R$32,90
  • De: R$59,90
  • Você economiza: R$27,00 (45%)
Entrega com Frete GRÁTIS: Quarta-feira, 21 de Abr no seu primeiro pedido.
Entrega mais rápida: Sábado, 17 de Abr
Em estoque.
Aproveite e leia agora! A versão desse título também está disponível no formato eBook e pode ser lido no App gratuito de leitura Kindle.
Enviado e vendido por Amazon.com.br.
<Incorporar>
Ofertas de vendedores na Amazon
R$43,13
+ R$5,00 de frete
Vendido por: LT2 SHOP
R$43,13
+ R$7,42 de frete
Vendido por: FUSION2
R$46,12
+ R$6,30 de frete
Vendido por: Clique Books
Tem para vender?
Virar para trás Virar para a frente
Ouvir Reproduzindo... Pausado   Você está ouvindo uma amostra da edição em áudio do Audible.
Saiba mais

Seguir o Autor

Algo deu errado. Tente fazer sua solicitação novamente mais tarde.


Filhos de sangue e osso (Português) Capa comum – 8 outubro 2018

4,8 de 5 estrelas 435 classificações

Ver todos os formatos e edições Ocultar outros formatos e edições
Preço
Novo a partir de Usado a partir de
Kindle
Capa Comum
R$32,90
R$32,90

Melhorar sua compra


Frequentemente comprados juntos

  • Filhos de sangue e osso
  • +
  • Bruxa Akata
  • +
  • O ceifador: 1
Preço total: R$95.10
Compre os itens selecionados juntos

Leia Enquanto Enviamos
Leia Enquanto Enviamos
Confira todos os livros disponíveis e escolha o seu aqui

Detalhes do produto

  • Editora : Fantástica Rocco; 1ª edição (8 outubro 2018)
  • Idioma : Português
  • Capa comum : 560 páginas
  • ISBN-10 : 8568263712
  • ISBN-13 : 978-8568263716
  • Dimensões : 22.86 x 16 x 3.05 cm
  • Avaliações dos clientes:
    4,8 de 5 estrelas 435 classificações

Avaliação de clientes

4,8 de 5 estrelas
4,8 de 5
435 classificações globais
Como as classificações são calculadas?

Principais avaliações do Brasil

100 PRINCIPAIS AVALIADORES
Avaliado no Brasil em 16 de dezembro de 2018
Compra verificada
45 pessoas acharam isso útil
Informar abuso
500 PRINCIPAIS AVALIADORES
Avaliado no Brasil em 9 de janeiro de 2019
Compra verificada
Imagem do cliente
4,0 de 5 estrelas Uma fantasia como nenhuma outra
Por Luísa Fajardo em 9 de janeiro de 2019
Por onde começar a resenha desse livro? Filhos de Sangue e Osso é uma fantasia de alto nível. Eu poderia falar sobre a excelente construção do reino de Orisha ou sobre a complexa estruturação da magia dos Maji. Mas vou falar sobre o que considero mais importante na história, pois, depois de ler, eu não me lembro mais de todos os tipos de Maji, nem dos nomes das vilas de Orisha
Eu me lembro da mensagem.

No livro, acompanhamos a história de Zélie, uma menina da raça divinal, raça excluída e marginalizada pelo reino. Os divinais pagam impostos mais elevados, têm sua liberdade cerceada e são chamados de verme por aqueles que detêm o poder. Eles são a parcela mais pobre do reino, vivem afastados dos grandes centros de poder e sofrem violência todos os dias, física, verbal ou simbólica. Lembra algum grupo da nossa sociedade? Não? Então você precisa ler Filhos de Sangue e Osso.

A crítica ao racismo estrutural e individual nesse livro é clara, bem como a crítica à violência policial, à sexualização da mulher negra e a tantas outras formas pelas quais o racismo se expressa socialmente. No livro, Zélie luta pela sobrevivência de seu povo, pela liberdade dos divinais, pela reparação da opressão sofrida por tanto tempo.

Filhos de Sangue e Osso é uma verdadeira aula sobre racismo e discriminação, sobre luta e resistência, sobre reparação e sobrevivência. Esse livro é a prova de que a literatura importa, de que ela educa. E a educação liberta.

Depois de tudo isso, preciso esclarecer por que não dei 5 estrelas pra esse livro. Alguns pontos da narrativa me incomodaram, e considerei que foram pontos importantes demais pra serem relevados. O primeiro deles é a construção um pouco falha do personagem Inan. A ideia do personagem é que ele viva um dilema entre fazer o que é certo para o reino e fazer o que é certo para o povo, entre se manter submisso ao seu pai ou romper essa relação de abuso, entre a ganância e a humanidade, entre o poder e o amor. Porém o conflito interno do príncipe deixou um pouco a desejar, passando a ideia de que ele é apenas um menino indeciso, sendo que há muita coisa por detrás dessa indecisão.

O segundo ponto que fez com que o livro perdesse uma estrela é o excesso de acontecimentos. A narrativa é rápida, o que prende o leitor, porém é excessivamente intensa. Há sempre um conflito, uma luta, uma briga acontecendo, o que pode tornar a leitura cansativa. Esse excesso de acontecimentos torna-se um problema também quando algumas explicações não são dadas ou se perdem no meio de tanta ação.

Apesar desses pontos, como eu afirmei no começo da resenha, a mensagem do livro e as críticas que são feitas ao longo da obra tornam a leitura necessária para qualquer um que pretenda se engajar na luta antirracista.
Imagens nesta avaliação
Imagem do cliente Imagem do cliente Imagem do cliente Imagem do cliente
Imagem do clienteImagem do clienteImagem do clienteImagem do cliente
29 pessoas acharam isso útil
Informar abuso