Avaliações dos clientes

19 de novembro de 2016
Um dos melhores romances de Bernardo Carvalho, "Nove noites" conta a história do antropólogo americano Buell Quain, que se suicidou de forma brutal e misteriosa no Brasil, onde estudava o povo Krahô. Teria ele se matado por causa de uma doença terminal? Teria sido assassinado? O engenheiro que passara as "nove noites" com o antropólogo, o quanto ele pode revelar, décadas depois da morte? Boa parte das circunstâncias do caso não são conhecidas, e a imaginação ficcional do autor pôde com brilhantismo atravessar a linha entre invenção e realidade. O conflito entre culturas (Quain sentia-se superior aos brasileiros, e foi trabalhar com um povo indígena), a mobilidade incessante (o narrador também viaja entre os hemisférios) e a homossexualidade (não só do personagem principal), questões que aparecem em outros livros de Bernardo Carvalho, são importantes aqui também. Durante a leitura, começamos a desconfiar: o narrador realmente conta a verdade? Que implicação ele tem no caso?
6 pessoas acharam isso útil
0Comentar Informar abuso Link permanente

Detalhes do produto

3,7 de 5 estrelas
14 classificações de cliente
R$29,90