Amazon Prime Video Books eBooks eBooks Kindle Kindle Direct Publishing Kindle Paperwhite Cloud Drive Photos Eletronicos Fire TV Stick Kitchen Informática Videogame Celular

Avaliação de clientes

5,0 de 5 estrelas
5
As relações perigosas
Formato: eBook Kindle|Alterar
Preço:R$16,50

10 PRINCIPAIS AVALIADORESem 14 de setembro de 2015
Chordelos de Laclos pode ser avaliado sob vários prismas. Mas certamente uma de suas principais características é a coragem.
Como escrever um livro desses, com personagens tão cruéis e depravados, com intrigas destruidoras (não apenas de casamentos, mas de vidas, de ilusões, de reputações e de sociedades), com ideias tão mirabolantes, envolvendo sexo, homossexualismo, pederastia, pedofilia em uma obra publicada em 1782?
Tenha-se em vista que do livro já saíram várias versões para o cinema. Uma das últimas, com o título "Segundas intenções", mesmo sendo lançado por volta do ano 2.000, causou frisson, deixou espectadores boquiabertos e mal acreditando na perfídia incessante que tomava a tela e a história.
Contudo, a melhor versão é a protagonizada por John Malkovich (no papel do Visconde de Valmont, a metade masculina dos vilões sedutores), Glenn Close (Marquesa de Mertuil, a metade feminina da mesma dupla), Michelle Pfeiffer (Presidenta de Tourvel, uma das incontáveis vítimas), Uma Thurman (outra vítima da crueldade ilimitada da dupla) e Keanu Reeves (ainda uma pobre vítima).

Valmont e a Marquesa de Merteuil tem como objetivo de vida apenas gozá-la e se divertir pervertendo e destruindo vidas e casamentos. Para isso, usam sua astúcia assombrosa nos planos mais mirabolantes para conquistar e desvirtuar parceiros sexuais.

Todo o livro é contado por missivas trocadas entre os personagens, e a história se desenrola com os próprios a contando.
Esse estilo narrativo é interessante. Mas nem todos gostam por achá-lo um pouco menos prático.
Contudo, acrescentando à brincadeira o toque de realidade, o autor cria ainda dois personagens: O redator e o que seria o organizador das cartas, como se a história fosse verdadeira, coletada através das cartas, que foram apenas organizadas e reproduzidas.

Como não se indignar com a frieza e nenhuma consideração dos heróis/vilões?
Como não se deliciar com as análises das relações humanas descritas e tão em voga ainda hoje? (quanto mais leio livros escritos há séculos, mas vejo que a humanidade pouco ou nada mudou a esse respeito)
Como não ficar constrangido com os acontecimentos?
E, pior, haverei de confessar: Como não torcer para que as vítimas sucumbam aos encantos dos predadores?

Por fim, como pano central, temos Valmont e Madame Marteuil em uma não declarada disputa de egos. Tudo o que infligem, apesar de dizerem que se trata apenas de prazer, trata-se muito mais de orgulho, vaidade e disputa entre si.
A leitura não é muito fácil. Não apenas por se utilizar de missivas, como também pelo estilo mais rebuscado.
Muitas vezes, se o leitor não estiver atento, sequer perceberá os momentos mais tórridos, tendo em vista que, pela época, o autor apena insinua levemente.
Assim, muitos sequer percebem, por exemplo, o homossexualismo sutil (mas existente) no livro.
E não deixe de, depois, assistir à versão de 1988 citada (aliás, filme vencedor de 3 oscar)
0Comentar| 4 pessoas acharam isso útil. Esta avaliação foi útil para você?SimNãoInformar abuso
AVALIADOR Nº 1em 28 de agosto de 2013
Composta de 175 cartas, "Relações Perigosas" é a obra prima de Choderlos de Laclos, um escritor francês, cujo prestigio transcendeu ao mundo das letras. Foi também um bem sucedido militar que nomeado general por Napoleão Bonaparte, participou de inúmeras campanhas do imperador. Aliás, foi o tédio e a solidão da vida de caserna que acabaram por aproximá-lo da literatura.

Através desse livro, o autor apresenta um retrato da decadente aristocracia francesa do final do século XVIII. Revela o jogo de sedução mantido por dois nobres para sua diversão, tentando fugir do fastio dos últimos anos do reinado de Luís XVI. Todo esse contrassenso é revelado com crueza através da depravação do Visconde de Valmont e da Marquesa de Merteuil.

É impossível permanecer alheio as intrigas da dupla, hábeis manipuladores, cujo único intuito era causar desgraça de quem por azar fosse alvo de seus interesses. Esse relato soa tão verídico, a ponto de ser apontado como calunioso pela nobreza, uma mácula a reverência ou bajulação como era tratada, insuspeita de que seus dias estavam contados à beira da Revolução Francesa.

"O romance é um tratado sobre o maquiavelismo e a devassidão moral . De interessante leitura, as cartas se sucedem, cercadas de paixão e suspense, num ritmo tenso que atinge seu clímax, quando seus protagonistas ousam se enfrentar e aí, toda a sociedade estremece e o mundo da literatura também..."

Não deixe de assistir o filme dirigido por Stephen Frears. Vencedor de três Oscars em 1989, tem John Malcovich, Michelle Pfeiffer e Glenn Close nos papéis principais.

Até a próxima!

Nota:
- Edição recomendada, traduzida por Dorothee de Bruchard com introdução de Hellen Constantine. Apresenta duas cartas adicionais que aparecem no manuscrito do romance, mas não foram incluídas nas edições publicadas durante vida do autor.
0Comentar| 14 pessoas acharam isso útil. Esta avaliação foi útil para você?SimNãoInformar abuso
1000 PRINCIPAIS AVALIADORESem 8 de outubro de 2014
Este livro trata-se de uma relação de cartas trocadas entre um grupo de pessoas na nobreza francesa do século XVIII.
Como o próprio título indica, mostra as relações perigosas entre tais pessoas, de pessoas inocente a verdadeiros corruptores, mostra o que tal nobreza era capaz de fazer para conquistar,subjugar e humilhar o sexo oposto. A leitura é recomendada e o livro é intrigante com nuances sexuais, traições e tudo o mais que contamina a sociedade até hoje.
0Comentar| 2 pessoas acharam isso útil. Esta avaliação foi útil para você?SimNãoInformar abuso
em 5 de novembro de 2014
Excelente denúncia da situação da mulher às vésperas da Revolução num romance psicológico que Otto Maria Carpeaux considerou o maior da literatura françesa.
0Comentar| 2 pessoas acharam isso útil. Esta avaliação foi útil para você?SimNãoInformar abuso
em 22 de fevereiro de 2016
Livro ótimo, bem escrito e com uma história envolvente e você não consegue parar de ler.
A Companhia da Letras como sempre perfeita
0Comentar|Esta avaliação foi útil para você?SimNãoInformar abuso


Os clientes também visualizaram estes itens:

As relações perigosas
R$18,38
Papéis avulsos
R$15,00
A letra escarlate
R$17,18

Precisa do serviços de atendimento ao cliente? Clique aqui