Amazon Prime Video Books eBooks Kindle eBooks Kindle Kindle Direct Publishing Kindle Paperwhite Cloud Drive Photos Electronics Fire TV Stick HI HI Computers VideoGames Wireless

Avaliação de clientes

4,7 de 5 estrelas
29
Noites Brancas
Formato: eBook Kindle|Alterar
Preço:R$6,72


em 13 de novembro de 2017
O subtítulo do livro, que não aparece na capa, diz muito: ‘Romance sentimental (Das recordações de um sonhador)’.

Era uma vez um jovem que — para suportar uma vida solitária, melancólica e sem sentido — sonhava. Na falta de gente, encontrava alívio na contemplação minuciosa de lugares e transeuntes, por isso adorava caminhar, levando consigo o leitor.

Foi este hábito que o levou a encontrar uma mulher, a primeira. Então, já cansado de só sonhar, decidiu trocar uma parte dos sonhos por alguma realidade, que o amor subitamente fez suportável ao lado da jovem dama. Ou teria sido a troca somente de um sonho por outro sonho um pouco mais lúcido?

A dama, também ela, era uma sonhadora, mais isto não a impedia de ter uma visão mais prática da vida.

E o jovem sonhador resignou-se em voltar à velha vida, mas com ânimo renovado: “Meu Deus! Um momento inteiro de júbilo! Não será isto o bastante para uma vida inteira?…”

Fica essa pergunta para o leitor.

Qual é a dose de sonho necessária para encarar a realidade? Quanto do que chamamos realidade não é, no fundo, apenas sonho?

Soube que esta novela romântica é uma obra bastante diferente das que fizeram Dostoiévski conhecido, escritas depois do anos de trabalho forçado na Sibéria. Apesar da predominância do lirismo nesta obra, dá para vislumbrar pouco do existencialismo que marcaria as obras pós-Sibéria, que eu nunca li. Ficou a curiosidade de ler uma obra da outra fase.
0Comentar|Esta avaliação foi útil para você? Informar abuso
em 12 de novembro de 2017
Através de longos capítulos repletos de personalidade, realismo e existencialismo russo, Dostoiévski me conquistou com sua escrita de mestre que faz uso das palavras mais simples do nosso vocabulário para criar uma poesia prosal que torna os longos capítulos pequenos excertos que fazem o leitor querer mais. Certamente, depois dessa leitura partirei para outras desse autor.
0Comentar|Esta avaliação foi útil para você? Informar abuso
em 5 de maio de 2017
Um ótimo livro pra ser introduzido à linguagem de Dostoiévski! Vi numa lista que indicava a ordem de facilidade pra leitura e acho que concordo! Indico!
0Comentar| 2 pessoas acharam isso útil. Esta avaliação foi útil para você? Informar abuso
em 2 de junho de 2015
Só um gênio para transmitir tanta emoção, alegria, tristeza, medo, amor, angústia, esperança, paixão, sofrimento e penetrar na alma de um ser humano tão profundamente. Este livro é uma grande poesia, sensível e emocionante!!
0Comentar| 3 pessoas acharam isso útil. Esta avaliação foi útil para você? Informar abuso
em 30 de novembro de 2014
Seu texto é magnífico, como sempre. A história é envolvente e o drama nos captura de tal modo que fica impossível abandoná-lo antes do final.
0Comentar| 3 pessoas acharam isso útil. Esta avaliação foi útil para você? Informar abuso
em 16 de dezembro de 2017
Livros de Ótima qualidade como é padrão de Editora 34 com uma tradução direto do russo. Além de serem livros de um dos escritores mais importantes da história.
0Comentar|Esta avaliação foi útil para você? Informar abuso
em 3 de novembro de 2017
Um livro que vai te fazer voltar a acreditar no amor e nas alegrias que é se apaixonar e amar.
0Comentar|Esta avaliação foi útil para você? Informar abuso
500 PRINCIPAIS AVALIADORESem 13 de setembro de 2017
Um dos meus escritores prediletos, em fase inicial de carreira, propõe nesta novela algo diferente do que acostumamos a encontrar em sua fase pós-exílio. Digo isto pois, normalmente, começa-se a ler Dostoiévski através de alguma obra-prima realista (ex. Crime e Castigo ou Os Irmãos Karamazov). São, de fato, obras de maior apelo. Daí o "impacto" ao deparar-nos com este viés romântico.

