Avaliações dos clientes

500 PRINCIPAIS AVALIADORES
12 de agosto de 2019
"Dragão Negro" é uma fantasia medieval que tem os elementos necessários para prender a atenção do leitor da primeira até sua última página. A trama escrita por Chris Claremont - o roteirista da melhor fase dos X-Men- é envolvente cheia de reviravoltas com alguns lances inesperados e surpreendentes. É muito interessante a maneira como Claremont promove em "Dragão Negro" o encontro de uma personalidade histórica que existiu, a rainha Eleonor de Aquitânia com Morgana Le Fay, uma das figuras míticas de ciclo Arthurianio.
A combinação entre o realismo da ambientação histórica com a atmosfera sobrenatural que é inserida aos poucos na história se dá forma orgânica e bem realizada, tornando-se assim um dos pontos altos dessa obra. Para mim, principalmente neste aspecto "Dragão Negro" é bastante superior "A Marada a mulher lobo", também roterizada por Clarmont e desenhada por John Bolton.
É importante ressalatar que essa graphic novel também é ilustrada por Bolton, na minha opinião um dos grandes artistas gráficos da indústria dos quadrinhos Em "Dragão Negro", Bolton emula o estilo de desenho de Harold Foster -criador de "Princípe Valente", obra com a qual essa hq tem alguns pontos de aproximação. O resultado são ilustrações bastante detalhadas e realistas que contribuem para tornar a história mais interessante.
Mais uma vez a PN caprichou na edição que tem capa dura, com letras em dourado e acabamento em preto. As folhas são boa gramatura e a qualidade de impressão é excelente. Além disso, a hq também tem um glossário que ajuda a entender melhor a trama, e uma galeria de desenhos com as capas originais.
Indico "Dragão Negro" para aqueles que gostam do gênero da fantasia, que aqui tem uma de suas melhores representações em quadrinhos. É uma hq que vale muito a pena ler.
0Comentar Informar abuso Link permanente

Detalhes do produto

4,8 de 5 estrelas
163 classificações de cliente
R$44,90Frete GRÁTIS com o Amazon Prime