amazon-prime-video Baby Beauty Books eBooks Kindle eBooks Kindle Cloud Drive Photos Electronics fashion Fire TV Stick home_improvement home_kitchen Office PC sports videogames wireless

Avaliações dos clientes

500 PRINCIPAIS AVALIADORES
25 de novembro de 2014
Quando comprei o livro imaginava um relato sobre o cotidiano da Casa de Detenção, encontrei muito mais. Os capítulos fizeram lembrar a cidade de São Paulo dos anos 80. Vi nos “carcereiros” histórias conhecidas das pessoas de classe média baixa paulistana, seus valores, sua luta para viver até o jeito dos conhecidos na zona norte da cidade. Os valores que lhes foram ensinados pelos pais, o rigor na educação para ser Homem e a necessidade de ganhar a vida. Ainda que a custa dos “corretivos”, claras transgressões dos direitos humanos, e de dinheiro, o fato é que foram parar lá para (sobre)viver naquela São Paulo cada um por si. Conheci muitos das personagens mencionadas no texto (em particular os advogados, minha profissão), pude intuir até aquelas que não se preferiu citar o nome (diga-se de passagem, por elegância). Sem dúvida, Dráuzio Varella utiliza alguns lugares comuns para realçar qualidades. Estive como estudante de Direito no “Carandiru” e não quis mais voltar era demais e perigoso para os meus vinte anos, ao contrário de Dráuzio Varella, e até hoje sinto aquele alheamento que Dráuzio Varella sente ao conversar com a classe média alta profissionalizada paulistana. Não dá para entender e aceitar tanta exclusão. Quando se pede cadeia, penso o mesmo, quem exige isso não sabe o que é a vida “perto das grades”, difícil até exigir “mais carcereiros”. Livro essencial, deveria ser leitura obrigatória, ao menos nos cursos de ciências sociais aplicadas.
10 pessoas acharam isso útil
0Comentar Informar abuso Link permanente

Detalhes do produto

4,6 de 5 estrelas
68
R$24,01