R$ 27,00
  • Preço de capa: R$ 45,00
  • Você economiza: R$ 18,00 (40%)
Frete GRÁTIS em pedidos a partir de R$ 99 para as regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste e a partir de R$ 139 para Norte e Nordeste.
Em estoque.
Enviado e vendido por Amazon.com.br.
Virar para trás Virar para a frente
Ouvir Reproduzindo... Pausado   Você está ouvindo uma amostra da edição em áudio do Audible.
Saiba mais
Ver todas as 2 imagens

O Sol É Para Todos (Português) Capa comum – 15 mai 2015

4.7 de 5 estrelas 106 avaliações de clientes

Preço: R$ 27,00
 
Ver todos os 2 formatos e edições Ocultar outros formatos e edições
Preço da Amazon
Capa comum
"Tente novamente"
R$ 27,00

Leia Enquanto Enviamos
Leia Enquanto Enviamos
Compre e comece a ler a amostra digital deste livro enquanto espera ele chegar. Saiba mais aqui.
click to open popover

Frequentemente comprados juntos

  • O Sol É Para Todos
  • +
  • Admirável Mundo Novo
  • +
  • Fahrenheit 451
Preço total: R$ 75,17
Compre os itens selecionados juntos

Faça download dos Aplicativos de Leitura Kindle Gratuitos e comece a ler eBooks Kindle nos mais populares smartphones, tablets e computadores pessoais. Para enviar o link de download para seu smartphone por SMS, use o formato internacional sem espaços (Código Internacional+DDD+Número. Exemplo: +551199999999)

  • Apple
  • Android
  • Windows Phone
  • Android

Para receber o link de download digite seu celular:



eBooks na Loja Kindle
eBooks em oferta na Loja Kindle
Todos os dias, novos eBooks com desconto. Vem.

Detalhes do produto

  • Capa comum: 364 páginas
  • Editora: José Olympio (15 de maio de 2015)
  • Idioma: Português
  • ISBN-10: 8503009498
  • ISBN-13: 978-8503009492
  • Dimensões do produto: 22,6 x 15 x 2,4 cm
  • Peso do produto: 358 g
  • Avaliação média: 4.7 de 5 estrelas  Ver todas as análises (106 avaliações de clientes)
  • Lista de mais vendidos da Amazon: no. 83 em Livros (Conheça o Top 100 na categoria Livros)

Quais outros itens os consumidores compraram após visualizar este item?

Avaliação de clientes

Principais avaliações de clientes

Por Vinicius Linné AVALIADOR TOP 100 em 28 de agosto de 2015
Formato: Capa comum Compra verificada
Não sei vocês, mas eu sempre acreditei que cada livro só é lido no momento certo. Este eu esperei por algum tempo. Ou ele estava indisponível, ou esgotado, ou fora de catálogo.... Há algumas semanas, finalmente, as estrelas necessárias se alinharam e lá estava ele, pronto para ser meu. A princípio pensei que demora fosse para eu poder ter essa edição da José Olympio, que está linda. Mas ontem, à uma hora da manhã, enquanto concluía a leitura com nós d'água nos olhos, descobri que a demora foi de outra ordem.

Algumas resenhas apontam que o tema do livro é o preconceito. Outras, que são as falhas do sistema judiciário. Não estão erradas, tampouco corretas. O livro é sobre ambos os assuntos, verdade, mas seu mote é outro, completamente outro: a complexa e delicada relação entre filhos e pais.

