Avaliações dos clientes

Avaliado no Brasil em 9 de maio de 2019
Apenas comecei a conhecer a obra de Hemingway recentemente através de um livro de contos que ganhei. Adorei o estilo de escrita direto, o que em seguida me levou a ler "O Velho e o Mar", que se transformou no livro preferido da minha vida até agora.

"Adeus às Armas" foi o passo seguinte e só aumentou meu amor por esse autor.

Para captar tudo o que Hemingway trata na obra é importante fazer uma imersão no personagem e no período em que os acontecimentos se situam. Uma vez feito isso, não tem escapatória: o enredo te sequestra, você acompanha cada página como se em um filme, roendo as unhas pela felicidade absoluta de Henry e Catherine, esse casal tão marcante da literatura.

A leitura do livro me levou a ter certeza de que nada pode ser mais importante em todas as épocas que exaltar o amor em meio ao caos. Firmado no amor, o ser humano encontra esperança de se corrigir, de esquecer a dor antiga (e até a presente), fazer seu caminho para uma nova vida. Em "Adeus às Armas", o narrador-protagonista descreve sua busca insaciável para encontrar esse lugar de descanso para ele e sua amada longe das agruras do mundo durante a Primeira Guerra Mundial, tudo contado numa prosa ao mesmo tempo direta e cheia de profundidade, traço absolutamente único de Hemingway.

Recomendo fortemente para todos que amam literatura clássica em que o aspecto psicológico dos personagens é o ponto principal do enredo. De brinde, vão ganhar uma história repleta de acontecimentos marcantes e diálogos fascinantes.

Aprecie sem medo.
14 pessoas acharam isso útil
Informar abuso Link permanente

Detalhes do produto

4,6 de 5 estrelas
4,6 de 5
63 classificações globais