Contudo, para entendermos Noites Brancas, além de situá-la na cronologia do autor, devemos perceber (pelo menos eu consegui) que há uma certa paródia em relação ao tema e aos personagens; não a paródia "como simples modo de ridicularização de algo sério, e sim como meio de revitalização de velhas formas" (Nivaldo dos Santos). Não estou, aqui, querendo apenas citar uma das muitas observações de posfácio. Não! Simplesmente percebi, depois de muito ler livros e autores da fase romântica, que não se trata de personagens "puros". Mesmo fazendo uso de recursos utilizados no Romantismo, há um realismo incipiente e insidioso que traz os sonhos e as quimeras para o plano prático da vida; e sem muitas delongas. A leitura é fluida e gera expectativas que são, inclusive, desfeitas de forma irrevogável.

Poderia tentar rechaçar algum comentário que li por aqui, desabonando o autor ou a forma como escreveu a novela... Mas, aí, eu revelaria partes cruciais ou, até mesmo, o final da história!

A editora 34 sempre proporcionando o melhor! Ótima tradução! Posfácio curto de Nivaldo dos Santos com excelentes observações acerca do contexto em que foi publicada, posicionamento da crítica à época, etc. A edição possui algumas notas de rodapé e ilustrações.
0Comentar| 3 pessoas acharam isso útil. Esta avaliação foi útil para você? Informar abuso
500 PRINCIPAIS AVALIADORESem 9 de dezembro de 2015
Escolhi Noites Brancas como ponto de partida para o nosso roteiro por três razões. Primeiro: trata-se de um romance breve (muitos o classificam como novela ou conto longo), que pode ser lido facilmente em um único dia. Segundo: o protagonista e narrador da história, cujo nome não é mencionado em nenhum momento, tem características que reaparecerão em personagens importantes dos grandes romances, como o príncipe Michkin (O Idiota) e Dmítri Karamazov (Os Irmãos Karamazov), servindo, dessa maneira, como uma pequena amostra do herói dostoievskiano. Terceiro: logo nas primeiras páginas do livro, enquanto faz observações angustiantes sobre a sua vida, o narrador caminha sem rumo pelas ruas de São Petersburgo. Podemos ver o Rio Nievá, a Avenida Nievski, e não existe melhor maneira de se entrar no universo de Dostoievski do que vagando por essa cidade tão recorrente em sua obra. Noites Brancas é uma história de amor. O enredo é simples e repleto de suspense. Depois de perambular durante três dias, o protagonista conhece uma jovem e imediatamente se apaixona. Ela aceita se encontrar outras vezes com a condição de que ele lhe permita contar a sua trágica história.
0Comentar| 18 pessoas acharam isso útil. Esta avaliação foi útil para você? Informar abuso
em 11 de setembro de 2017
Só quem já se viu entrevado numa redoma de asfixia amorosa e plena de ansiedade tóxica e cheio de paixão por outro alguém alheiamente ingrato e volúvel, pode absorver o teor sufocante desta tragicomédia - platônica em sua inteireza dilacerante e absurdamente real.
0Comentar| 1 pessoa achou isso útil. Esta avaliação foi útil para você? Informar abuso

Os clientes também visualizaram estes itens:

Dois sonhos
R$28,88
Bobók
R$19,00
Polzunkov (1848)
R$1,99

Precisa do serviços de atendimento ao cliente? Clique aqui