Foi esse o momento certo de ler, porque esse é o momento certo de pensar sobre o tipo de pai que eu quero me tornar. Emocionado, descobri que eu quero ser metade do que é Atticus Finch, pai da narradora. Se eu conseguir isso, tenho certeza de que meu papel já estará cumprido, de que eu conseguirei ensinar ao meu filho (ou à minha filha) a tolerância em um mundo cujos pilares são o ódio. Tenho certeza de que eu conseguirei ensinar o que é respeito, o que é delicadeza, o que é sensibilidade e o principal hoje, me parece: o que é empatia. "Atticus tinha razão. Uma vez ele disse que a gente só conhece uma pessoa de verdade quando se coloca no lugar dela e fica lá um tempo." Alguém que consegue, pelo seu exemplo, ensinar isso a um filho é, de verdade, um Pai.
Saiba mais ›
67 pessoas acharam isso útil. Esta avaliação foi útil para você? Sim Não Enviando feedback...
Agradecemos pelos seus comentários.
Desculpe, o registro do seu voto falhou. Tente novamente
Informar abuso
Por Flávia Carvalho AVALIADOR TOP 500 em 29 de março de 2016
Formato: Capa comum Compra verificada
Me encantei por este livro.
Acho que ele tem um conteúdo que vai além do que está em sua descrição.
Não se trata somente um livro com uma história sobre um advogado que vai defender um negro no tribunal, como assim relatam a maioria das pessoas.
Este livro, apesar de antigo e com uma história que trata de uma época mais antiga ainda, possui um conteúdo atual e de extrema importância.
Ele relata sobre relação e educação de pais e filhos, fala sobre respeito, individualidade e muito mais.
Um livro que realmente deveria ser lido por todas as pessoas.
Respeito quem não gostou deste livro, ou que achou os relatos muito infantis. Mas acredito, que o mundo em que vivemos está cada dia mais apressado e corrompido e assim não temos mais tempo de olhar para os outros de maneira respeitosa e como seres humanos, o que faz com que, na maioria das vezes, podemos não parar para pensar nas pequenas coisas da vida e dar valor a elas.
E até mesmo em uma leitura, esse sentimento pode passar despercebido.
7 pessoas acharam isso útil. Esta avaliação foi útil para você? Sim Não Enviando feedback...
Agradecemos pelos seus comentários.
Desculpe, o registro do seu voto falhou. Tente novamente
Informar abuso
Por Leila Gonçalves AVALIADOR Nº 1 em 13 de junho de 2015
Formato: Capa comum Compra verificada
Lançado em 1960, "O Sol é Para Todos" ou "To Kill a Mockingbird" é um romance de formação com inspiração gótica escrito por Harper Lee. Apresentando traços autobiográficos, sua história foi inspirada num fato verídico, um erro da Justiça, ocorrido em 1936, quando a autora estava com apenas dez anos de idade.

Seu protagonista é Aticcus Finch, um advogado de prestígio, incumbido pelo xerife de Maycomb, no Alabama, para defender um negro, Tom Robinson, acusado de estuprar uma mulher branca, Mayella Ewell. Enfurecido, o pai da jovem está disposto a tudo para acabar com a vida do acusado dentro ou fora dos tribunais, enquanto que Finch defende com veemência a inocência do cliente, atraindo a incompreensão de boa parte dos moradores cuja opinião é fundamentada unicamente pela questão racial.

Em síntese, Aticcus exibe a imagem do herói na defesa dos oprimidos, transmitindo integridade e angariando a simpatia do leitor. Viúvo, é um pai compreensivo que jamais faz uso da violência para punir os filhos, ensinando-lhes bom senso e respeito ao próximo, ao mesmo tempo que tenta poupá-los da maldade do mundo. Aliás, um de seus conselhos pontua a narrativa: "Você nunca entende realmente uma pessoa até ver as coisas de acordo seu ponto de vista. Até estar na sua pele e sentir o que ela sente."

Quem narra o romance é Jean Luise ou simplesmente Scout, sua filha caçula já adulta. No entanto, os acontecimentos são filtrados através do olhar da menina que os presenciou, garantindo leveza e até mesmo um toque de humor para tratar de um assunto dramático.
Saiba mais ›
29 pessoas acharam isso útil. Esta avaliação foi útil para você? Sim Não Enviando feedback...
Agradecemos pelos seus comentários.
Desculpe, o registro do seu voto falhou. Tente novamente
Informar abuso
Formato: Capa comum Compra verificada
O Sol é Para Todos é um livro bastante querido e considerado clássico da literatura norte-americana, o primeiro saiu na década de 60 e recentemente foi relançado em um linda nova edição, junto com outro livro da mesma autora "Vá, e Coloque um Vigia" que eu também estou curiosa pra ler.
Este livro trás inúmeros temas interessantes e pesados, mas que se tornam mais fluídos por serem narrados a partir do ponto de vista de Scout Finch, uma garotinha que cresce alguns anos ao longo da história.
Primeiro para entender os temas abordados temos de dizer que a história se passa em uma cidadezinha no sul dos EUA, mais especificamente no estado do Alabama, isso já diz muita coisa pela própria historia de colonização dos Estados Unidos que no norte foi mais liberal baseada na pequena propriedade e no sul fez uso de mão de obra escrava em grandes propriedades agrícolas, principalmente nas plantações de algodão, o que levou a um preconceito racial muito mais forte nessa região, existem inclusive muitos filmes que retratam esse cenário.
Enfim, a pequena Scout e seu irmão mais velho Jem são filhos do advogado da cidade Atticus Finch, que os cria sozinho, por essa razão a garotinha tem comportamentos e liberdades não habituais para a época. Há na cidadezinha um certo padrão em cada família. Há ainda a questão de Dill e sua configuração familiar.
Saiba mais ›
3 pessoas acharam isso útil. Esta avaliação foi útil para você? Sim Não Enviando feedback...
Agradecemos pelos seus comentários.
Desculpe, o registro do seu voto falhou. Tente novamente
Informar abuso

Avaliações mais recentes de clientes


Procure por itens similares por categoria