Faça download dos Aplicativos de Leitura Kindle Gratuitos e comece a ler eBooks Kindle nos mais populares smartphones, tablets e computadores pessoais. Para enviar o link de download para seu smartphone por SMS, use o formato internacional sem espaços (Código Internacional+DDD+Número. Exemplo: +551199999999)

  • Apple
  • Android
  • Windows Phone
  • Android

Para receber o link de download digite seu celular:

Preço digital sugerido: R$ 27,90
Preço Kindle: R$ 22,32

Economize
R$ 17,58 (44%)

OU

Essas promoções serão aplicadas a este item:

Algumas promoções podem ser combinadas; outras não são elegíveis. Para detalhes, por favor, acesse os Termos e Condições dessas promoções.

Entregar no seu Kindle ou em outro dispositivo

Entregar no seu Kindle ou em outro dispositivo

Anúncio do aplicativo do Kindle

A Mão Esquerda da Escuridão eBook Kindle

4.3 de 5 estrelas 18 avaliações de clientes

Ver todos os 2 formatos e edições Ocultar outros formatos e edições
Preço
Novo a partir de Usado a partir de
eBook Kindle
"Tente novamente"
R$ 22,32

Número de páginas: 296 páginas Idioma: Português

eBooks na Loja Kindle
eBooks em oferta na Loja Kindle
Todos os dias, novos eBooks com desconto. Vem.

Descrições do Produto

Resenha Especializada

Vencedor dos prêmios Hugo (1970) e Nebula (1969), A mão esquerda da escuridão propõe discussões sobre assuntos tão polêmicos e atemporais quanto gênero, feminismo, alteridade e filosofia, sendo considerado pela crítica especializada não só um dos mais importantes livros de ficção científica já escritos, como também uma verdadeira obra-prima da literatura moderna.

Descrição do produto

Genly Ai foi enviado a Gethen com a missão de convencer seus governantes a se unirem a uma grande comunidade universal. Ao chegar no planeta Inverno, como é conhecido por aqueles que já vivenciaram seu clima gelado, o experiente emissário sente-se completamente despreparado para a situação que lhe aguardava. Os habitantes de Gethen fazem parte de uma cultura rica e quase medieval, estranhamente bela e mortalmente intrigante. Nessa sociedade complexa, homens e mulheres são um só e nenhum ao mesmo tempo. Os indivíduos não possuem sexo definido e, como resultado, não há qualquer forma de discriminação de gênero, sendo essas as bases da vida do planeta. Mas Genly é humano demais. A menos que consiga superar os preconceitos nele enraizados a respeito dos significados de feminino e masculino, ele corre o risco de destruir tanto sua missão quanto a si mesmo.

Detalhes do produto

  • Formato: eBook Kindle
  • Tamanho do arquivo: 1232 KB
  • Número de páginas: 266 páginas
  • Editora: Editora Aleph (16 de setembro de 2015)
  • Vendido por: Amazon Servicos de Varejo do Brasil Ltda
  • Idioma: Português
  • ASIN: B015EEALZU
  • Dicas de vocabulário: Não habilitado
  • Configuração de fonte: Não habilitado
  • Avaliação média: 4.3 de 5 estrelas 18 avaliações de clientes
  • Lista de mais vendidos da Amazon: #7,853 entre os mais vendidos na Loja Kindle (Conheça os 100 mais vendidos na Loja Kindle)

Quais outros itens os consumidores compraram após visualizar este item?

Avaliação de clientes

Principais avaliações de clientes

Formato: Capa comum Compra verificada
Um livro de ficção científica que vai muito além do que normalmente se espera. Uma história muito bem contada, que faz refletir. Acabei de ler faz um mês e me pego inadvertidamente pensando em questões levantadas no livro.
Não se assustem com um começo de leitura de difícil, o livro começa e não "flui" facilmente. Mas quando nos adaptamos ao mundo onde se passa a história, e passamos a conhecer melhor os protagonistas, é quase impossível suspender a leitura.
Sentimos falta do frio de "Inverno" (como nós na Terra conhecemos o planeta) quando acabamos de ler...
8 pessoas acharam isso útil. Esta avaliação foi útil para você? Sim Não Enviando feedback...
Agradecemos pelos seus comentários.
Desculpe, o registro do seu voto falhou. Tente novamente
Informar abuso
Por Janayna AVALIADOR TOP 500 em 30 de agosto de 2016
Formato: eBook Kindle
Eu tinha altas expectativas com o livro, mas pela premissa - homem procura acordo diplomático em um planeta invernal - achei que ia ser meio maçante. De fato o primeiro terço do livro tem algumas passagens mais lentas, mas curti muito a viagem de Genly Ai e Estraven pelo continente. É altamente sentimental (pra mim foi bem tocante, pelo menos) e a cultura de Inverno é incrível. A abordagem da identidade de gênero também é muito legal, ainda mais considerando que o livro é da década de 60. Confesso que fiquei meio perdida no meio de tantos nomes e termos e geografias, mas acho que isso é mais falha minha do que do livro. E, no fim, a maior lição foi descobrir que minha própria mente, apesar das tentativas de abertura, ainda se apega muito aos gêneros: durante todo o livro, imaginei todos os personagens como homens que, eventualmente, ficavam mais femininos. Obrigada, Ursula, vou retrabalhar isso. ;)
5 pessoas acharam isso útil. Esta avaliação foi útil para você? Sim Não Enviando feedback...
Agradecemos pelos seus comentários.
Desculpe, o registro do seu voto falhou. Tente novamente
Informar abuso
Formato: Capa comum Compra verificada
A Mão Esquerda da Escuridão de Ursula K. Le Guin é mais do que uma excelente ficção-científica, é também, de certo modo, um estudo antropológico de uma raça humana inexistente perdida na galáxia, um livro que nos força a sair dos nossos mundos de projeção que já estamos acostumados na sci-fi.
É, em síntese, a história de um Terráqueo em algum ponto do futuro que tem uma missão diplomática em representação ao Ekumen de visitar um planeta bem distante anteriormente colonizado pelos seres humanos e que ficou esquecido no tempo.
Só que tudo que pensamos em relação às relações, política, cultura, inclusive as relações sexuais, a procriação, tudo é bem mais diferente nesse planeta!
Tornou-se daqueles livros que levamos pelo resto da vida, física e emocionalmente! Além do que Urusula K. Le Guin é uma escritora excepcional.
4 pessoas acharam isso útil. Esta avaliação foi útil para você? Sim Não Enviando feedback...
Agradecemos pelos seus comentários.
Desculpe, o registro do seu voto falhou. Tente novamente
Informar abuso
Por Renan Santos AVALIADOR TOP 500 em 15 de janeiro de 2017
Formato: Capa comum Compra verificada
“O que é um amigo num mundo onde qualquer amigo pode ser um amante quando muda a fase da lua?”

