Avaliações dos clientes

500 PRINCIPAIS AVALIADORES
17 de agosto de 2017
Trata-se de um pequeno livro integrante de uma série e que, supostamente, faria uma introdução ao pensamento conservador.

No entanto, com exceção do primeiro tema tratado, que vale a pena ler, os demais não guardam muita relação como título da obra, sendo que identifiquei no segundo ensaio uma discreta apologia à monarquia. O que não tem nada demais, apenas foge ao que se poderia esperar.

Portanto quem esperava uma breve introdução ao pensamento conservador vai verificar que apenas o primeiro ensaio pode ser considerado como cumprindo esta finalidade, ao apresentar alguns conceitos importantes, tais como: "O pensamento revolucionário contamina a sociedade com a expectativa insensata da multiplicação de direitos desconectados de obrigações." ou "Direitos esvaziados de obrigações levam à degeneração das tradições herdadas dos nossos ancestrais (deveres para com nós mesmos e nossos semelhantes) e à subsequente derrocada da própria sociedade diante do enfraquecimento das convenções que organizam as relações de autoridade e de convivência humanas."

Nada posso falar sobre os demais livros da série (II e III), pois em função do que encontrei neste primeiro livro decidi não adquiri-los.
8 pessoas acharam isso útil
0Comentar Informar abuso Link permanente

Detalhes do produto

4,0 de 5 estrelas
22 classificações de cliente
R$1,99