Faça download dos Aplicativos de Leitura Kindle Gratuitos e comece a ler eBooks Kindle nos mais populares smartphones, tablets e computadores pessoais. Para enviar o link de download para seu smartphone por SMS, use o formato internacional sem espaços (Código Internacional+DDD+Número. Exemplo: +551199999999)

  • Apple
  • Android
  • Windows Phone
  • Android

Para receber o link de download digite seu celular:

Preço Kindle: R$ 24,90

Economize
R$ 15,00 (38%)

OU

Essas promoções serão aplicadas a este item:

Algumas promoções podem ser combinadas; outras não são elegíveis. Para detalhes, por favor, acesse os Termos e Condições dessas promoções.

Entregar no seu Kindle ou em outro dispositivo

Entregar no seu Kindle ou em outro dispositivo

Anúncio do aplicativo do Kindle

Piano vermelho eBook Kindle

3.4 de 5 estrelas 3 avaliações de clientes

Ver todos os 2 formatos e edições Ocultar outros formatos e edições
Preço
Novo a partir de Usado a partir de
eBook Kindle
"Tente novamente"
R$ 24,90

Número de páginas: 320 páginas Configuração de fonte: Habilitado Page Flip: Habilitado
Idioma: Português

Novidades da Loja Kindle
Novidades da Loja Kindle
eBooks novos para sua biblioteca digital. Veja aqui

Descrições do Produto

Descrição do produto

O novo thriller do autor do best-seller Caixa de pássaros

Ex-ícones da cena musical de Detroit, os Danes estão mergulhados no ostracismo. Sem emplacar nenhum novo hit, eles trabalham trancados em estúdio produzindo outras bandas, enchendo a cara e se dedicando com reverência à criação — ou, no caso, à ausência dela. Uma rotina interrompida pela visita de um funcionário misterioso do governo dos Estados Unidos, com um convite mais misterioso ainda: uma viagem a um deserto na África para investigar a origem de um som desconhecido que carrega em suas ondas um enorme poder de destruição.

Liderados pelo pianista Philip Tonka, os Danes se juntam a um pelotão insólito em uma jornada pelas entranhas mortais do deserto. A viagem, assustadora e cheia de enigmas, leva Tonka para o centro de uma intrincada conspiração.

Seis meses depois, em um hospital, a enfermeira Ellen cuida de um paciente que se recupera de um acidente quase fatal. Sobreviver depois de tantas lesões parecia impossível, mas o homem resistiu. As circunstâncias do ocorrido ainda não foram esclarecidas e organismo dele está se curando em uma velocidade inexplicável. O paciente é Philip Tonka, e os meses que o separam do deserto e tudo o que lá aconteceu de nada serviram para dissipar seu medo e sua agonia. Onde foram parar seus companheiros? O que é verdade e o que é mentira? Ele precisa escapar para descobrir.

Com uma narrativa tensa e surpreendente, Josh Malerman combina em Piano Vermelho o comum e o inusitado numa escalada de acontecimentos que se desdobra nas mais improváveis direções sem jamais deixar de proporcionar aquilo pelo qual o leitor mais espera: o medo.

Sobre o Autor

Josh Malerman é escritor e músico, autor do best-seller Caixa de pássaros e cantor e compositor da banda de rock The High Strung. Josh mora no Michigan, Estados Unidos, com a noiva.

Detalhes do produto

  • Formato: eBook Kindle
  • Tamanho do arquivo: 6673 KB
  • Número de páginas: 296 páginas
  • Editora: Intrínseca (5 de julho de 2017)
  • Vendido por: Amazon Servicos de Varejo do Brasil Ltda
  • Idioma: Português
  • ASIN: B071WXCMB8
  • Dicas de vocabulário: Não habilitado
  • Configuração de fonte: Habilitado
  • Avaliação média: 3.4 de 5 estrelas 3 avaliações de clientes
  • Lista de mais vendidos da Amazon: #5,429 entre os mais vendidos na Loja Kindle (Conheça os 100 mais vendidos na Loja Kindle)

Quais outros itens os consumidores compraram após visualizar este item?

Avaliação de clientes

5 estrelas
0
4 estrelas
1
3 estrelas
2
2 estrelas
0
1 estrela
0
Ver todas as 3 avaliações dos clientes
Compartilhe suas ideias com outros clientes

Principais avaliações de clientes

Formato: eBook Kindle Compra verificada
A comparação é invevitável. Foi por me fascinar pelo livro anterior do autor que comprei imediatamente este livro, antes mesmo de haver muitas avaliações por aqui que apontassem a qualidade do livro.

