Avaliações dos clientes

50 PRINCIPAIS AVALIADORES
11 de maio de 2019
Nesse suspense psicológico, o prólogo é uma página do diário de Alicia Berenson, uma pintora famosa casada com Gabriel, renomado fotógrafo.
Percebe-se pelas palavras de Alicia que ela está deprimida e que Gabriel está muito preocupado.
“Achei que estava conseguindo esconder isso, mas ele percebeu – é claro que percebeu, ele percebe tudo. ”
Alguns dias depois, Alicia é presa, acusada de assassinar o marido. Após o crime, ela tentou se matar.
Interrogada pela polícia, permaneceu em silêncio. Aliás, depois do crime, Alicia nunca mais voltou a falar.
Enquanto aguardava o julgamento em prisão domiciliar, ela continuou se manifestando através de sua arte: a pintura. Poucos dias após o assassinato, concluiu uma pintura, um autorretrato. E Alicia deu um título ao quadro, no canto esquerdo da tela pintado em letras azul-claro no alfabeto grego. Uma única palavra:
ALCESTE
Alceste é uma heroína, um mito grego de uma história trágica de amor. Alceste sacrifica a própria vida pelo marido, Admeto, morrendo em seu lugar quando ninguém mais o fez.
Quando foi a julgamento, Alicia continuou em seu silêncio, o que o juiz não viu com bons olhos. Afinal, quando uma pessoa é inocente ela tenta de todas as maneiras se defender. Mas Alicia permanecia em silêncio.
O parecer de um psiquiatra forense foi solicitado. O doutor Diomedes concluiu que a recusa em falar demonstrava o profundo desequilíbrio mental de Alicia e que esse fato deveria ser levado em conta na determinação da sentença.
E foi assim que Alicia escapou da prisão perpétua. O juiz determinou que ela deveria ser encaminhada para a clínica Grove, sob a supervisão do doutor Diomedes.
A narrativa é feita pelo psicoterapeuta Theo Faber. Ele assistiu ao julgamento de Alicia e ficou muito impressionado com tudo aquilo. Seis anos depois, surge a possibilidade de trabalhar na clínica Grove. Theo obtém autorização para tratar de Alicia, embora ela fosse considerada um caso perdido. Mas ele acredita que conseguirá quebrar o seu silêncio e descobrir toda a verdade.
E ele vai em busca de pistas, entrando em contato com os amigos e parentes do casal, vai à casa onde Alicia cresceu e descobre como foi sua infância e juventude.
Ao mesmo tempo, ele próprio enfrenta seus problemas pessoais.
O que eu achei desse livro? Muito bom!
A trama tem muito suspense, muito jogo psicológico, reviravoltas, segredos e mistérios – tudo que o leitor quer encontrar numa história desse gênero.
E – como é de se esperar – um final surpreendente!
Conclusão: Muito bom.
21 pessoas acharam isso útil
0Comentar Informar abuso Link permanente

Detalhes do produto

4,6 de 5 estrelas
234 classificações de cliente
R$31,41