amazon-prime-video Baby Beauty Books Novo Kindle Paperwhite eBooks Kindle Cloud Drive Photos Electronics fashion Fire TV Stick home_improvement home_kitchen Office Computers sports wireless

Avaliações dos clientes

1000 PRINCIPAIS AVALIADORES
19 de outubro de 2016
A felicidade não é um presente, ela é uma escolha e uma realização. Ter a certeza baseada em pesquisa científica de que a felicidade pode ser trabalhada, conquistada, é um dos ensinamentos do livro “Felicidade Autêntica”. Escrito pelo psicólogo americano da Universidade da Pensilvânia Martin E. P. Seligman, ph.D., ex-presidente da American Psychological Association, aprendemos o que é a psicologia positiva e a partir de um exemplo: enquanto a psicologia tradicional sempre esteve preocupada em nos levar de -5 para -3, a psicologia positiva procura nos levar de +2 para +7. Como conseguir isto? O livro segue colocando como é errada a crença de que existem maneiras rápidas de se alcançar a felicidade, alegria, entusiasmo, conforto e encantamento. Nós podemos ter o prazer imediato, mas não queremos apenas estes sentimentos positivos efêmeros, queremos ter direito a eles no longo prazo. O livro nos ensina que a emoção positiva desligada do exercício do caráter não nos tira do vazio espiritual, e que o que é realmente importante é o bem-estar duradouro que vem do exercício das nossas forças e virtudes pessoais. Estas virtudes, valorizadas em quase todas as culturas pelo que são e não como meios para atingir outros fins são a sabedoria e o conhecimento, a coragem, o amor e a humanidade, a justiça, a moderação e a espiritualidade e transcendência. Estas virtudes principais podem ser subdividas em 24 forças, com a finalidade de classificação e medição objetiva. Assim, a sabedoria pode ser subdividida nas forças da curiosidade, gosto pela aprendizagem, critério, inteligência social e perspectiva. O amor inclui a bondade, a generosidade, o ensino e a capacidade de amar e ser amado. A coragem diz respeito a bravura e valentia, perseverança/diligência e integridade. A justiça envolve aspectos relacionados a cidadania/dever/lealdade/espírito de equipe, imparcialidade/equidade e liderança. A moderação por sua vez diz respeito ao autocontrole, prudência, humildade. A transcendência relaciona-se com a gratidão, esperança/otimismo/responsabilidade com o futuro, espiritualidade/fé/religiosidade/senso de propósito, perdão/misericórdia, bom humor/graça, animação/entusiasmo e apreciação pela excelência e pela beleza. O autor nos pede que façamos testes no livro para identificarmos dentre as citadas as nossas principais forças. Os testes são inteligentes e interessantes, exemplos da psicologia em ação. Uma vez encontradas as forças e virtudes relacionadas, para uma vida boa – com felicidade abundante e gratificação autêntica - devemos usá-las diariamente nas principais esferas da vida: trabalho, amor e criação dos filhos. Com isto conseguiríamos uma vida muito mais feliz e prazerosa. A obra é excelente, impressiona pela clareza, pelos exemplos de situações reais e por mostrar um caminho, e ainda é recheada de resultados de pesquisas científicas, não sendo uma peça de autoajuda. O livro é sem dúvida transformador, para aqueles que quiserem melhorar. Vale cada página. Marco da Camino Ancona Lopez Soligo
15 pessoas acharam isso útil
0Comentar Informar abuso Link permanente

Detalhes do produto

4,8 de 5 estrelas
13
R$29,90