Piano Vermelhor tem muito de Caixa de Pássaros, mas sua estória não poderia ser mais diferente.
Assim como o livro anterior, existe a alternância da narração entre presente e passado, sendo que o "presente" é o final dos anos 50, a era pós segunda guerra mundial. O personagem principal é um militar, integrante de uma banda formada por colegas de farda, que sofre um misterioso acidente que fratura todos os ossos de seu corpo e o deixa em coma por mais de 6 meses entre a vida e a morte. O livro alterna entre o "presente" (o soldado no hospital em recuperação) e o "passado" (a misteriosa missão em que ele e uma equipe militar viaja ao deserto africano em busca de um som misteioso que preocupa o exército americano).

Em Piano Vermelho, essa alternância de tempos não é tão interessante quanto no outro livro, porque, aqui, o presente é bem monótono e bizarro. O mais interessante é acompanhar a narração dos fatos no deserto, que é cheio de acontecimentos aparentemente sobrenaturais, o que acaba trazendo muito de Caixa de Pássaros a estória atual.

Custei me sentir capturado pela estória em si. Me vicei em Caixa de Pássaros desde as primeiras linhas. Já aqui, custei a me empolgar pela estória. O começo é bem confuso. Ás vezes é difícil saber quem está falando o quê, passando uma ideia de amodorismo ao texto.
Saiba mais ›
2 pessoas acharam isso útil. Esta avaliação foi útil para você? Sim Não Enviando feedback...
Agradecemos pelos seus comentários.
Desculpe, o registro do seu voto falhou. Tente novamente
Informar abuso
Por NTayar AVALIADOR TOP 50 em 10 de julho de 2017
Formato: Capa comum Compra verificada
A história se passa em 1957, em Detroit, terra dos quatro músicos de uma banda chamada The Danes. Há anos não conseguem emplacar um sucesso. O que fazem atualmente é produzir discos de bandas estreantes, quase sempre medíocres.
Até que um dia, são procurados por um sujeito chamado Jonathan Mull. O homem foi enviado por algum órgão do governo e tudo que ele queria era fazer uma proposta aos músicos: “Vocês não vão tocar nenhuma música. Na verdade, não vão fazer nenhum barulho. Em vez disso, vocês vão ouvir um som específico”.
Larry, Duane, Ross e Philip haviam servido durante a Segunda Guerra, portanto eram soldados. E tinham ouvidos treinados para ouvir e distinguir sons.
Mull conta que o som foi ouvido pela primeira vez em 1948, durante um teste de rádio de rotina, na Flórida. Conseguiram determinar a localização da fonte do estranho som: o deserto do Namibe, na África.
A questão era grave: a frequência do som conseguiu inativar “nossa arma de defesa mais poderosa”. E as armas dos soldados foram igualmente inativadas.
O governo estava preocupado não apenas com onde estava a fonte do som mas, sobretudo, com quem era o responsável.
Dois pelotões foram enviados ao local no último ano. Mas o senhor Mull não contou o que encontraram.
Para convencê-los a aceitar a perigosa tarefa, foi oferecido um pagamento de 100.000 dólares para cada um. Aceitaram não só pelo prêmio, mas, principalmente, pela aventura.
A técnica narrativa é a mesma do livro anterior de Josh Malerman – Caixa de Pássaros – alternando passado e presente. No primeiro capítulo, vamos encontrar Philip – o pianista da banda – num hospital militar.
Saiba mais ›
6 pessoas acharam isso útil. Esta avaliação foi útil para você? Sim Não Enviando feedback...
Agradecemos pelos seus comentários.
Desculpe, o registro do seu voto falhou. Tente novamente
Informar abuso
Por Ana em 19 de julho de 2017
Formato: eBook Kindle Compra verificada
O livro é bem escrito e prende a atenção, mas deixa muitas pontas soltas além do assunto ser muito estranho
1 pessoa achou isso útil. Esta avaliação foi útil para você? Sim Não Enviando feedback...
Agradecemos pelos seus comentários.
Desculpe, o registro do seu voto falhou. Tente novamente
Informar abuso
click to open popover

Onde está meu pedido?

Frete e devoluções

Precisa de ajuda?