Indicações Amazon: confira nossas recomendações de Maio

Dos lançamentos aos imperdiveis, confira nossa seleção dos melhores livros de Maio.

"Este livro é um silêncio. Este livro é uma pergunta."

Um dos livros mais sociais de Clarice Lispector, narrado por Rodrigo S. M., escritor fictício e personagem, conta a história da datilógrafa nordestina Macabéa. Desde o começo ele já anuncia a tragédia do fim e oscila o tempo entre amor e ódio, objetividade e subjetividade, culpa e raiva.

Para entender que pergunta o livro faz, esta edição do 40º aniversário de publicação traz 6 ensaios, fotos dos manuscritos com comentários de Paloma Vidal (inéditos) e um projeto gráfico à altura da autora, que dispensa apresentações.

“Escravidão é um pecado quando os brancos são os oprimidos, mas não os africanos. Todos os homens são criados iguais, a não ser que nós decidamos que você não é um homem.”

Ganhador do prêmio Pulitzer em Ficção, Underground Railroad: Os Caminhos para a Liberdade nos leva a conhecer Cora, uma jovem escrava de uma plantação da Geórgia no auge da era escravista americana; o livro é envolvente do começo ao fim, e o embasamento histórico é impressionante – e chocante. Cora vive uma aventura pelos estados americanos, fugindo de seu antigo dono e presenciando o brutal tratamento a que os escravos eram submetidos no século XIX, pouco antes da abolição.

O livro, que conquistou personalidades notáveis como Oprah Winfrey e Barack Obama, é indipensável para tanto aqueles que já estudaram o período histórico, ou que o desejam conhecer.

"Ele sugeriu uma nova definição para o nerd: uma pessoa que conhece sua própria cabeça o suficiente para não confiar nela."

O Projeto Desfazer traz uma nova perspectiva para os seguidores da economia comportamental. O livro traz dúvidas sobre como você percebe pessoalmente a realidade e ao mesmo tempo, a história dos psicólogos israelenses Amos Tversky e Daniel Kahneman, traz uma saga intelectual sobre das descobertas mais sutis do intelecto humano. O livro surpreende positivamente e não decepciona os leitores de livros como Moneyball e Freakanomics.

“Flagrante, impiedoso, furtivo, de atroz inclemência,

Seu mortífero crime - A Nêmesis da negligência”

Alan Moore (Watchmen, V de Vingança) e Eddie Campbell ressuscitam a história de Jack, o Estripador, um dos primeiros serial killers modernos. Perseguido pela Scotland Yard e pela imprensa (que lhe deu o apelido), o responsável pelos crimes que chocaram a Londres de 1880 nunca foi pego. No entanto, a graphic novel é mais que um suspense policial.
A partir de muita (e visível) pesquisa, os autores mostram a virada do século 20 na periferia de Londres de forma realista, com prostitutas, antissemitismo e maçonaria, e expõem que os assassinatos de Ripper foram como um resumo apocalíptico da época vitoriana e um mau presságio dos horrores do século 20.
Ganhadora de vários prêmios Eisner, a graphic novel vem nesta edição em capa dura com 592 páginas e inclui 2 apêndices: comentários por capítulo e um capítulo extra.

Indicações de Categorias

Indicações Quatro Cinco Um

Sobre a Quatro Cinco Um