amazon-prime-video Beauty Books eBooks Kindle eBooks Kindle Cloud Drive Photos Electronics fashion Fire TV Stick LawnGarden home_improvement home_kitchen Office Computers sports toys VideoGames wireless

Avaliações dos clientes

15 de dezembro de 2018
Livro conta detalhes sobre o funcionamento da indústria farmacêutica, da perspectiva de um médico, pesquisador (cofundador da Cochrane) e ex-funcionário de grandes empresas da área.

O jogo sujo envolvendo a aprovação de medicamentos pouco eficazes e com potencial de dano e dependência é assustador, a certo ponto difícil de acreditar. Alteração de dados de pesquisa, corrupção, ameaças, esquemas entre
indústria e agências regulatórias... praticas inimagináveis na área da saúde.

Uma leitura pesada, técnica, detalhada, na narrativa de fatos vividos pelo autor, por vezes não facilmente inteligível ou compatível, por sua tradução e contexto cultural que, no entanto, merece toda a atenção, café e paciência. Ao menos os últimos capítulos, que trazem as conclusões do autor, oferecem soluções e esclarecem os mitos da indústria de medicamentos, como os seguintes:
Mito 1. Os medicamentos são caros devido aos elevados custos de descoberta e desenvolvimento
Mito 2. Se não usarmos medicamentos caros, a inovação vai desaparecer
Mito 4. As descobertas vêm da pesquisa financiada pela indústria
Mito 5. As empresas farmacêuticas competem em um mercado livre
Mito 7. Os ensaios clínicos são feitos para melhorar os tratamentos
Mito 9. Não use medicamentos genéricos pois sua potência varia

Conclusão sobre medicamentos psicoativos, "As pessoas estariam melhor se todos medicamentos psicoativos fossem eliminados do mercado, pois os médicos não conseguem manejá-los. Sua disponibilidade cria mais dano do que bem."

Como estudante da área, foi um pouco perturbador ler sobre fraudes relacionadas à um medicamento há poucos dias prescrito para uma paciente. Medicamento com custo mais alto que seu predecessor, quase idênticos em sua composição química, sendo que o antigo havia perdido a patente e pesquisadores foram comprados pelo laboratório para publicar artigos que relatassem uma superioridade do novo medicamento. Obs: ambos mostraram diferença de 1 entre eles e de 3 para o placebo, em uma escala de 60, nos sintomas relatados (diferença sem qualquer importância para os pacientes, segundo o autor).

Enfim, um bom livro, entre os poucos disponíveis em português sobre uma nova medicina.
6 pessoas acharam isso útil
0Comentar Informar abuso Link permanente

Detalhes do produto

4,4 de 5 estrelas
22
R$57,62+ Frete GRÁTIS em pedidos enviados pela Amazon acima de R$ 99 em livros ou R$ 149 em outros produtos.