R$ 33,15
  • Preço de capa: R$ 44,90
  • Você economiza: R$ 11,75 (26%)
Frete GRÁTIS em pedidos a partir de R$ 99 para as regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste e a partir de R$ 139 para Norte e Nordeste.
Somente 3 em estoque (mais a caminho).
Enviado e vendido por Amazon.com.br.
Virar para trás Virar para a frente
Ouvir Reproduzindo... Pausado   Você está ouvindo uma amostra da edição em áudio do Audible.
Saiba mais
Ver esta imagem

A Ilha dos Dissidentes - Volume 1 (Português) Capa Comum – 8 ago 2013

4.4 de 5 estrelas 10 avaliações de clientes

Ver todos os 2 formatos e edições Ocultar outros formatos e edições
Preço
Novo a partir de Usado a partir de
eBook Kindle
"Tente novamente"
Capa Comum
"Tente novamente"
R$ 33,15
R$ 22,00

Grupo Autêntica
Grupo Autêntica
Confira todos os títulos e promoções. Veja mais aqui.
click to open popover

Frequentemente comprados juntos

  • A Ilha dos Dissidentes - Volume 1
  • +
  • A Ameaça Invisível - Volume 2. Coleção Trilogia Anômalos
  • +
  • A Retomada da União
Preço total: R$ 93,65
Compre os itens selecionados juntos

Faça download dos Aplicativos de Leitura Kindle Gratuitos e comece a ler eBooks Kindle nos mais populares smartphones, tablets e computadores pessoais. Para enviar o link de download para seu smartphone por SMS, use o formato internacional sem espaços (Código Internacional+DDD+Número. Exemplo: +551199999999)

  • Apple
  • Android
  • Windows Phone
  • Android

Para receber o link de download digite seu celular:



eBooks na Loja Kindle
eBooks em oferta na Loja Kindle
Todos os dias, novos eBooks com desconto. Vem.

Detalhes do produto

  • Capa comum: 304 páginas
  • Editora: Gutenberg; Edição: 2ª (8 de agosto de 2013)
  • Idioma: Português
  • ISBN-10: 8582350759
  • ISBN-13: 978-8582350751
  • Dimensões do produto: 21 x 13,8 x 2 cm
  • Peso do produto: 358 g
  • Avaliação média: 4.4 de 5 estrelas  Ver todas as análises (10 avaliações de clientes)
  • Lista de mais vendidos da Amazon: no. 39,815 em Livros (Conheça o Top 100 na categoria Livros)

Quais outros itens os consumidores compraram após visualizar este item?

Avaliação de clientes

Principais avaliações de clientes

Formato: eBook Kindle
Caramba.
Personagens cativantes e alguns ao mesmo tempo q te encantam te assustam (pq você não sabe em quem confiar).
A leitura flui que é uma beleza! Mal pude esperar pelo segundo que tb é fantástico. E agora vêm o terceiro, misericórdia... Noites sem dormir, prevejo!
Bárbara é bárbara mesmo! (sei que soou clichê, mas é vdd. Pronto falei)
Recomendo para quem gosta de distopias e que sente falta de um autor brasileiro que faça isso tão bem!
2 pessoas acharam isso útil. Esta avaliação foi útil para você? Sim Não Enviando feedback...
Agradecemos pelos seus comentários.
Desculpe, o registro do seu voto falhou. Tente novamente
Informar abuso
Por Mari Scotti AVALIADOR TOP 500 em 6 de agosto de 2015
Formato: eBook Kindle
A ilha dos dissidentes é narrada por Sybil Varuna, uma garota de dezesseis anos que conseguiu sair de Kali, uma das cidades mais afetadas pela guerra entre a União e o Império. O navio que a transportava – Titanic III (bendito nome!) –, afundou e ela foi a única sobrevivente, o que fez o governo descobrir que ela é uma das anômalas da sociedade e enviá-la para morar em Pandora, uma das cidades especiais.

