amazon-prime-video Baby Beauty Books eBooks Kindle eBooks Kindle Cloud Drive Photos Electronics fashion Fire TV Stick LawnGarden home_improvement home_kitchen Office PC toys VideoGames wireless

Avaliações dos clientes

13 de dezembro de 2016
É uma bela edição e faz valer a expectativa que cercou a tão aguardada publicação da tradução de Barbara Heliodora, que prima pela acessibilidade, evitando um vocabulário tão vasto quanto o usado por Carlos Alberto Nunes em sua versão, e fazendo uso, aqui e ali, de coloquialismos e até de palavrões - se isso é bom ou ruim, vai do gosto do freguês. Nos casos em que reparei enquanto folheava os livros, me pareceu adequado ao contexto. Não vamos nos esquecer de que Shakespeare fazia teatro popular em seu tempo. De duvidoso mesmo, só a opção da tradutora por "você(s)" em lugar de "tu" e "vós", que soa anacrônica e prejudica a imersão nos textos. De qualquer modo, em se tratando dum autor como Shakespeare, a ser lido e relido, é sempre bom contar com mais de uma versão - a de Carlos Alberto Nunes, já consagrada, pode ser encontrada em sebos, e a Penguin Companhia tem publicado as peças em volumes avulsos, com tradutores diferentes -, ou então encará-lo no original.

A edição em si é muito bonita. Diferente das publicações antigas da Aguilar, em formato pequeno e com letra miúda, esta é de tamanho generoso, com fonte grande, margens fartas - enfim, bastante agradável de ler. A encadernação, assim como a caixa, parece bem resistente e preparada para durar muitos anos, como se espera duma edição assim.

Só é de se lamentar que a Aguilar não contrate uma gráfica de maior qualidade, porque há muitas folhas fora de esquadro (com o papel-bíblia, é fácil ver os números das páginas seguintes, todos desalinhados). O corte das páginas também está longe de ser perfeito, e o leitor precisará "soltar" várias folhas que vêm mal cortadas.

Até aí, são problemas toleráveis, embora inconvenientes, mas há piores.

Já sabendo dos problemas experimentados por quem comprou as obras completas do Machado de Assis pela mesma editora (é só ir à página do produto aqui na Amazon e ler as resenhas), muni-me de paciência e folheei os três tomos assim que chegaram, conferindo página por página. Não me arrependi: logo no volume 1, das tragédias, percebi quatro páginas faltando (da 1486 pulava para a 1491); e no volume 3, dos dramas históricos, a fita de cetim marca-página veio de tal modo grudada a uma folha que era impossível descolá-la sem rasgar o papel. Solicitei uma troca à Amazon, que me enviou uma substituição já no dia seguinte. Nesta não encontrei problemas.

Fica então o alerta para que o leitor cheque sua edição, para não se deparar com páginas faltando ou trocadas, ou quaisquer outros problemas, bem no meio da leitura, ou quando já for muito tarde para fazer a troca.
324 pessoas acharam isso útil
11 comentário Informar abuso Link permanente

Detalhes do produto

3,8 de 5 estrelas
102
R$219,45+ Frete GRÁTIS em pedidos enviados pela Amazon acima de R$ 99 em livros ou R$ 149 em outros produtos.