Esta, para mim, foi a frase mais marcante deste que é um dos mais espetaculares livro que já li e sintetiza bem todo o conflito antropológico da trama. A mão esquerda da escuridão é, antes de tudo, uma reflexão sobre gênero e como a nossa sociedade é moldada a partir da dualidade masculino\feminino.

Genly Ai é um Enviado da Ekumen, uma espécie de federação de planetas e raças. Ele é mandado para o planeta Gethen, também chamado Inverno, a fim de tentar convencer os habitantes do gelado planeta a se unirem a esta comunidade universal.

Mas os habitantes de lá são por demais peculiares aos olhos de nosso protagonista. Eles são possuem sexo definido. São macho e fêmea e nenhum dos dois ao mesmo tempo. Os indivíduos são andrógenos e assexuados na maior parte do tempo e só desenvolvem uma sexualidade no que eles chamam de kemmer, uma vez a cada mês. Durante este período (que se assemelha muito ao cio), eles se tornam férteis, e cada ser pode assumir o gênero que quiser. Assim, um getheniano que foi homem no último kemmer pode muito bem ser mulher no próximo e engravidar.

Reside aí a genialidade do livro: na ideia de que os habitantes de Inverno são destituídos de sexo. E mais ainda: que todas as construções sociais oriundas da distinção entre masculino e feminino simplesmente não existem em Gethen. Embora seja algo fácil de entender, é difícil de assimilar ou imaginar, porque os padrões em nossas mentes não são esses. Assim como os padrões na mente de Genly Ai, que também é terráqueo.
Saiba mais ›
1 pessoa achou isso útil. Esta avaliação foi útil para você? Sim Não Enviando feedback...
Agradecemos pelos seus comentários.
Desculpe, o registro do seu voto falhou. Tente novamente
Informar abuso
Por andremonsev em 29 de junho de 2016
Formato: Capa comum Compra verificada
Publicado no final dos anos 60, mas com conteúdo de uma atualidade espantosa por ser atemporal. Reflete sobre perspectiva, reconhecimento, preconceito e tudo mais. Excelente história, universo rico e muito interessante, ideias originais, narrativas interessantes a respeito do mundo em que a obra é passada. O próprio prefácio, escrito pela Le Guin, já é espetacular.

Enfim, a ficção científica na sua mais alta qualidade: nos colocando em um mundo externo, para refletir a respeito de nós mesmos.
2 pessoas acharam isso útil. Esta avaliação foi útil para você? Sim Não Enviando feedback...
Agradecemos pelos seus comentários.
Desculpe, o registro do seu voto falhou. Tente novamente
Informar abuso
Por Bruno Laze AVALIADOR TOP 1000 em 9 de agosto de 2016
Formato: Capa comum
Ursula conseguiu reunir neste livro uma trama boa, personagens marcantes e boa especulação científica.
A história se passa num planeta gelado, onde a humanidade local (os gethenianos) se adaptou muito bem, em costumes, arquitetura e tecnologia.
Os gethenianos possuem a peculiaridade de serem ambissexuais, isto é, hermafroditas. Só que o período sexual deles é bem curto (20% do tempo no máximo), o que pra mim chamou mais a atenção do que o fato de possuírem os dois sexos, pois Ursula dá a isto efeitos sociais mais densos.
Recomendo este livro a todos, até mesmo àqueles que frequentam "paradas hétero", pois há muito pouco proselitismo. Como boa ficcionista, a autora traz provocações, e não afirmações; ademais, encanta com uma jornada épica do homem versus o meio ambiente e versus o choque cultural.
3 pessoas acharam isso útil. Esta avaliação foi útil para você? Sim Não Enviando feedback...
Agradecemos pelos seus comentários.
Desculpe, o registro do seu voto falhou. Tente novamente
Informar abuso

Avaliações mais recentes de clientes

click to open popover