Avaliações dos clientes

18 de julho de 2015
Apesar de ser classificado às vezes como simbolista, ou até mesmo modernista, alguns críticos literários sustentam que Augusto dos Anjos é único em nossa literatura, e, realmente me parece, jamais apareceu escritor semelhante em língua portuguesa. Algumas de suas poesias são fluidas e de fácil leitura, outras exigem que se nos debrucemos sobre cada palavra, buscando-as em seu sentido mais metafísico, algumas ainda necessitam de um pouco de leitura prévia em filosofia. Mas mesmo assim é um autor que, em seu intimismo pessimista, retrata uma época em que os valores eternos se esboroavam diante de medonhas realizações do gênero humano, dando lugar ao Niilismo, Relativismo, e outros -ismos isoladores do indivíduo. É disso que nos fala Augusto dos Anjos, de um EU que grita aprisionado em sua solidão e incomunicabilidade, e nos fala de forma magistralmente bela.
15 pessoas acharam isso útil
0Comentar Informar abuso Link permanente

Detalhes do produto

4,9 de 5 estrelas
11 classificações de cliente
5 estrelas
86%
4 estrelas
14%
3 estrelas 0% (0%) 0%
2 estrelas 0% (0%) 0%
1 estrela 0% (0%) 0%
R$20,40Frete GRÁTIS com o Amazon Prime