de caos em ondas de ordem, podiam encontrar luz na escuridão.
Saiba mais ›
1 pessoa achou isso útil. Esta avaliação foi útil para você? Sim Não Enviando feedback...
Agradecemos pelos seus comentários.
Desculpe, o registro do seu voto falhou. Tente novamente
Informar abuso
Compra verificada
Como sempre, Denise nos leva a um universo extremamente bem construído, com personagens tão reais que te fazem estremecer toda santa vez que algo perigoso acontece com eles.
O livro acompanha os passos de Dylan, uma adolescente que acaba descobrindo o fim do mundo enquanto trabalha como babá para Max, o menino fofo que todos respeitamos. A relação dos dois é tão humana e fraternal que fica difícil aceitar que não sejam parentes. Dylan protege Max a todo custo e chega a arriscar a própria vida apenas para ver um sorriso no rosto do garoto.
Conforme avançava, os sentimentos de Dylan iam se ligando aos meus e, antes que pudesse perceber, estava correndo e arfando e lutando junto com a garota. Cada capítulo é um desespero, cada ataque é um soco no estômago do leitor. A narrativa é envolvente a ponto de te deixar com o sentimento de "quero mais" toda santa vez que resolver fechar o livro.
O grupo de sobrevivência é A MELHOR COISA DESSE LIVRO. As relações bem construídas e como os dramas se entrelaçam e disputam cena com hordas de zumbis transforma tudo em algo quase palpável, capaz de acelerar seu coração e trazer lágrimas aos seus olhos. Algo que me agradou muito foi a tridimensionalidade dos personagens: nenhum é o herói, nenhum é o vilão. Todos tem problemas, e medos e prioridades, e não há lugar no apocalipse para ingenuidade.
As Coisas Que Perdemos é uma bíblia e algumas séries de zumbi que existem por aí deveriam aprender com a Denise. Obrigado. <3
1 pessoa achou isso útil. Esta avaliação foi útil para você? Sim Não Enviando feedback...
Agradecemos pelos seus comentários.
Desculpe, o registro do seu voto falhou. Tente novamente
Informar abuso
click to open popover