Faça download dos Aplicativos de Leitura Kindle Gratuitos e comece a ler eBooks Kindle nos mais populares smartphones, tablets e computadores pessoais. Para enviar o link de download para seu smartphone por SMS, use o formato internacional sem espaços (Código Internacional+DDD+Número. Exemplo: +551199999999)

  • Apple
  • Android
  • Windows Phone
  • Android

Para receber o link de download digite seu celular:

Preço Kindle: R$ 5,90
OU

Essas promoções serão aplicadas a este item:

Algumas promoções podem ser combinadas; outras não são elegíveis. Para detalhes, por favor, acesse os Termos e Condições dessas promoções.

Entregar no seu Kindle ou em outro dispositivo

Entregar no seu Kindle ou em outro dispositivo

Anúncio do aplicativo do Kindle

Racismo em Kardec? eBook Kindle


Ver todos os formatos e edições Ocultar outros formatos e edições
Preço
Novo a partir de Usado a partir de
eBook Kindle, 1 set 2014
R$ 5,90

Número de páginas: 383 páginas Configuração de fonte: Habilitado Page Flip: Habilitado
Idioma: Português

eBooks na Loja Kindle
eBooks em oferta na Loja Kindle
Todos os dias, novos eBooks com desconto. Vem.

Descrições do Produto

Descrição do produto

A presente pesquisa visa buscar a fundo o pensamento de Allan Kardec, para ver se ele foi, como querem os detratores, um racista. Se só estes pensassem assim, não haveria grandes problemas, mas, infelizmente, no meio Espírita alguns ficam na dúvida, enquanto outros acham que sim.
Uma nota que Kardec colocou na sua obra Plano proposta para a melhoria da Educação Pública, publicada em junho 1828, ou seja, quando ele contava com apenas 23 anos, foi o que de mais importante encontramos sobre o que pensava do assunto: ?Certamente, não está no meu pensamento, nem nos meus princípios, desprezar ninguém, e menos ainda de rebaixar o nascimento de quem quer que seja, pois nenhuma classe tem o privilégio exclusivo de dar à sociedade homens estimáveis; minha observação não aponta pois para a condição em si mesma, mas para o vazio que esta condição pode deixar no professor, se este não puder preenchê-lo por si mesmo?.
Na obra O Evangelho Segundo o Espiritismo, publicada em abril de 1864, percebe-se que Kardec se mantêm coerente com esse pensamento, quando define o homem de bem: ?O homem de bem é bom, humano e benevolente para com todos, sem distinção de raças, nem de crenças, porque em todos os homens vê irmãos seus?.
Diante de pensamento tão claro, somente por absoluta falta de conhecimento ou, quem sabe, por má-fé mesmo, pode-se atribuir a Kardec um caráter racista, é o que se demonstrará na presente obra: Racismo em Kardec?

Detalhes do produto

  • Formato: eBook Kindle
  • Tamanho do arquivo: 699.0 KB
  • Número de páginas: 383 páginas
  • Editora: GEEC Publicações; Edição: 1 (18 de agosto de 2014)
  • Vendido por: Amazon Servicos de Varejo do Brasil Ltda
  • Idioma: Português
  • ASIN: B00O5B2ZLM
  • Dicas de vocabulário: Não habilitado
  • Configuração de fonte: Habilitado
  • Avaliação média: Seja o primeiro a avaliar este item
  • Lista de mais vendidos da Amazon: #97,418 entre os mais vendidos na Loja Kindle (Conheça os 100 mais vendidos na Loja Kindle)

Avaliação de clientes

Ainda não há avaliações de clientes para este título.
Compartilhe seus pensamentos com outros clientes
click to open popover

Onde está meu pedido?

Frete e devoluções

Precisa de ajuda?