R$ 55,02
  • Preço de capa: R$ 69,90
  • Você economiza: R$ 14,88 (21%)
Frete GRÁTIS em pedidos a partir de R$ 99 para as regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste e a partir de R$ 139 para Norte e Nordeste.
Em estoque.
Enviado e vendido por Amazon.com.br.

Enviar para:
Para ver enderecos, por favor
ou
-
Por favor, digite um CEP válido no formato XXXXX-XXX, sem traços ou pontos.
Virar para trás Virar para a frente
Ouvir Reproduzindo... Pausado   Você está ouvindo uma amostra da edição em áudio do Audible.
Saiba mais
Ver todas as 2 imagens

Machado. Romance (Português) Capa Comum – 16 dez 2016

4.8 de 5 estrelas 4 avaliações de clientes

Ver todos os 2 formatos e edições Ocultar outros formatos e edições
Preço
Novo a partir de Usado a partir de
eBook Kindle
"Tente novamente"
Capa Comum
"Tente novamente"
R$ 55,02
R$ 49,00

Loja Companhia das Letras
Loja Companhia das Letras
Confira todos os títulos e promoções do grupo. Veja mais aqui.
click to open popover

Ofertas especiais e produtos em promoção

  • Compre um livro e ganhe R$15 para gastar em um livro digital de uma seleção. Saiba mais (confira os termos e condições)

Frequentemente comprados juntos

  • Machado. Romance
  • +
  • A Resistência
Preço total: R$ 82,94
Compre os itens selecionados juntos

Faça download dos Aplicativos de Leitura Kindle Gratuitos e comece a ler eBooks Kindle nos mais populares smartphones, tablets e computadores pessoais. Para enviar o link de download para seu smartphone por SMS, use o formato internacional sem espaços (Código Internacional+DDD+Número. Exemplo: +551199999999)

  • Apple
  • Android
  • Windows Phone
  • Android

Para receber o link de download digite seu celular:



eBooks na Loja Kindle
eBooks em oferta na Loja Kindle
Todos os dias, novos eBooks com desconto. Vem.

Detalhes do produto

  • Capa comum: 424 páginas
  • Editora: Companhia das Letras (12 de dezembro de 2016)
  • Idioma: Português
  • ISBN-10: 8535928367
  • ISBN-13: 978-8535928365
  • Dimensões do produto: 20,8 x 14 x 2,4 cm
  • Peso do produto: 581 g
  • Avaliação média: 4.8 de 5 estrelas  Ver todas as análises (4 avaliações de clientes)
  • Lista de mais vendidos da Amazon: no. 17,144 em Livros (Conheça o Top 100 na categoria Livros)

Quais outros itens os consumidores compraram após visualizar este item?

Avaliação de clientes

4.8 de 5 estrelas
5 estrelas
3
4 estrelas
1
3 estrelas
0
2 estrelas
0
1 estrela
0
Ver todas as 4 avaliações dos clientes
Compartilhe suas ideias com outros clientes

Principais avaliações de clientes

Por Leila Gonçalves AVALIADOR Nº 1 em 25 de fevereiro de 2017
Formato: Capa comum Compra verificada
De acordo com Silviano Santiago, "Machado", ao invés de um romance de formação, é um romance de sobrevivência, pois apresenta os últimos quatro anos de nosso maior escritor. Um período marcado pela solidão após a morte de Carolina, sua esposa, e a degeneração física, agravada pelas frequentes crises de epilepsia.

Reunindo ficção e realidade, biografia e ensaio, o livro tem como pano de fundo o quinto volume da "Correspondência de Machado de Assis", que vai de 1905 a 1908, publicada pela ABL. Sem dúvida, trata-se de uma boa recomendação de leitura, no entanto, ela não é imprescindível. Na realidade, a narrativa exige um leitor que conheça a obra do escritor, especialmente, os contos "A Causa Secreta" e "A Chinela Turca", além de quatro romances: "Ressurreição", "Memórias Póstumas de Brás Cubas", Esaú e Jacó" e "Memorial de Aires", aliás, escrito nesse período. Os comentários de Santiago privilegiam esse material, inclusive, trazendo à luz novas dimensões interpretativas.

