Avaliações dos clientes

3 de outubro de 2016
A história é narrada em primeira pessoa, pelo próprio David Copperfield. Durante toda a sua infância ele é protagonista de todos os eventos, geralmente infelizes, o que resultou em muitas lágrimas. Com o passar dos anos, outros personagens vão tomando conta do enredo, todos diretamente ligados à vida de David, e embora ele seja o narrador e protagonista, nessa fase ele é mais um observador e aprendiz dos acontecimentos. Resumidamente, é um livro que trata do amor. É muito fácil se apaixonar por todos eles (e odiar alguns outros).

É um livro extenso, com 1.312 páginas na sua versão física. Não existe um acontecimento extraordinário que cerca o enredo do livro e talvez por isso não agrade a muitas pessoas. Para os que têm um pé atrás com clássicos, podem ficar tranquilos: é uma leitura fluida, bem gostosa, sem digressões. Me peça para definir David Copperfield em poucas palavras, e eu te digo: é uma história para transbordar o coração. Acompanhar a trajetória de David desde o seu nascimento, passando por sua infância e adolescência, até sua idade madura, colhendo os frutos do sucesso como um grande escritor, foi uma experiência sem igual para mim. Uma prova de que o mundo não precisa entrar em apocalipse ou ser invadido por alienígenas e vampiros para se obter um livro maravilhoso. É uma história simples e contada de forma que nos coloca em reflexão a respeito de pequenos e grandes valores da vida.
Um plus: é considerado o livro preferido de Charles Dickens. Eu ainda não tenho tanto conhecimento de sua obra, mas já o considero um dos meus livros do coração. Leria
mais 1.312 páginas, feliz.
8 pessoas acharam isso útil
0Comentar Informar abuso Link permanente

Detalhes do produto

4,4 de 5 estrelas
17