R$ 47,38
  • Preço sugerido: R$ 64,90
  • Você economiza: R$ 17,52 (27%)
Frete GRÁTIS em pedidos enviados pela Amazon acima de R$ 99 em livros e games ou de R$ 149 em outros produtos.
Em estoque.
Enviado e vendido por Amazon.com.br. Embalagem para presente disponível.
Ofertas de vendedores na Amazon
Adicionar ao carrinho
R$ 48,93
+ R$ 11,70 de frete
Vendido por: BOOKFAST
Adicionar ao carrinho
R$ 55,17
+ R$ 6,60 de frete
Vendido por: Clique Books
Adicionar ao carrinho
R$ 54,52
+ R$ 8,20 de frete
Vendido por: Pook Book
Tem para vender? Venda na Amazon
Virar para trás Virar para a frente
Ouvir Reproduzindo... Pausado   Você está ouvindo uma amostra da edição em áudio do Audible.
Saiba mais
Ver todas as 2 imagens

Como a democracia chega ao fim (Português) Capa Comum – Edição padrão, Edição padrão, Edição padrão

4.3 de 5 estrelas 9 avaliações de clientes

Ver todos os 2 formatos e edições Ocultar outros formatos e edições
Preço
Novo a partir de Usado a partir de
eBook Kindle
Capa Comum, Edição padrão, Edição padrão, Edição padrão
R$ 47,38
R$ 47,38
click to open popover

Frequentemente comprados juntos

  • Como a democracia chega ao fim
  • +
  • Como as democracias morrem
Preço total: R$ 89,28
Compre os itens selecionados juntos

Livros em Oferta
Livros em Oferta
Todos os dias, novos livros com desconto. Confira todos aqui.

Detalhes do produto


Descrição do produto

Sobre o Autor

David Runciman é professor de política na Universidade de Cambridge. Autor de cinco livros e editor convidado da London Review of Books, apresenta o podcast Talking Politics.

Trecho. © Reimpressão autorizada. Todos os direitos reservados

Nada dura para sempre. A democracia sempre esteve destinada a passar, em algum momento, para as páginas da história. Ninguém, nem mesmo Francis Fukuyama ― que anunciou o fim da história em 1989 ―, jamais acreditou que suas virtudes a tornassem imortal. Mas até bem pouco tempo, a maioria dos cidadãos das democracias ocidentais teria imaginado que o fim ainda estava distante. Jamais esperariam que ocorresse durante as suas vidas. Pouquíssimos pensariam que pudesse vir a acontecer diante dos seus olhos. Mesmo assim, aqui estamos, antes de a segunda década do século XXI se completar, e nos defrontamos com a pergunta que ninguém esperava: é assim que a democracia chega ao fim? Como tantos outros, deparei-me pela primeira vez com essa pergunta depois da eleição de Donald Trump para a presidência dos Estados Unidos. Para emprestar uma expressão da filosofia, parecia a reductio ad absurdum da política democrática: qualquer processo que chegue a uma conclusão tão ridícula só pode ter cometido um erro sério em algum ponto do caminho. Se Trump é a resposta, não estamos mais fazendo a pergunta certa. Mas o problema não é só Trump. Sua eleição é sintomática de um clima político superaquecido que parece cada vez mais instável, fraturado pela desconfiança e pela intolerância entre as partes, alimentado por acusações insensatas e bravatas virtuais, um diálogo de surdos que se afogam mutuamente na balbúrdia. Em muitos lugares, e não só nos Estados Unidos, a democracia começa a dar a impressão de que vem saindo dos eixos.

9 avaliações de clientes

4,3 de 5 estrelas

Avalie este produto

Compartilhe seus pensamentos com outros clientes

500 PRINCIPAIS AVALIADORES
22 de outubro de 2018
Formato: Capa comum
61 pessoas acharam isso útil
Comentar Informar abuso
9 de outubro de 2018
Formato: Capa comum
95 pessoas acharam isso útil
Comentar Informar abuso
12 de dezembro de 2018
Formato: eBook KindleCompra verificada
3 pessoas acharam isso útil
Comentar Informar abuso
3 de novembro de 2018
Formato: eBook KindleCompra verificada
6 pessoas acharam isso útil
Comentar Informar abuso
500 PRINCIPAIS AVALIADORES
30 de janeiro de 2019
Formato: eBook KindleCompra verificada
20 de janeiro de 2019
Formato: Capa comumCompra verificada
4 de novembro de 2018
Formato: Capa comum
10 pessoas acharam isso útil
Comentar Informar abuso
10 de outubro de 2018
Formato: eBook Kindle
8 pessoas acharam isso útil
Comentar Informar abuso