Apresentado o autor de "Dom Casmurro" como um mínimo no palco da literatura, o livro também revela sua afetuosa relação com Mário, um dos filhos de José de Alencar. Escritor de pouco prestígio, catapultado a Academia Brasileira de Letras graças ao apoio do amigo, o jovem também era epilético e esse traço em comum fortaleceu os boatos de que fossem pai e filho. Esse parentesco é veementemente rejeitado por Santiago que apresenta Machado apenas como seu protetor, um "pai espiritual".
Saiba mais ›
2 pessoas acharam isso útil. Esta avaliação foi útil para você? Sim Não Enviando feedback...
Agradecemos pelos seus comentários.
Desculpe, o registro do seu voto falhou. Tente novamente
Informar abuso
Formato: Capa comum Compra verificada
Silviano mistura realidade e ficção para nos levar a caminhos que desconhecíamos da vida de Machado, especificamente seus últimos anos.
Ele é um profundo conhecedor da obra de Machado e fez uma obra de mestre.
Recomendo muito.
Esta avaliação foi útil para você? Sim Não Enviando feedback...
Agradecemos pelos seus comentários.
Desculpe, o registro do seu voto falhou. Tente novamente
Informar abuso
Por Alex Sander em 28 de dezembro de 2016
Formato: Capa comum Compra verificada
Antes de ler o romance, recomendo, a quem puder, que leia o quinto tomo da "Correspondência de Machado de Assis" editada pela ABL. O romance é muito bom, uma verdadeira celebração à literatura e à vida. Gostaria de destacar a rapidez da Amazon na entrega, pois fiz o pedido do livro na pré-venda e, bem pouco depois de lançado, já estava com meu exemplar em mãos. Isso é atenção ao leitor - nota 10 para vocês!
9 pessoas acharam isso útil. Esta avaliação foi útil para você? Sim Não Enviando feedback...
Agradecemos pelos seus comentários.
Desculpe, o registro do seu voto falhou. Tente novamente
Informar abuso
Por Dario Andrade AVALIADOR TOP 500 em 11 de abril de 2017
Formato: Capa comum
Primeira vez que li algo do Silviano Santiago, apesar de ele ser, atualmente, um dos mais conceituados escritores brasileiros. Digo que fiquei muito positivamente impressionado. Ele dá mostras de enorme erudição. Erudição, é verdade, é de pouca valia, se faltam outras competências ao autor. Não é o caso aqui. Ele é narrador capaz, conhecedor habilidoso do seu ofício, capaz de fazer uma obra que é ao mesmo tempo romance e ensaio.
Machado, é claro, é Machado de Assis. O tempo do livro são os seus últimos anos (1905-1908) e o fio condutor é a doença, a epilepsia que o afligiu durante a maior parte de sua vida. O primeiro capítulo, por exemplo, faz um paralelo entre Flaubert – também atingido pelo mesmo mal – e Machado, ao mesmo tempo em que relata um dos ataques – ou ausências, no linguajar do livro – sofridos. No caso, foi no meio da rua, onde foi amparado por um amigo, que o levou até uma farmácia.
Além disso, ponto importante no livro é a relação entre Machado e Mário de Alencar, filho de José de Alencar, e que Silviano trata como se fosse uma espécie de filho espiritual de Machado. Mário, também funcionário público e também escritor, também sofria de ataques epiléticos. Protegido de Machado, foi eleito para uma vaga na Academia Brasileira de Letras sob fortes ataques da imprensa e de outros escritores, que o viam muito jovem ou insuficientemente capaz para ser parte da ABL. Talvez tivessem razão e o próprio Silviano o qualifica a certo momento como um escritor sem muitos méritos e que foi quase esquecido pelos seus pósteros.
Saiba mais ›
1 pessoa achou isso útil. Esta avaliação foi útil para você? Sim Não Enviando feedback...
Agradecemos pelos seus comentários.
Desculpe, o registro do seu voto falhou. Tente novamente
Informar abuso

Procure por itens similares por categoria