R$ 84,50
  • Preço de capa: R$ 129,90
  • Você economiza: R$ 45,40 (35%)
Frete GRÁTIS em pedidos a partir de R$ 99 para as regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste e a partir de R$ 139 para Norte e Nordeste.
Em estoque.
Enviado e vendido por Amazon.com.br.
Virar para trás Virar para a frente
Ouvir Reproduzindo... Pausado   Você está ouvindo uma amostra da edição em áudio do Audible.
Saiba mais
Ver todas as 2 imagens

Por que as Nações Fracassam. As Origens do Poder, da Prosperidade e da Pobreza (Português) Capa Comum – 17 ago 2012

4.5 de 5 estrelas 78 avaliações de clientes

Ver todos os formatos e edições Ocultar outros formatos e edições
Preço
Capa Comum
"Tente novamente"
R$ 84,50
Em até 2x R$ 42,25 sem juros Calculadora de prestações
Você poderá escolher o número de parcelas na hora de fechar a compra.
Prazo Valor Mensal (R$) Total (R$)
2x sem juros R$ 42,25 R$ 84,50

Leia Enquanto Enviamos
Leia Enquanto Enviamos
Compre e comece a ler a amostra digital deste livro enquanto espera ele chegar. Saiba mais aqui.
click to open popover

Frequentemente comprados juntos

  • Por que as Nações Fracassam. As Origens do Poder, da Prosperidade e da Pobreza
  • +
  • O Capital no Século XXI
  • +
  • Sapiens - Uma Breve História da Humanidade
Preço total: R$ 159,29
Compre os itens selecionados juntos

Faça download dos Aplicativos de Leitura Kindle Gratuitos e comece a ler eBooks Kindle nos mais populares smartphones, tablets e computadores pessoais. Para enviar o link de download para seu smartphone por SMS, use o formato internacional sem espaços (Código Internacional+DDD+Número. Exemplo: +551199999999)

  • Apple
  • Android
  • Windows Phone
  • Android

Para receber o link de download digite seu celular:



eBooks na Loja Kindle
eBooks em oferta na Loja Kindle
Todos os dias, novos eBooks com desconto. Vem.

Detalhes do produto

  • Capa comum: 416 páginas
  • Editora: Elsevier; Edição: 1ª (17 de agosto de 2012)
  • Idioma: Português
  • ISBN-10: 8535238573
  • ISBN-13: 978-8535238570
  • Dimensões do produto: 24 x 17 x 1,6 cm
  • Peso do produto: 640 g
  • Avaliação média: 4.5 de 5 estrelas  Ver todas as análises (78 avaliações de clientes)
  • Lista de mais vendidos da Amazon: no. 2,977 em Livros (Conheça o Top 100 na categoria Livros)

Descrições do Produto

Sobre o Autor

Daron Acemoglu é titular da cátedra Killian de Economia no MIT. Em 2005, recebeu a Medalha John Bates Clark, concedida a economistas de menos de 40 anos cujas contribuições para o pensamento e conhecimento econômicos sejam consideradas da maior relevância. James A. Robinson, economista e cientista político, é titular da cátedra David Florence de Governo na Universidade de Harvard. Especialista de renome mundial em América Latina e África, já trabalhou em Botsuana, Maurício, Serra Leoa e África do Sul.

Quais outros itens os consumidores compraram após visualizar este item?

Avaliação de clientes

Principais avaliações de clientes

Por Rafael AVALIADOR TOP 500 em 7 de março de 2014
Formato: eBook Kindle
Este livro é um livro bom, isso eu posso garantir. É também um livro contendo inúmeros estudos de caso com base no ponto de vista novo-institucional. A tese central é que existem dois tipos de instituições: extrativistas e inclusivas.

Instituições extrativistas são aquelas em que os resultados da produção são apropriados pelas elites, ou seja, tudo o que é produzido é utilizado para manter o nível dos detentores de riqueza e estes constroem instituições para manter o extrativismo, ou seja manter suas posições de poder, seus monopólios e perpetuar suas dinastias. E o problema é que esse tipo de instituição é a que tem mais prevalecido na história da humanidade, em que os ganhos de produtividade não conseguem ser repassados à população. Todas as tentativas de mudar o status quo são combatidas e normalmente são derrotadas e as que conseguem isso, normalmente se entregam aos mesmos vícios dos regimes anteriores.

