Avaliações dos clientes

20 de agosto de 2016
"Sabe o que pensávamos na guerra? Sonhávamos: ‘Bom, rapazes, se sairmos vivos… Como serão felizes as pessoas depois da guerra! Como será feliz, como será bonita a vida. Essas pessoas que tanto sofreram vão ter pena umas das outras. Vão amar. Serão outras pessoas’. Não tínhamos dúvida. Nem um tiquinho.
Meu bem… As pessoas se odeiam tanto quanto antes. Matam de novo. Isso para mim é o mais incompreensível… E quem são? Nós… Somos nós…"

O livro é basicamente um apanhado de relatos de mulheres soviéticas que combateram durante a Segunda Guerra Mundial. Praticamente não lemos as próprias palavras da autora, são várias transcrições de entrevistas que ela realizou nos anos 1980. É extremamente tocante, e oferece uma visão muito diferente daquele conflito: por todas as vozes serem do lado soviético, sendo que estamos acostumados a ouvir as vozes dos Aliados ocidentais; e por todas as entrevistadas serem mulheres, com diversos passados e diversas vivências.
A leitura é muito perturbadora, tocante e viciante, deixando um aperto amargo no peito.
51 pessoas acharam isso útil
0Comentar Informar abuso Link permanente

Detalhes do produto

4,8 de 5 estrelas
125 classificações de cliente
R$30,59