Avaliações dos clientes

10 PRINCIPAIS AVALIADORES
18 de fevereiro de 2019
John Douglas é um visionário na sua área de atuação, que é traçar perfis de psicopatas, para depois entendê-los. Seus métodos se tornaram o cerne para a captura de muitos dos seres humanos mais frios e cruéis que que já existiram, e o livro retrata em detalhes alguns desses casos. O início da obra fala mais da vida pessoal do autor e seus anseios profissionais, desde a infância até sua entrada no FBI, sendo necessária para contextualizar o cenário de assassinatos que se criou na década de 1960.

Seus diálogos frente a frente com assassinos tornou-se um longo e complexo quebra-cabeças para solucionar crimes posteriores de outros psicopatas. Suas metodologias um tanto perigosas faziam de Douglas ao mesmo tempo um estudioso e até um amigo íntimo desses assassinos. O nível de proximidade fazia com que as conversas fluíssem ao nível máximo de detalhes bizarros sobre os assassinatos e as possíveis motivações que levavam esses indivíduos a praticar seus crimes.
review imagereview imagereview imagereview imagereview imagereview imagereview image
11 pessoas acharam isso útil
0Comentar Informar abuso Link permanente

Detalhes do produto

4,6 de 5 estrelas
180 classificações de cliente
R$26,91