R$ 32,14
  • Preço de capa: R$ 35,00
  • Você economiza: R$ 2,86 (8%)
Frete GRÁTIS em pedidos a partir de R$ 99 para as regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste e a partir de R$ 139 para Norte e Nordeste.
Em estoque a partir de 3/Agosto/2017.
Faça agora seu pedido e pague somente quando for enviado.
Enviado e vendido por Amazon.com.br.

Enviar para:
Para ver enderecos, por favor
ou
-
Por favor, digite um CEP válido no formato XXXXX-XXX, sem traços ou pontos.
Tem um para vender? Venda na Amazon
Virar para trás Virar para a frente
Ouvir Reproduzindo... Pausado   Você está ouvindo uma amostra da edição em áudio do Audible.
Saiba mais
Ver esta imagem

Kadosh (Português) Capa Comum – 1 jan 2012


Ver todos os formatos e edições Ocultar outros formatos e edições
Preço
Novo a partir de Usado a partir de
Capa Comum, 1 jan 2012
"Tente novamente"
R$ 32,14
R$ 32,14
click to open popover

Frequentemente comprados juntos

  • Kadosh
  • +
  • Fluxo-Floema
  • +
  • Rútilos
Preço total: R$ 82,86
Compre os itens selecionados juntos

Faça download dos Aplicativos de Leitura Kindle Gratuitos e comece a ler eBooks Kindle nos mais populares smartphones, tablets e computadores pessoais. Para enviar o link de download para seu smartphone por SMS, use o formato internacional sem espaços (Código Internacional+DDD+Número. Exemplo: +551199999999)

  • Apple
  • Android
  • Windows Phone
  • Android

Para receber o link de download digite seu celular:



Novidades da Loja Kindle
Novidades da Loja Kindle
eBooks novos para sua biblioteca digital. Veja aqui

Detalhes do produto

  • Capa comum: 232 páginas
  • Editora: Biblioteca Azul (1 de janeiro de 2012)
  • Idioma: Português
  • ISBN-10: 8525035432
  • ISBN-13: 978-8525035431
  • Dimensões do produto: 20,8 x 12,6 x 1,6 cm
  • Peso do produto: 259 g
  • Avaliação média: Seja o primeiro a avaliar este item
  • Lista de mais vendidos da Amazon: no. 32,887 em Livros (Conheça o Top 100 na categoria Livros)

Descrições do Produto

Sobre o Autor

Hilda Hilst nasceu em 21 de abril de 193. Natural de Jaú, a escritora estudou no Colégio Santa Marcelina e no Instituto Presbiteriano Mackenzie, e formou-se em Direito pela Faculdade de Direito do Largo São Francisco, da Universidade de São Paulo.

Hilda Hilst publicou seu primeiro livro de poesia, Presságio, em 195. No ano seguinte, lançou Balada de Alzira, ao mesmo tempo em que foi nomeada curadora de seu pai, Apolônio de Almeida Prado Hilst. A partir de 1954, passou a se dedicar integralmente à produção literária. Entre 1955 e 1962, publicou diversas obras de poesia, entre elas Balada do festival e Ode fragmentária. Ainda nesta época, seus versos serviram de inspiração para Adoniran Barbosa, que compôs as músicas Quando te achei e Quando tu passas por mim, baseado nos poemas do livro Trovas de muito amor para um amado senhor.

Entre 1965 e 1966 transferiu-se para Campinas, onde passou a morar na "Casa Do Sol", construção próxima à fazenda de sua mãe e que foi freqüentada por artistas de diversas áreas. Em 1968, Hilda Hilst casou-se com Dante Casarini, de quem se divorciaria em 1985, e iniciou a construção da "Casa Da Lua" na praia de Massaguaçu, próxima à Caraguatatuba, onde ficou por algumas temporadas.

Ainda em 1968 escreveu peças teatrais, como O Visitante e O Novo Sistema. Em 1992, passou a colaborar como cronista no "Caderno C", do jornal Correio Popular, de Campinas, onde permaneceu até 1995.

Dentre as diversas obras da autora, destacam-se A Obscena Senhora D, de 1982, adaptada para o teatro em 1993 e traduzida para o francês em 1997; Bufólicas, poesias satíricas lançadas em 1992; Fluxo-Floema, seu primeiro livro de ficção, publicado em 197; e a trilogia obscena composta pelos títulos O Caderno Rosa de Lori Lamby, Contos d'escárnio. Textos Grotescos e Cartas De Um Sedutor, publicada entre 199 e 1991.

Além do Prêmio Moinho Santista pelo conjunto da obra poética, recebido em 22, Hilda Hilst foi agraciada com o Prêmio Anchieta de Teatro pela peça O verdugo, em 1969; com o Prêmio da Associação Paulista dos Críticos de Arte (APCA) na categoria "Melhor livro do ano" em 1977, por Ficções; com o Grande Prêmio da Crítica pelo conjunto da obra, também da APCA, em 1981; e ainda com o Prêmio Jabuti por Rútilo nada, em 1994, entre outros.

Hilda Hilst faleceu em 4 de fevereiro de 24, em Campinas, de falência múltipla de órgãos. Considerada uma das maiores escritoras da atualidade e conhecida por seu espírito libertário, deixou contribuição incomensurável para a literatura brasileira.


Quais outros itens os consumidores compraram após visualizar este item?


Avaliação de clientes

Ainda não há avaliações de clientes para este título.
5 estrelas
0
4 estrelas
0
3 estrelas
0
2 estrelas
0
1 estrela
0
Compartilhe seus pensamentos com outros clientes

Procure por itens similares por categoria

Onde está meu pedido?

Frete e devoluções

Precisa de ajuda?