Avaliações dos clientes

50 PRINCIPAIS AVALIADORES
Avaliado no Brasil em 19 de fevereiro de 2017
Stephen King é um mestre do horror, mas o horror do mestre não é gratuito nem de baixo nível, nem excessivamente violento. As vezes previsível, sim. Mas mesmo imaginando o que virá na virada da página, sempre somos surpreendidos pela imaginação fértil de King. 'Salem, que já havia sido publicado no Brasil anteriormente com o prosaico nome de "A hora do vampiro" mostra um King iniciante Em seu segundo romance, mas já com sua marca registrada latente.
O enredo vai sendo construído lentamente mostrando a vida normal e sem sal de inúmeros personagens na pequeníssima cidade de Jerusalem's Lot, conhecida como 'Salem. A medida que avançamos no livro, e mesmo sabendo do que se trata, a atmosfera, a sensação de que algo vai acontecer nos toma e não nos larga mais. A primeira menção ao vampirismos acontece já bem longe no enredo, e menciona-la aqui não atrapalha em nada as surpresas e reviravoltas do livro, porque mesmo sabendo do que se trata desde o inicio, mesmo desconfiando de onde vai partir a maldade, quando esta vem te pega de jeito.
O final do livro, como também é característica do Stephen King, é um pouco previsível e um tanto lerdo considerando-se os últimos capítulos, mas quando a última página chega, o mestre nos deixa com mais um enredo pronto na cabeça onde nossa imaginação agora deve tomar conta e concluir a história, é um "brindezinho" extra. Este é um livro para ler com o coração aberto, se você é muito purista no assunto vampirismo talvez não goste, mas se abrir sua mente e se entregar a condução do mestre King, vai ter horas de puro devaneio em um mundo cheio de maldades onde o bem pode ganhar.
36 pessoas acharam isso útil
Informar abuso Link permanente

Detalhes do produto

4,8 de 5 estrelas
4,8 de 5
940 classificações globais