Avaliações dos clientes

12 de julho de 2016
Zeca é um ex-cineasta marginal, sexualmente compulsivo, viciado, divorciado e sem um tostão no bolso.
A balada do livro segue a do protagonista, uma bomba-relógio, tragédia anunciada nas primeiras linhas, com boas passagens eróticas, e estruturalmente bem marcado. A narrativa prende, mesmo quando você para (e eventualmente você para) de levar livro e protagonista a sério.
Vale a leitura, enquanto entretenimento. Serve também enquanto retrato de uma São Paulo corroída, da boca do lixo, ainda que enquanto tipo ideal. Para os que gostam de literatura erótica, é um prato cheio.
3 pessoas acharam isso útil
0Comentar Informar abuso Link permanente

Detalhes do produto

4,3 de 5 estrelas
16
R$29,90