R$ 107,91
  • Preço sugerido: R$ 119,90
  • Você economiza: R$ 11,99 (10%)
Em estoque.
Enviado e vendido por Amazon.com.br. Embalagem para presente disponível.
Outros vendedores na Amazon
Adicionar ao carrinho
R$ 91,12
+ Frete calculado na finalização do pedido
Vendido por: LT2 SHOP
Virar para trás Virar para a frente
Ouvir Reproduzindo... Pausado   Você está ouvindo uma amostra da edição em áudio do Audible.
Saiba mais
Ver todas as 11 imagens

Reconquista. A Trajetória do Tricampeonato da América (Português) Capa dura – 27 fev 2018

5.0 de 5 estrelas 1 avaliação de cliente

Ver todos os formatos e edições Ocultar outros formatos e edições
Preço
Novo a partir de Usado a partir de
Capa dura, 27 fev 2018
R$ 107,91
R$ 91,12
Em até 3x R$ 35,97 sem juros Calculadora de prestações
Você poderá escolher o número de parcelas na hora de fechar a compra.
Prazo Valor Mensal (R$) Total (R$)
2x sem juros R$ 53,96 R$ 107,91
3x sem juros R$ 35,97 R$ 107,91
click to open popover

Faça download dos Aplicativos de Leitura Kindle Gratuitos e comece a ler eBooks Kindle nos mais populares smartphones, tablets e computadores pessoais. Para enviar o link de download para seu smartphone por SMS, use o formato internacional sem espaços (Código Internacional+DDD+Número. Exemplo: +551199999999)

  • Apple
  • Android
  • Windows Phone
  • Android

Para receber o link de download digite seu celular:



Livros em Oferta
Livros em Oferta
Todos os dias, novos livros com desconto. Confira todos aqui.

Detalhes do produto


Descrições do Produto

Resenha Especializada

DUDA GARBI - Foram 15 longos anos esperando um grande título. Um título do qual pudéssemos ter orgulho e que acabaria com uma seca que parecia infinita. Nós gremistas, que vimos André Catimba terminar com uma sequência histórica de Gauchões do rival, sentimos pela primeira vez o gostinho de sermos os melhores do Brasil, em 1981, com um golaço abençoado por Deus, viramos donos da América e do mundo com a turma do De León e do Renato em 1983, fomos contra tudo e contra todos sob a batuta do Felipão, jogamos o mais lindo 3-5-2 do país com Tite, Zinho e Marcelinho Paraíba. Nós, isso mesmo, nós, mesmo após tudo isso, chegamos a pensar que nunca mais ganharíamos um grande título. Caímos, subimos, fomos vice do Brasileiro, vice da Libertadores, batemos na trave várias vezes e nada. Nada de o caneco aparecer. Em meio ao jejum, construímos uma imponente Arena, onde depositamos todas as nossas fichas para reconquistar as glórias. Mudamos da Azenha pro Humaitá. Tchau, Velho Casarão de tantas histórias. Era preciso se modernizar e assim se fez. Logo no primeiro ano contratamos inúmeros jogadores achando que os que vêm de fora podiam resolver nossos problemas. Que nada! A história do Grêmio mostra que goleiro e camisa 7 a gente fabrica dentro de casa. Saiba que neste momento estou escrevendo a bordo de um dos maiores aviões do mundo, rumando a Dubai, nos Emirados Árabes Unidos, onde vamos jogar o Mundial de Clubes da FIFA, novamente em busca de um mundial. Parece sonho, mas não é. Saiba que neste momento somos Tricampeões da América. Saiba que cada segundo desses 15 anos valeu a pena depois que a história colocou Marcelo Grohe, menino criado no Grêmio, a defender o pênalti do goleiro Weverton, do Atlético Paranaense, que nos deu a classificação para a semifinal da Copa do Brasil de 2016 e abriu o caminho para o Penta, que, por sua vez, abriu caminho para o Tri da América. Neste livro, que posso chamar de um precioso documento, meu amigo Léo Gerchmann registra de forma emocionante a trajetória do Grêmio para o Tri da Libertadores da América de 2017. O fotógrafo Lucas Uebel traz belíssimas imagens inéditas, que se misturam a dados, depoimentos e fichas técnicas. Portanto, amigo gremista, arrume um lugar de destaque na sua coleção, pois a Era de novas conquistas e livros pode estar só começando.

Sobre o Autor

Formado em Jornalismo pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) e em Direito pela Pontifícia Universidade Católica (PUCRS), o jornalista e escritor Léo Gerchmann, 53 anos (11/7/1964), é autor dos livros "Coligay - Tricolor e de todas as cores", "Somos azuis, pretos e brancos" e "Viagem à alma Tricolor em 7 epopeias", além do infantil “Meu pequeno imortal”.. Passou por redações como a da revista Placar e trabalhou durante 11 anos no jornal Folha de S.Paulo, do qual foi correspondente em Buenos Aires de 1997 a 1998. Até recentemente, era repórter especial do jornal Zero Hora, onde trabalhou durante 13 anos. Entre outras coberturas internacionais, fez a da Copa do Mundo da França, em 1998, eleições em países sul-americanos, a histórica crise argentina de 2001, a abertura dos "arquivos do terror", que comprovaram a existência da Operação Condor, no Paraguai. Foi autor de diversas entrevistas com grandes personalidades internacionais e, nos últimos seis anos, esteve quatro vezes na Venezuela para grandes reportagens de fôlego sobre a profunda crise vivida neste país sul-americano. Lucas Uebel - fotografo.

Avaliação de clientes

Compartilhe seus pensamentos com outros clientes
Ver todas as 1 avaliações dos clientes

Principais avaliações de clientes

15 de abril de 2018
Compra verificada

Onde está meu pedido?

Frete e devoluções

Precisa de ajuda?