Avaliações dos clientes

10 PRINCIPAIS AVALIADORES
15 de março de 2017
Meu primeiro contato com “Meditacões” ocorreu quando li o excelente livro “Trem Noturno para Lisboa” de Pascoal Mercier (ver resenha). Quem já fez cursos de autoajuda ou terapia conhece bem a frase: "Sucesso: Está tudo em sua mente!". Mesmo Shakespeare parece ter sido contagiado pelo pensamento de Marco Aurélio sobre o poder da mente, por exemplo, quando Hamlet declara: "... não há nada bom ou ruim, mas o pensamento torna assim". Mas cuidado. Tal como acontece com a maioria dos trabalhos falados ou escritos torna-se muito fácil perder totalmente o complexo conjunto da filosofia de Marco Aurélio. Esse sujeito assume a vida de forma holística, e não superficial; ele passou muito tempo pensando no universo e o seu lugar nele. Seu conselho para si mesmo não é apenas útil e sábio; é um portal para outra vida, e qualquer um pode lê-lo. Marco Aurélio nos ensina como lidar com grandes questões como morte, relacionamentos, família, sempre mantendo o pé no chão. “Mesmo em um palácio a vida pode ser bem vivida – dizia ele”. Lembro o leitor que ele era o Imperador de Roma, então tinha coisas sérias para fazer em seu trabalho diário; ele não tinha tempo para olhar seu umbigo vazio; ele precisava de uma filosofia que realmente fazia sentido, no presente, para alguém que vive uma vida ativa. Enfim, “Meditações” é um dos poucos livros que tem a capacidade de ajudar tanto homens quanto mulheres, diretamente e imediatamente, a viverem melhor, a suportarem com grande dignidade e perseverança o fardo de serem meramente humanos. Termino com um belo aforismo: “Aristóteles nós estudamos; Marco Aurélio levamos no coração”. Passar bem!
12 pessoas acharam isso útil
0Comentar Informar abuso Link permanente

Detalhes do produto

21 classificações de cliente18 avaliações de clientes
4,3 de 5 estrelas
R$38,22Frete GRÁTIS com o Amazon Prime