Faça download dos Aplicativos de Leitura Kindle Gratuitos e comece a ler eBooks Kindle nos mais populares smartphones, tablets e computadores pessoais. Para enviar o link de download para seu smartphone por SMS, use o formato internacional sem espaços (Código Internacional+DDD+Número. Exemplo: +551199999999)

  • Apple
  • Android
  • Windows Phone
  • Android

Para receber o link de download digite seu celular:

Preço digital sugerido: R$ 34,50
Preço Kindle: R$ 31,40

Economize
R$ 26,50 (46%)

OU

Essas promoções serão aplicadas a este item:

Algumas promoções podem ser combinadas; outras não são elegíveis. Para detalhes, por favor, acesse os Termos e Condições dessas promoções.

Entregar no seu Kindle ou em outro dispositivo

Entregar no seu Kindle ou em outro dispositivo

Anúncio do aplicativo do Kindle

Veneno remédio – O futebol e o Brasil eBook Kindle

5.0 de 5 estrelas 1 avaliação de cliente

Ver todos os 2 formatos e edições Ocultar outros formatos e edições
Preço
Novo a partir de Usado a partir de
eBook Kindle
"Tente novamente"
R$ 31,40

Número de páginas: 448 páginas Configuração de fonte: Habilitado Page Flip: Habilitado
Idioma: Português

Novidades da Loja Kindle
Novidades da Loja Kindle
eBooks novos para sua biblioteca digital. Veja aqui

Descrições do Produto

Descrição do produto

Os estudos de grande abrangência sobre o futebol, ao abordar as questões políticas, sociais, econômicas e comportamentais em torno do esporte, costumam deixar de lado o essencial: o jogo em si, aquilo que faz dele uma atividade capaz de apaixonar bilhões de pessoas dos mais remotos cantos do mundo. O futebol, tal como foi incorporado e praticamente reinventado no Brasil, tem muito a dizer, com sua linguagem não-verbal, sobre algumas de nossas forças e fraquezas mais profundas, ajudando a ver sob outra luz questões centrais da nossa formação e identidade. Temas recorrentes na melhor ensaística brasileira, como a "democracia racial", o "homem cordial" e a deglutição antropofágica do influxo cultural estrangeiro, encontram aqui um viés inesperado e original como um corta-luz, um drible de corpo, um lançamento com efeito ou uma folha-seca - jogadas que os craques brasileiros inventaram ou desenvolveram, encontrando novos caminhos para chegar ao gol e à vitória. Lançando mão de um sofisticado instrumental crítico que bebe na filosofia, na sociologia, na psicanálise e na crítica estética, José Miguel Wisnik desce às minúcias do jogo da bola e de sua evolução ao longo das décadas. Nas páginas deste ensaio, craques como Domingos da Guia, Pelé, Garrincha e Romário põem à prova, com sua linguagem não-verbal, idéias sobre o país de escritores como Machado de Assis, Mário e Oswald de Andrade, sociólogos como Gilberto Freyre, historiadores como Sérgio Buarque de Holanda e Caio Prado Júnior. O futebol, em Veneno remédio, não é mero "reflexo" da sociedade, mas tampouco se desenvolve à margem dela. É, como mostra Wisnik, uma instância em que as linhas de força e de fuga do embate social e da construção do imaginário se apresentam de modo ao mesmo tempo claro e cifrado, como costuma acontecer com as expressões artísticas.

Detalhes do produto

  • Formato: eBook Kindle
  • Tamanho do arquivo: 2123 KB
  • Número de páginas: 446 páginas
  • Editora: Companhia das Letras (26 de maio de 2013)
  • Vendido por: Amazon Servicos de Varejo do Brasil Ltda
  • Idioma: Português
  • ASIN: B00IO2XOVS
  • Dicas de vocabulário: Não habilitado
  • Leitor de tela: Compatível
  • Configuração de fonte: Habilitado
  • Avaliação média: 5.0 de 5 estrelas 1 avaliação de cliente
  • Lista de mais vendidos da Amazon: #70,073 entre os mais vendidos na Loja Kindle (Conheça os 100 mais vendidos na Loja Kindle)

Avaliação de clientes

5 estrelas
1
4 estrelas
0
3 estrelas
0
2 estrelas
0
1 estrela
0
Veja todas as avaliações de consumidores
Compartilhe suas ideias com outros clientes

Principais avaliações de clientes

Por Luisa Melo em 30 de junho de 2014
Formato: eBook Kindle Compra verificada
Bom aproveitamento de bibliografia prévia sobre futebol. Percepção definitiva dos motivos pelos quais o futebol brasileiro se torna expressão de nossa nacionalidade, ao se tornar hegemônico pela incorporação da inteligência de corpo do negro e do mestiço, formadores da nação, segundo o mito das três raças. A inusitada comparação do futebol com o emplastro Brás Cubas é genial, e esclarecedora do ethos brasileiro.
2 pessoas acharam isso útil. Esta avaliação foi útil para você? Sim Não Enviando feedback...
Agradecemos pelos seus comentários.
Desculpe, o registro do seu voto falhou. Tente novamente
Informar abuso
click to open popover