Avaliações dos clientes

23 de outubro de 2019
Dei de presente para uma amiga e ela fez a resenha no Instagram @skoobdooliterario. Adicionem para mais resenhas.

Aos noventa anos ela ainda dá conta do ofício, exalta a arte e denuncia a situação precária da cultura teatral do país. O livro de memórias "Prólogo, Ato e Epílogo", de Fernanda Montenegro - presente muito especial de @jrfornazi - destaca a pluralidade de encenações, a valorização dos artistas e a criatividade em meio ao caos. Fernanda é atriz de TV, do Teatro e do Cinema, alcançando tantos prêmios que não há como enumerar num espaço tão restrito do Instagram. No livro com memórias cronológicas e pinceladas no cenário político de cada década, ela nos conta sobre sua origem, a vida difícil e honesta de seus pais, a escolha em seguir a carreira artística, o grande e único amor de sua vida Fernando Torres e sua convivência com seus filhos Cláudio e Fernanda (a quem se refere como Nanda) - que diga-se de passagem, é minha atriz favorita e escritora gabaritada. Não tinha como essa receita de bolo sair errada, nem como eu não me apaixonar e admirar ainda mais a criatura sensível chamada Fernanda Montenegro. E menos ainda, não cair no clichê de intitulá-la - bem ao estilo Faustão - de "MONSTRO SAGRADO". Ela é um fenômeno em todo projeto que se propõe a fazer e agora é a mais nova escritora da Praça. Em seu último trabalho sobre um palco, a atriz faz a leitura de crônicas que organizou com base no livro "Nelson Rodrigues por ele mesmo", de Sônia Rodrigues, onde fecha a leitura com a frase " Aprendi a ser o máximo possível de mim mesmo". Ela é o MÁXIMO! Obs: edição caprichada, letras grandes e confortáveis, ilustrações e fotos inéditas. Um deleite para fãs e curiosos. "No palco, atingir o impensável é fundamental. Essa é a batalha". (Fernanda Montenegro)
0Comentar Informar abuso Link permanente

Detalhes do produto

4,7 de 5 estrelas
156 classificações de cliente
R$22,40