amazon-prime-video Baby Beauty Books Novo Kindle Paperwhite eBooks Kindle Cloud Drive Photos Electronics fashion Fire TV Stick home_improvement home_kitchen Office PC sports videogames wireless

Avaliações dos clientes

500 PRINCIPAIS AVALIADORES
7 de agosto de 2018
Escrita durante a década de 1940 (entre 1942 e 1950) como contos, posteriormente condensados e publicados respectivamente nos anos 1951 (Fundação), 1952 (Fundação e Império) e 1953 (Segunda Fundação), a Trilogia da Fundação é com toda certeza um marco da Ficção Científica e não só. Sua leitura é como um passeio de montanha russa, não em razão de altos e baixos, mas pela aventura e suspense constante que praticamente impossibilita que se coloque o livro de lado.

Política, economia, sociologia, psicologia têm uma imensa função no desenrolar da história que utiliza uma série de recursos com base na própria história humana desde a queda do Império Romano para produzir a história do futuro da humanidade, já que todos os três livros narram os acontecimentos ocorridos no século XII, entre cerca de 11.200+- e 11.700+-.

Tudo tem início quando o psico-historiador, Hari Seldon, prevê que o Império Galático, cuja capital é o planeta Trantor, se desintegrará e que um período de barbárie surgiria, razão pela qual um período de 30.000 seriam necessários para que um Segundo Império surgisse. No entanto, considerando que a psico-história é probabilística, Seldon prevê que a instituição de uma Fundação com o intuito de desenvolver a Enciclopédia Galática poderá reduzir os 30.000 para 1.000. A partir dai, o Império permite a fundação da Fundação no planeta Terminus, na borda da Galáxia. Uma Segunda Fundação também é planejada para ser fundada. A partir de Terminus, toda a história se desenvolve.

Excelente Trilogia. Isaac Asimov demonstra nestes três livros porque é considerado um dos maiores escritores de Ficção Científica que já existiram.
15 pessoas acharam isso útil
0Comentar Informar abuso Link permanente

Detalhes do produto

4,8 de 5 estrelas
132
R$56,99