Avaliações dos clientes

25 de dezembro de 2018
Yuval é um historiador pop. Homo Deus é um exercício de fôlego sobre a evolução humana e possíveis futuros a partir da relativa limitação humana para lidar com o sistema de livre informação e oceânica produção de dados que geramos desde o advento da computação. Somos algoritmos bioquímicos que crescentemente perdemos a capacidade de lidar com algoritmos eletrônicos. Nosa inteligência está se desacoplando da consciência e talvez renunciemos a esta última. É um ensaio que derrapa na parte final, ao propor uma espécie de “feudalismo digital”, onde humanos acoplados à sistemas viverão uma realidade distante das massas que foram descartas-te por serem inúteis em uma civilização controlada por dados. Yuval descarta a estupidez humana e nossa infinita capacidade de valorizar o pensamento mágico. A humanidade irá priorizar o algoritmo em funções enciclopédicas, estatísticas, anedóticas e tarefeiras, mas não como determinantes de nossas falhas puramente humanas. O humano em si a a própria vulnerabilidade. É um livro necessário e repleto de bons Insights.
2 pessoas acharam isso útil
0Comentar Informar abuso Link permanente

Detalhes do produto

4,6 de 5 estrelas
369 classificações de cliente
R$51,89Frete GRÁTIS com o Amazon Prime