Avaliações dos clientes

9 de junho de 2018
O Invasor é a excelente novela de Marçal Aquino, que também escreveu “a turma da rua quinze” da série vagalume. Lembram desse? Muito bom! Em O Invasor, Aquino trilha por um caminho diferente ao destacar dois amigos BRANCOS da CLASSE MÉDIA como seu objeto de foco da construção da história de CRIMINALIDADES. (Gosto muito dessa posição, pois foge do rótulo que o crime só existe nas periferias, na classe baixa. Por isso destaquei tais características). Ao embarcar na história sabia que não teria mais volta. Li as páginas do Invasor que invadiu em minha mente em uma noite só. Aquino traça muito bem os conflitos, desejos, desconfianças e remorsos dos personagens. Dois amigos encomendam a morte de um terceiro amigo através de um matador de aluguel. Existe uma linha tênue entre a razão e a insanidade e a passagem é só de ida muito bem representada aqui. O Invasor ganhou as telas com o diretor Beto Brant, que também levou o rapper Sabotage para as grandes telas representando a periferia. Este livro é uma relançamento da Companhia das Letras e nele há uma homenagem para o rapper que invadiu os cinemas com muito carisma representando a favela do Canão e todas as favelas do Brasil com muito orgulho. O invasor é uma leitura direta e crua. Sem maquiagem. Realidade! Leiam esta pequena grande obra juntamente com os raps rascantes do Sabotage que compõe a trilha do filme.
1 pessoa achou isso útil
0Comentar Informar abuso Link permanente

Detalhes do produto

3,4 de 5 estrelas
9 classificações de cliente
R$16,73