Avaliações dos clientes

13 de fevereiro de 2017
Bartolomeu Campos de Queirós conversa poeticamente conosco em uma texto surpreendente (e belas frases de efeito) nesse livro onde um menino pobre conta por meio de alegorias a um tomate falado por sua madrasta, o sofrimento familiar, a saudade de sua mãe, e sua memoria afetiva. Em poucas páginas o autor consegue nos tocar com o olhar sensível do garoto.
0Comentar Informar abuso Link permanente

Detalhes do produto

3,8 de 5 estrelas
17 classificações de cliente