R$ 43,90
  • Preço de capa: R$ 54,90
  • Você economiza: R$ 11,00 (20%)
Frete GRÁTIS em pedidos a partir de R$ 99 para as regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste e a partir de R$ 139 para Norte e Nordeste.
Em estoque.
Enviado e vendido por Amazon.com.br.
Virar para trás Virar para a frente
Ouvir Reproduzindo... Pausado   Você está ouvindo uma amostra da edição em áudio do Audible.
Saiba mais
Ver todas as 2 imagens

Ensaio Sobre a Cegueira (Português) Capa Comum – 25 out 1995

4.3 de 5 estrelas 44 avaliações de clientes

Ver todos os 2 formatos e edições Ocultar outros formatos e edições
Preço
Novo a partir de Usado a partir de
eBook Kindle
"Tente novamente"
Capa Comum
"Tente novamente"
R$ 43,90
R$ 32,94 R$ 25,00

Leia Enquanto Enviamos
Leia Enquanto Enviamos
Compre e comece a ler a amostra digital deste livro enquanto espera ele chegar. Saiba mais aqui.
click to open popover

Frequentemente comprados juntos

  • Ensaio Sobre a Cegueira
  • +
  • As Intermitências da Morte
Preço total: R$ 79,82
Compre os itens selecionados juntos

Faça download dos Aplicativos de Leitura Kindle Gratuitos e comece a ler eBooks Kindle nos mais populares smartphones, tablets e computadores pessoais. Para enviar o link de download para seu smartphone por SMS, use o formato internacional sem espaços (Código Internacional+DDD+Número. Exemplo: +551199999999)

  • Apple
  • Android
  • Windows Phone
  • Android

Para receber o link de download digite seu celular:



eBooks na Loja Kindle
eBooks em oferta na Loja Kindle
Todos os dias, novos eBooks com desconto. Vem.

Detalhes do produto

  • Capa comum: 312 páginas
  • Editora: Companhia das Letras; Edição: 1ª (25 de outubro de 1995)
  • Idioma: Português
  • ISBN-10: 8571644950
  • ISBN-13: 978-8571644953
  • Dimensões do produto: 20,1 x 13,2 x 1,5 cm
  • Peso do produto: 272 g
  • Avaliação média: 4.2 de 5 estrelas  Ver todas as análises (44 avaliações de clientes)
  • Lista de mais vendidos da Amazon: no. 366 em Livros (Conheça o Top 100 na categoria Livros)

Descrições do Produto

Sobre o Autor

Nasceu em 1922, de uma família de camponeses da província do Ribatejo, em Portugal. Devido a dificuldades econômicas foi obrigado a interromper os estudos secundários, tendo a partir de então exercido diversas atividades profissionais: serralheiro mecânico, desenhista, funcionário público, editor, jornalista, entre outras. Seu primeiro livro foi publicado em 1947. A partir de 1976 passou a viver exclusivamente da literatura, primeiro como tradutor, depois como autor. Romancista, teatrólogo e poeta, em 1998 tornou-se o primeiro autor de língua portuguesa a receber o Prêmio Nobel de Literatura. Saramago faleceu em Lanzarote, nas Ilhas Canárias, em 2010.


Quais outros itens os consumidores compraram após visualizar este item?

Avaliação de clientes

Principais avaliações de clientes

Formato: eBook Kindle Compra verificada
Saramago, com maestria, conduz uma história que, surpreendentemente, sai do patamar de uma narração distópica e acaba explorando o âmago do sentimento humano. A forma de escrita de Saramago pode parecer estranha no começo, mas com o passar da leitura fica impossível de não ser apreciada. Nota-se que toda a estrutura narrativa e os diálogos foram muito bem pensados. Uma sonoridade nas palavras que não é encontrada em qualquer autor. Mesmo que em alguns momentos o autor acabe abordando a trama de uma forma bem pesada, Ensaio sobre a cegueira ainda se torna uma leitura INDISPENSÁVEL para todos os tipos de leitores.
5 pessoas acharam isso útil. Esta avaliação foi útil para você? Sim Não Enviando feedback...
Agradecemos pelos seus comentários.
Desculpe, o registro do seu voto falhou. Tente novamente
Informar abuso
Por Felipe Cherubin AVALIADOR TOP 500 em 6 de março de 2017
Formato: Capa comum
Comecei a ler José Saramago, ou melhor, vim a conhecer o autor lendo o "Ensaio sobre a Cegueira".

Fiquei deslumbrado com a forma peculiar da escrita do autor. Saramago conseguiu o que muitos escritores perseguem: Desenvolver uma escrita que seja marcada com sua voz própria,isto é, sua marca pessoal.

A edição da cia das Letras está muito bem feita, sem nada que a desmereça.

A história tem uma força enorme pois toda ficção que ali encontramos sempre carrega uma carga simbólica que parece nos fazer enxergar vários aspectos da nossa vida tanto pessoal quanto social.

Ao mesmo tempo ela tem a crueza de uma história que poderia acontecer de verdade no "mundo real".

Portanto, o livro tem essas várias camadas interpretativas.
É um livro para ler e reler.

Em relação ao filme, não gostei muito. Acho que a adaptação esvaziou a poesia, a simbólica, as metáfora e as figuras de linguagem que pululam no livro visando mais desenhar um retrato distópico ou escatológico. No entanto, vale a pena assistir e comparar livro e filme.
1 pessoa achou isso útil. Esta avaliação foi útil para você? Sim Não Enviando feedback...
Agradecemos pelos seus comentários.
Desculpe, o registro do seu voto falhou. Tente novamente
Informar abuso
Formato: Capa comum
Eu diria que esta é a melhor obra de José Saramago.

