Avaliações dos clientes

Avaliado no Brasil em 7 de maio de 2020
Bom livro que fala do surgimento do diretor de cinema como figura importante dentro da indústria de filmes americana, antes visto apenas como um empregado dos estúdios. E de como o ego inflado de alguns diretores acabou por prejudicar suas carreiras. Além de traçar um panorama sobre o uso de drogas e o sexo livre do período.
Informar abuso Link permanente

Detalhes do produto

4,7 de 5 estrelas
4,7 de 5
36 classificações globais