Entre os vários exemplos de governos extrativistas modernos há o exemplo do Zimbábue (em que o presidente ganha na loteria), Coreia do Norte, China (o seu modelo apesar de possibilitar crescimento ainda subsiste com base em instituições extrativistas, em que o Partido controla os setores-chave e não pode causar crescimento sustentado de longo prazo, e isso é aplicado em todas as instâncias de crescimento extrativista), e a razão porque o Terceiro Mundo é tão pobre.
Saiba mais ›
42 pessoas acharam isso útil. Esta avaliação foi útil para você? Sim Não Enviando feedback...
Agradecemos pelos seus comentários.
Desculpe, o registro do seu voto falhou. Tente novamente
Informar abuso
Formato: eBook Kindle Compra verificada
Este livro, publicado originalmente nos Estados Unidos em 2012, deveria ser de leitura obrigatória nos cursos de economia das universidades brasileiras.

Os autores, Daron Acemoglu (economista norte-americano nascido na Turquia, professor do departamento de economia do Massachusetts Institute of Technology) e James Robinson (cientista político e economista norte-americano, professor da Universidade de Harvard), sustentam que instituições políticas inclusivas proporcionam o aparecimento de instituições econômicas inclusivas que, por sua vez, levam às condições necessárias ao desenvolvimento sustentado.

As instituições políticas inclusivas seriam aquelas baseadas no pluralismo político, e se caracterizariam pelo primado da lei e da ordem - que garantiriam o direito de propriedade, as liberdades individuais, o respeito aos contratos, a igualdade de todos perante a lei, a liberdade de imprensa, etc. As instituições políticas inclusivas produziriam instituições econômicas inclusivas, que criariam as condições necessárias para o aparecimento do desenvolvimento sustentado. Nas nações forjadas com instituições políticas e econômicas inclusivas, não houve incentivos à supremacia de um grupo político em detrimentos de outros, o que garantiu o pluralismo político na sociedade e a alternância natural do poder.

Os autores ilustram a sua tese citando a Grã-Bretanha durante a Revolução Gloriosa (1688-1689), quando aquela nação submeteu a Coroa ao Parlamento, assentando as bases para a futura Revolução Industrial, os Estados Unidos no início do Séc.
Saiba mais ›
36 pessoas acharam isso útil. Esta avaliação foi útil para você? Sim Não Enviando feedback...
Agradecemos pelos seus comentários.
Desculpe, o registro do seu voto falhou. Tente novamente
Informar abuso
Por Marcos Reis AVALIADOR TOP 100 em 22 de janeiro de 2015
Formato: eBook Kindle Compra verificada
Esqueçam tudo que já leram para explicar a pobreza das Nações, principalmente as teses de esquerda tão populares na América Latina tais como a Teoria da Dependência. Além de fácil e agradável leitura, os autores reuniram um conjunto de argumentos e exemplos que deixam claro como as deficiências das instituições políticas e consequentemente das instituições econômicas geradas são as reais causas da pobreza e da falta de prosperidade das Nações. As instituições políticas e econômicas são explicadas através de uma observação histórica das nações.
Os autores usam conceitos atuais ligados a teoria do Caos para explicar a diferença entre as instituições de diferentes países. Mostram como pequenas divergências institucionais são ampliadas ao longo do tempo resultando em instituições políticas e econômicas totalmente diferentes. Na teoria do Caos isto é conhecido como dependência sensível das condições iniciais, efeito descoberto pelo meteorologista Edward Lorenz e apelidado de Efeito Borboleta.
Nós dos países em desenvolvimento precisamos fazer nossa lição de casa. Não dá mais para pôr a culpa num inimigo externo. Parabéns aos autores. Recomendo: leitura imperdível!!!!
24 pessoas acharam isso útil. Esta avaliação foi útil para você? Sim Não Enviando feedback...
Agradecemos pelos seus comentários.
Desculpe, o registro do seu voto falhou. Tente novamente
Informar abuso
Formato: eBook Kindle
Um livro que deveria ser lido, mesmo por aqueles que já possuem uma opinião formada sobre o caos geral que assola o mundo.
Os autores fizeram uma pesquisa e faz comparação, mostrando ao leitor as tendências, fracasso e sucesso das nações durante toda a história.
5 pessoas acharam isso útil. Esta avaliação foi útil para você? Sim Não Enviando feedback...
Agradecemos pelos seus comentários.
Desculpe, o registro do seu voto falhou. Tente novamente
Informar abuso

Avaliações mais recentes de clientes