Avaliações dos clientes

500 PRINCIPAIS AVALIADORES
19 de dezembro de 2018
Therese trabalha em uma grande loja de departamentos, e é num dia entediante de trabalho que ela conhece Carol, que está à procura de um presente de natal para sua filha. Esse primeiro contato vai mudar suas vidas.
As duas iniciam uma amizade, que logo, para Therese se desenvolve além disso. Therese é uma cenógrafa que ainda não encontrou uma oportunidade de trabalho em sua área, e tem um namorado por quem não tem certeza de seus sentimentos. Carol está se divorciando de seu marido Harge, e é uma mulher independente, misteriosa e cheia de personalidade.
Durante uma viagem, o envolvimento entre as duas finalmente se concretiza. Carol e Therese estão irremediavelmemte apaixonadas uma pela outra, e Therese está disposta a largar tudo para estar junto de Carol. Mas ambas estão sendo vigiadas por Harge, e sua relação pode colocar muita coisa em risco.
Esse livro é, sobretudo, corajoso. Corajoso porque foi escrito na década de 50, quando a homossexualidade ainda era algo a se esconder. Corajoso porque o destino de Carol e Therese é muito diferente do que costumava acontecer com personagens homossexuais na literatura até então. E é também apaixonante. A escrita de Patricia Highsmith nos fisga, e suas descrições, as imagens que usa, são vívidas. Carol é uma mulher fantástica. É impossível ler Carol sem se apaixonar por Carol.
Esse livro continua atual, apesar da distância no tempo. Nosso mundo ainda não permite que duas mulheres tenham liberdade. Mas é possível ter esperança. Recomendo a todos essa leitura!
1 pessoa achou isso útil
0Comentar Informar abuso Link permanente

Detalhes do produto

23 classificações de cliente{formattedReviewsCount} {totalReviews, plural, = 0 {avaliações de clientes} = 1 {avaliação de cliente} other {avaliações de clientes}}
4,2 de 5 estrelas