Logo de cara somos apresentados ao universo criado pela Bárbara, um mundo que para Sybil era triste e feio, pois convivia diariamente com a guerra, mas que de repente se torna praticamente perfeito quando conhece sua nova família e cidade.
Desde o cheiro até a comida, Pandora a encanta pouco a pouco, até que Kali fica praticamente esquecida, exceto às noites quando convive com seus terríveis pesadelos, que envolvem desde a guerra até o naufrágio em que não pôde fazer nada para salvar as pessoas que não possuíam uma habilidade especial como ela.
Até o naufrágio, Sybil acreditava que era normal como todos os humanos, mas não se assustou ao descobrir que possuía uma anomalia. No entanto, ela é uma exceção à regra, pois a maioria dos humanos vê os anômalos como seres doentes, que precisam ficar isolados em suas cidades especiais e evitam o contato próximo. Muitas lojas – dependendo das cidades – nem aceitam a presença de não-humanos em suas dependências. É uma realidade racista e cada um convive à sua maneira.
Eu fiquei confusa sobre a diferença entre os Dissidentes, os Anômalos e a União, mesmo tendo lido os dois volumes da série, mas acredito que foi por ter lido com ansiedade, sem me atentar aos detalhes.
Saiba mais ›
1 pessoa achou isso útil. Esta avaliação foi útil para você? Sim Não Enviando feedback...
Agradecemos pelos seus comentários.
Desculpe, o registro do seu voto falhou. Tente novamente
Informar abuso
Por Janayna AVALIADOR TOP 500 em 22 de outubro de 2015
Formato: eBook Kindle
Ain, me decepcionei um pouco com o livro, tinha expectativas maiores! :(

Até a metade do livro fiquei esperando aparecer "aquilo" a mais. Porém, no fim, o livro - que é super bem escrito, em dúvida - acabou caindo no meu rol de "mais do mesmo", uma mistura de Wild Cards com Jogos Vorazes sem nenhum diferencial realmente empolgante.

De pontos realmente negativos, na minha opinião, está só o fato dos personagens serem todos meio planos, meio genéricos. A protagonista e sua turminha é um pouco mais desenvolvida, mas todos os outros personagens secundários são todos bem similares e, curiosamente, todos inspiraram em mim certa falta de confiança: todos os personagens secundários têm jeito de que poderiam trair a protagonista a qualquer instante. Todos tem um jeitinho meio fake, meio fajuto... Não sei se é proposital e terá alguma influência na trama da série (e eles são mesmo traidores e tal) ou se é algo decorrente do pouco aprofundamento neles mesmo, mas de todo modo a sensação foi ruim.

De resto, tudo é uma questão de opinião. Achei despropositada a ambientação meio vaga através da troca do nome dos países e territórios do nosso mundo real, algo que me incomodou muito na Panem de Jogos Vorazes - teria preferido que a autora usasse os nomes dos territórios "reais". Também achei muito jogada a explicação de porque justamente a protagonista, dentre tantos personagens, foi escolhida para a missão (o poder dela é bem bobinho e ela mal tinha entrado na escola, não acho que o treinamento militar prévio dela seria tão notório).
Saiba mais ›
Esta avaliação foi útil para você? Sim Não Enviando feedback...
Agradecemos pelos seus comentários.
Desculpe, o registro do seu voto falhou. Tente novamente
Informar abuso
Formato: eBook Kindle
Pedaço da resenha de Priscila Cavallaro:
A distopia criada pela Bárbara (também conhecida como Bells) é genial e original. Centenas de anos atrás, aproximadamente trezentos, um acordo para determinar o uso dos recursos naturais assinado na atual região de Kali foi responsável pelo início da Guerra Vermelha. Tal guerra dividiu toda a organização mundial – antes dividida em vários países com seus próprios governos – em duas nações: a União e o Império do Sol. A União no continente Pacífico é dividida em Regiões de Guerra e Regiões de Paz. Durante a guerra a União foi atacada com armas químicas e biológicas pelos dissidentes (os habitantes do Império do Sol) e contra-atacou com armas nucleares. A teoria aceita e ensinada nas escolas da União é que a mistura dos componentes dos ataques com uma tempestade solar resultou em alterações genéticas em alguns humanos, ou seja, MUTAÇÕES!
Esta avaliação foi útil para você? Sim Não Enviando feedback...
Agradecemos pelos seus comentários.
Desculpe, o registro do seu voto falhou. Tente novamente
Informar abuso