Avaliações dos clientes

50 PRINCIPAIS AVALIADORES
16 de fevereiro de 2018
O teatro grego teve seu apogeu nos séculos V e IV a.C. A tragédia, representando grandes homens, com uma grande queda, e a comédia, representando homens cheios de vícios, auxiliados pelo destino, ajudaram a moldar o ethos e a alma gregas e, assim, o ethos e a alma do ocidente.
Este livro reúne as quatro maiores obras do teatro grego: a melhor comédia (As Nuvens) do maior comediógrafo grego (Aristófanes), e a melhor tragédia de cada um dos três maiores tragediógrafos (Prometeu Acorrentado, de Ésquilo, Édipo Rei, de Sófocles e Medeia, de Eurípedes).
As nuvens conta a história de trapaças e de engodos que envolvia, na crítica de Aristófanes, a escola de Sócrates. Prometeu Acorrentado conta a execução da pena de Prometeu por ter entregado o fogo aos homens, salvando-os da ira dos deuses. Édipo conta a tragédia de um rei que tenta em vão lutar contra o destino. Medeia conta a fúria de uma mulher que vinga-se do abandono por seu marido, Jáson.
As peças foram traduzidas nas décadas de 70 e 80 diretamente do grego por Mário da Gama Cury, e estavam publicadas em nove volumes da Jorge Zahar que contêm ao todo 26 peças desses quatro autores, ainda disponíveis no mercado editorial.
É uma magnífica introdução ao teatro grego. Sobretudo no caso das tragédias, há um movimento constante e ininterrupto de situações que se sucedem e vão criando uma tensão que prende o leitor e o comove, produzindo, ao final, o que os gregos chamavam de catarse.
Vale à pena ler este livro e depois continuar a leitura das demais traduções de Mario da Gama Cury (que também traduziu outras obras do grego, como a História da Guerra do Peloponeso e Vidas e Doutrinas dos Filósofos Ilustres).
8 pessoas acharam isso útil
0Comentar Informar abuso Link permanente

Detalhes do produto

4,4 de 5 estrelas
11
R$57,93Frete GRÁTIS com o Amazon Prime