<Incorporar>
Incluso com sua assinatura Kindle Unlimited
R$21,64
  • De: R$29,90
  • Você economiza: R$8,26 (28%)
Entrega GRÁTIS em pedidos enviados pela Amazon a partir de R$99,00 em livros.
Em estoque.
O eBook Kindle está disponível e você pode iniciar sua leitura imediatamente com os Apps gratuitos de leitura Kindle.
Enviado e vendido por Amazon.com.br.
A princesa salva a si mes... foi adicionado ao seu carrinho
Ofertas de vendedores na Amazon
Adicionar ao carrinho
R$23,02
+ R$6,30 de frete
Vendido por: Clique Books
Adicionar ao carrinho
R$23,93
+ R$6,25 de frete
Vendido por: LT2 SHOP
Adicionar ao carrinho
R$18,00
+ R$15,00 de frete
Vendido por: RN New Books
Tem para vender?
Virar para trás Virar para a frente
Ouvir Reproduzindo... Pausado   Você está ouvindo uma amostra da edição em áudio do Audible.
Saiba mais

Seguir o Autor

Algo deu errado. Tente fazer sua solicitação novamente mais tarde.


A princesa salva a si mesma neste livro (Português) Capa comum – 30 novembro 2017

4,5 de 5 estrelas 1.031 classificações

Ver todos os formatos e edições Ocultar outros formatos e edições
Preço
Novo a partir de Usado a partir de
Kindle
Capa Comum
R$21,64
R$18,00 R$17,00
Receba: Quarta-feira, 30 de Set
Entrega mais rápida: Quinta-feira, 24 de Set
Se pedir dentro de 12 hrs e 51 mins
click to open popover

Frequentemente comprados juntos

  • A princesa salva a si mesma neste livro
  • +
  • A bruxa não vai para a fogueira neste livro
  • +
  • Outros jeitos de usar a boca
Preço total: R$59.82
Compre os itens selecionados juntos

Livros em Oferta
Livros em Oferta
Todos os dias, novos livros com desconto. Confira todos aqui.

Detalhes do produto

  • Capa comum : 208 páginas
  • ISBN-10 : 8544106595
  • ISBN-13 : 978-8544106594
  • Dimensões do produto : 20.2 x 13.4 x 1.2 cm
  • Editora : Leya; 1ª Edição (30 novembro 2017)
  • Idioma: : Português
  • Avaliações dos clientes:
    4,5 de 5 estrelas 1.031 classificações

Descrição do produto

Resenha Especializada

Amor e empoderamento em versos que levam os contos de fada à realidade feminina do século XXI A princesa salva a si mesma neste livro, de Amanda Lovelace, é comparado ao fenômeno editorial Outros jeitos de usar a boca, de Rupi Kaur, com o qual compartilha a linguagem direta, em forma de poesia, e a temática contemporânea. É um livro sobre resiliência e, sobretudo, sobre a possibilidade de escrevermos nossos próprios finais felizes. Não à toa A princesa salva a si mesma neste livro ganhou o prêmio Goodreads Choice Award, de melhor leitura do ano, escolha do público. Esta é uma obra sobre amor, perda, sofrimento, redenção, empoderamento e inspiração. Dividido em quatro partes ("A princesa", "A donzela", "A rainha" e "Você"), o livro combina o imaginário dos contos de fada à realidade feminina do século XXI com delicadeza, emoção e contundência. Amanda, aclamada como uma das principais vozes de sua geração, constrói uma narrativa poética de tons íntimos e cotidianos que acolhe o leitor a cada verso, tornando-o cúmplice e participante do que está sendo dito. Acessível e de fácil compreensão, seu A princesa salva a si mesma neste livro vai tocar os corações até mesmo de quem não gosta ou não tem o hábito de ler poesia, pois aborda sentimentos comuns a qualquer ser humano, principalmente às mulheres.

Sobre o Autor

Devoradora de palavras e leitora ávida e apaixonada de contos de fadas desde a infância, era natural que Amanda Lovelace começasse a escrever seus próprios livros. E foi o que ela fez. Quando não está lendo ou escrevendo, pode ser encontrada aguardando seu café com especiarias para voltar à maratona de temporadas de Gilmore Girls. Poeta vitalícia e atual contadora de histórias, mora em New Jersey com seu noivo, seu gato temperamental e uma coleção de livros tão grande que em breve precisará de uma casa só para ela. Bacharel em Literatura Inglesa, cursou também Sociologia. A princesa salva a si mesma neste livro é sua estreia na poesia e o primeiro livro da série Women are some kind of magic”. Amanda também pode ser encontrada como ladybookmad no Twitter, Instagram e Tumblr (ainda não descobriu como funciona o Snapchat).

Da editora