Faça download dos Aplicativos de Leitura Kindle Gratuitos e comece a ler eBooks Kindle nos mais populares smartphones, tablets e computadores pessoais. Para enviar o link de download para seu smartphone por SMS, use o formato internacional sem espaços (Código Internacional+DDD+Número. Exemplo: +551199999999)

  • Apple
  • Android
  • Windows Phone
  • Android

Para receber o link de download digite seu celular:

Preço Kindle: R$ 27,90

Economize
R$ 12,00 (30%)

OU

Essas promoções serão aplicadas a este item:

Algumas promoções podem ser combinadas; outras não são elegíveis. Para detalhes, por favor, acesse os Termos e Condições dessas promoções.

Entregar no seu Kindle ou em outro dispositivo

Entregar no seu Kindle ou em outro dispositivo

Anúncio do aplicativo do Kindle

A febre do amanhecer: Uma história de amor depois da tragédia da guerra eBook Kindle

3.9 de 5 estrelas 3 avaliações de clientes

Ver todos os 2 formatos e edições Ocultar outros formatos e edições
Preço
Novo a partir de Usado a partir de
eBook Kindle
"Tente novamente"
R$ 27,90

Número de páginas: 248 páginas Configuração de fonte: Habilitado Page Flip: Habilitado
Idioma: Português

Novidades da Loja Kindle
Novidades da Loja Kindle
eBooks novos para sua biblioteca digital. Veja aqui

Descrições do Produto

Descrição do produto

Uma comovente e divertida história de amor entre dois sobreviventes do Holocausto baseada em fatos reais.

Julho de 1945. Miklos é um jovem húngaro de 25 anos que sobreviveu ao campo de concentração e foi levado para a Suécia para recuperar a saúde. Mas logo os médicos o desenganam: ele tem os pulmões comprometidos e conta com poucos meses de vida. Miklos, porém, tem outros planos. Ele não sobreviveu à guerra para morrer num hospital. Após descobrir o nome de 117 jovens húngaras que também se encontram em recuperação na Suécia, ele escreve uma carta a cada. Uma delas, ele tem certeza, se tornará sua esposa.
Em outra parte do país, Lili lê a carta de Miklos e decide responder. Pelos próximos meses, os dois se entregam a uma correspondência divertida, inusitada, cheia de esperança. Baseado na história real dos pais do autor, A febre do amanhecer é um romance vibrante e inspirador sobre a vontade de amar e o direito de viver.

Detalhes do produto

  • Formato: eBook Kindle
  • Tamanho do arquivo: 1897 KB
  • Número de páginas: 190 páginas
  • Editora: Companhia das Letras (27 de março de 2017)
  • Vendido por: Amazon Servicos de Varejo do Brasil Ltda
  • Idioma: Português
  • ASIN: B06X1CP55L
  • Dicas de vocabulário: Não habilitado
  • Leitor de tela: Compatível
  • Configuração de fonte: Habilitado
  • Avaliação média: 3.9 de 5 estrelas 3 avaliações de clientes
  • Lista de mais vendidos da Amazon: #10,591 entre os mais vendidos na Loja Kindle (Conheça os 100 mais vendidos na Loja Kindle)

Avaliação de clientes

5 estrelas
2
4 estrelas
0
3 estrelas
0
2 estrelas
1
1 estrela
0
Ver todas as 3 avaliações dos clientes
Compartilhe suas ideias com outros clientes

Principais avaliações de clientes

Por Portal Julund AVALIADOR TOP 50 em 17 de maio de 2017
Formato: Capa comum
Quem nunca ouviu bela história de amor e pensou “Nossa dava um livro”… Gárdós foi fruto de uma dessas histórias. E resolveu contar para o mundo o que os pais tinham colocado em cartas anos atras.

“- Qual é mesmo sua profissão, Miklos?
– Eu fui jornalista. E poeta.
– Ah, um engenheiro de alma. “

No meio do asfalto pode nascer uma flor, é só existir uma semente persistente. Bom Miklos é persistente.

“Vinte cinco anos e tanta, tanta coisa ruim. Eu não tenho como me lembrar de uma bela vida familiar harmoniosa: não faz parte de minha história. Talvez seja por isso que eu procure por uma tão desesperadamente…”

Com uma expectativa de seis meses de vida e em meio ao caos, Miklos decide encontrar uma parceira, alguém que faça o fardo ser menor ou ao menos esquecido por alguns minutos.

“O médico não tinha certeza se ele havia entendido o diagnóstico, se captaram a mensagem.
Ao meu pai, o tempo interessava menos do que outras questões mais importantes, como a sua vida. “

Cento e dezessete cartas, e entre elas uma endereçada a Lili Reich, uma jovem de 18 anos. Todas com a mesma mensagem.

“Tenho a impressão, pelo nome e pela idade, que a conheço “

A cantada é de pedreiro, mas funciona em alguns casos até hoje, rs.

“- E agora vai trocar cartas com as dezoitos?
Meu pai cutucou o bolso no qual escondera a carta.
– Ela é a verdadeira.
– Como você sabe?
– Apenas sei. “

Para quem nunca trocou cartas não sabe a demora e a agonia que é, mil vezes pior que esperar o carteiro chegar com seus livros. Agora imagina isso no pós-guerra, a demora.
Saiba mais ›
1 pessoa achou isso útil. Esta avaliação foi útil para você? Sim Não Enviando feedback...
Agradecemos pelos seus comentários.
Desculpe, o registro do seu voto falhou. Tente novamente
Informar abuso
Por Luciano Lopes AVALIADOR TOP 100 em 11 de julho de 2017
Formato: Capa comum
A forma como a obra foi composta é interessante, mas não emplaca.

Peter Gárdós, o autor, é filho de um sobrevivente da II Guerra. Ele recebeu cartas que seu pai escrevia para se corresponder com sua grande paixão. Essas cartas foram entregues a ele após a morte de seu pai. A partir daí, o autor busca mais informações sobre essa paixão e resolve escrever a obra.

No entanto, não achei uma grande história. Não prendeu minha atenção. (Emprestei para uma amiga que teve a mesma sensação). Acabei por concluir o livro pois tive a curiosidade em saber como ocorre o desfecho de tudo. Sem dúvida é uma estória de superação. Mas achei que encontraria aqui uma estória singular e com personagens cativantes. Mas os protagonistas não me encantaram em momento algum, muito pelo contrário.

A leitura é fluida e há muitos diálogos, mas a estória não é tão boa assim. Um leitor voraz não demorará para concluir a leitura deste livro.
Esta avaliação foi útil para você? Sim Não Enviando feedback...
Agradecemos pelos seus comentários.
Desculpe, o registro do seu voto falhou. Tente novamente
Informar abuso
Por Beta Oliveira em 20 de junho de 2017
Formato: Capa comum
Cartas revelam como dois jovens húngaros sobreviventes praticamente desenganados da II Guerra se conheceram e se apaixonaram na Suécia. Parece ficção, mas aconteceu de verdade. Não conhecia o livro e me vi encantada pela história real - contada a partir das cartas de Miklos e Lily -
que mostra que o amor realmente opera milagres. E justo após um período histórico onde eles não tinham razões para acreditar na humanidade, quanto mais em dias melhores. Incrível.
Esta avaliação foi útil para você? Sim Não Enviando feedback...
Agradecemos pelos seus comentários.
Desculpe, o registro do seu voto falhou. Tente novamente
Informar abuso
click to open popover

Procure por itens similares por categoria