Consagra sua estrutura textual, minuciosamente descritiva sobre as essências e as pessoas. Após seu lançamento, o autor disse que sofreu para escrever os horrores que se encontram na prosa, e que espera que o leitor também sofra. Bom, o desejo dele é facilmente realizado. Os detalhes, as situações degradante e o apelo ao inescusável, são pontos cruciais da qualidade que esta obra tem. É o ápice da relação da literatura com a dor humana em seus diversos aspectos. Aliás, quem tem prazer de ler uma boa escrita do português de Portugal este ser-lhe-á indubitavelmente um deleite. Não o tomaria como melancólico, pois o autor não valora os fatos neste plano.
2 pessoas acharam isso útil. Esta avaliação foi útil para você? Sim Não Enviando feedback...
Agradecemos pelos seus comentários.
Desculpe, o registro do seu voto falhou. Tente novamente
Informar abuso
Por Marcio em 24 de fevereiro de 2017
Formato: Capa comum Compra verificada
Já tinha lido este livro há uns 10 anos atrás. A releitura com certeza valeu muito a pena. Primeiro porque já não lembrava mais de várias passagens do livro, e segundo porque depois de 10 anos você é outra pessoa, com novos pensamentos e vivências. Portanto, a releitura é uma nova experiência. Quem apenas assistiu o filme, saiba que infelizmente não chega aos pés do que é este livro. Não por culpa do Fernando Meirelles, que é um excelente diretor, mas é muito difícil levar para as telas uma obra prima da literatura como esta. Existem escritores que são apenas bons narradores de uma história. O Saramago vai muito além, ele conversa com o leitor e nos faz pensar sobre o que faz de nós seres humanos e o que no diferencia dos animais.
Esta avaliação foi útil para você? Sim Não Enviando feedback...
Agradecemos pelos seus comentários.
Desculpe, o registro do seu voto falhou. Tente novamente
Informar abuso
Por Jonas em 3 de fevereiro de 2017
Formato: Capa comum Compra verificada
Muito boa e reflexiva a história do livro, mas a forma como foi impressa com os diálogos sem a marcação tradicional do travessão tornam, pelo menos para mim, muito cansativa a leitura. A entrega da Amazon foi bem rápida e o preço não está incessível. O livro veio bem embalado e sem avarias. Material de qualidade com folhas amarelas.
Esta avaliação foi útil para você? Sim Não Enviando feedback...
Agradecemos pelos seus comentários.
Desculpe, o registro do seu voto falhou. Tente novamente
Informar abuso
Formato: eBook Kindle
Saramago, como é o seu habitual, ignora as pontuações e algumas regras gramaticais, sem perder o essencial, talvez até o acentuando, a conexão do texto com o leitor. Levando a este para um modo diferente de viver, de ver de sentir um mundo e uma realidade alternativa.

Neste livro, a forma como ele nos faz refletir ao fim, que o mundo que construímos é extremamente limitador para muitas pessoas. Do senso estético até as oportunidades de trabalho são para poucos. Ao propor um mundo onde a visão não é mais o sentido mais privilegiado pelo homem, Saramago põe em cheque diversas convenções e padrões sociais.

Por fim, na cena do estupro, tive de parar de ler, simplesmente porque não suportei lê-la de um fôlego.

Uma obra ímpar!

PS> a adaptação para filme também é uma obra sem igual. Muito fiel ao livro e com o "plus" da sonoridade do grupo UAKTI, que criou os instrumentos para cada cena conforme os materiais que mais haviam no set. Exemplo> nas cenas ocorridas dentro do hospital abandonado, os instrumentos eram confeccionados com vidro, material muito abundante nesse ambiente.
Esta avaliação foi útil para você? Sim Não Enviando feedback...
Agradecemos pelos seus comentários.
Desculpe, o registro do seu voto falhou. Tente novamente
Informar abuso
Formato: eBook Kindle Compra verificada
Bela fábula sobre a natureza humana. Faz pensar: quão distante estamos da selvageria? Apesar de pensarmos ter sido bem sucedidos em nossas construções sociais – considerando os desgarrados, marginais, como meras anomalias do sistema –, às vezes é possível vislumbrar o quão frágil são nossas estruturas (basta lembrar do furacão Katrina e da barbárie no Superdome, exemplo perfeito da rapidez com que uma estrutura social organizada pode ruir e dar lugar a todo tipo de perversão).

Definitivamente, o “selvagem” não é bom. Mas talvez não seja essencialmente vicioso também. Apenas um animal como outro qualquer, guiado primariamente por interesses egoísticos. Nossas interações na sociedade é que nos fazem melhores ou piores. É disso que somos feitos, afinal.

Certa vez li uma opinião sobre essa história na Amazon americana – na verdade, não sobre o livro, mas sobre o filme, adaptação que considero fidelíssima – que ilustra bem meu ponto de vista. Um indivíduo havia comprado o dvd, certamente esperando uma produção típica dos EUA no estilo “fim do mundo está próximo” (vírus, zumbis, meteoros...) e havia ficado indignado com a péssima qualidade do filme, especialmente do roteiro. Onde já se viu?! A personagem, apesar de não ser cega e, com essa vantagem, poder a qualquer instante matar todos aqueles agressores, simplesmente se submete, como uma idiota, a todos os abusos!!! Interessante pensar que não passou pela mente desse indivíduo que matar não é algo fácil (ou que, ao menos, não deveria ser), entorpecido que estava pelos roteiros rasos e facilmente digeríveis com os quais, provavelmente, estava acostumado.
Saiba mais ›
Esta avaliação foi útil para você? Sim Não Enviando feedback...
Agradecemos pelos seus comentários.
Desculpe, o registro do seu voto falhou. Tente novamente
Informar abuso

Avaliações mais recentes de clientes


Procure por itens similares por categoria