Avaliações dos clientes

22 de fevereiro de 2019
É incrível como a Conceição Evaristo consegue, de forma tão sucinta e em poucas palavras, expressar grande parte das mazelas sociais as quais a população afrodescendente brasileira é sujeita, apesar de, claro, esse não ser o único tema da obra, já que também retrata a vida de pessoas simples, gente como a gente, que, com toda uma simplicidade, vive cada dia como se fosse o último. Os jogos de palavras e os neologismos - como “menina-flor”, “gozo-pranto” - acrescentam ao texto uma forma única de projetar na cabeça do leitor a capacidade de sentir exatamente o que a autora sentiu ao escrever este livro. Esta é, sem dúvidas, uma das melhores obras que li, e apesar de ser uma ficção, não há como não trazê-la para o nosso, desde sempre, cenário social.
0Comentar Informar abuso Link permanente

Detalhes do produto

4,6 de 5 estrelas
111
R$8,19