Amazon Prime Video Books eBooks eBooks Kindle Kindle Direct Publishing Kindle Paperwhite Kindle Unlimited Cloud Drive Photos TV Kitchen Informática Videogame Celular



1000 PRINCIPAIS AVALIADORESem 23 de novembro de 2015
Um interessante história de amor, dedicação e perseverança entre duas pessoas. Numa situação normal dificilmente este marido teria a paciência e a coragem de enfrentar uma situação tão difícil e duradoura e mesmo assim, salvou seu casamento e deu um testemunho de vida muito bonito.
0Comentar| 3 pessoas acharam isso útil. Esta avaliação foi útil para você?SimNãoInformar abuso
em 3 de março de 2017
Achei meio parado o livro em alguns momentos, mas o livro é pequeno e bom para ser lido num final de semana! Não foi meu favorito mas com certeza a história é romântica é diferente das que eu já li.
0Comentar|Esta avaliação foi útil para você?SimNãoInformar abuso
em 11 de agosto de 2016
Você está totalmente fora do livro.. hahahah
Li o livro antes de ver o filme e como na maioria das vezes, o livro é MUITO melhor do que o filme!
O livro é bem mais profundo e romântico e a melhor parte é que é o próprio Kim que escreve. No filme forçaram algumas cenas para ser uma novela mais emocionante, mas no livro ele fala como Deus foi essencial neste processo de reconquistar a esposa! Vale muito a pena!
0Comentar| 3 pessoas acharam isso útil. Esta avaliação foi útil para você?SimNãoInformar abuso
em 9 de novembro de 2017
Se você espera alguma semelhança com o filme, esqueça. Não tem nada a ver. Adoro o filme, mas o livro, por ser real, é melhor ainda. Não tem nada daquela coisa romanceada de ela estar linda, bela e saudável, mas com amnésia seletiva. Na vida real, ela passou por um longo processo de reabilitação. O marido descreve como é viver ao lado de uma pessoa com dano neurológico e enfrentar problemas mundanos como a falta de dinheiro para pagar os tratamentos. Eles eram casados (e se conheciam) há pouquíssimo tempo, mas o amor que ele tinha por ela era imenso e permitiu que ele enfrentasse todas essas dificuldades. Li o livro em um dia, gostei bastante da leitura.
0Comentar|Esta avaliação foi útil para você?SimNãoInformar abuso
500 PRINCIPAIS AVALIADORESem 12 de outubro de 2013
á era encantada pela capa desde o começo e queria muito ler porque a sinopse tinha me chamado bastante a atenção.

Como é um livro relativamente curto (tem apenas 144 páginas), resolvi ler logo e para a minha surpresa acabou se tornando um dos meus livros favoritos de 2012.

Começo dizendo que o livro não tem muitos diálogos, o que não me prejudicou nenhum pouco ou me deixou chateada e achando a leitura enfadonha. Como conheço algumas pessoas que acharam, muito pelo contrário, eu achei bem legal o jeito que a história é apresentada afinal é contada do toda pelo ponto de vista de Kim, o marido de Krickitt.

Ele é um cara legal, técnico de um time e conheceu a futura esposa através de um telefonema e foi amor a "primeira vista" ou "primeira voz" como eu prefiro chamar.

A leitura é tranquila e rápida, da a impressão que você está vendo tudo acontecer ao seu redor, como expectadora de toda a bela história deles dois.

Sabe uma coisa que não me incomodou nesse livro? A fé, religião e o fato de Kim sempre que possivel tocar nesse assunto. Não é porque você não acredita em alguma coisa que irá deixar de ler um livro maravilhoso como esse.

- A vida não é justa: é apenas a vida. Todos têm momentos em que sentem como se estivessem à deriva, abandonados mesmo... Mas não é verdade. Não para quem tem fé. - Pág. 20

Me deparo com as incertezas de Kim e de Krickitt, de como o relacionamento deles progrediu e como eles se apaixonaram perdidamente um pelo outro e isso me fez chorar muito, pois depois de alguns meses de casados aconteceu o acidente que mudou toda a vida do jovem casal.

E desabei em lágrimas mais uma vez, dominado pelas emoções que tomavam conta de mim. Tinha que ver minha esposa mais uma vez, antes que ela morresse. - Pág. 43

Eu pensei em como eu reagiria, pois sou casada e provavelmente teria feito alguma besteira só de ver meu marido na situação em que o Kim viu a esposa dele.

Ele lutou, sobreviveu e acredite se quiser atravessou alguns estados com as costas todas cheias de cacos de vidros e totalmente mutilado atrás de um banco de carro pedindo a Deus pela vida de sua esposa que estava indo de helicóptero para outro hospital. Eu não sei se teria tanta coragem ou forças para seguir assim, machucada e um estado físico debilitado só para saber se meu marido estava bem, mas nunca se sabe né? Afinal somos capazes de muitas coisas quando amamos alguem.

Depois disso tudo, vejo Kim lutando para a melhoria de sua esposa, afinal você não se abalaria se a pessoa que você ama esquece-se de você? Pois é, é uma luta incrível para a recuperação das memórias da mesma.

Dividas, brigas, romance, raiva e outras coisas que me fazem pensar que o verdadeiro amor suporta tudo mesmo.

Agora me respondam, você não acredita em Deus, e lê um livro desse e reclama porque ele fala de fé e coisas que você não acredita...mas me diga você: É melhor se agarrar em algo que você acha impossível de acontecer e que quem você ama vai morrer e ponto final, ou que um Deus todo misericordioso vai te ajudar a passar por tudo isso e conseguir no final ser feliz com que você ama??? O que é melhor?

Eu fico com a hipótese de Deus me ajudar a passar por tudo isso. Não é porque acredito na mesma fé, mas acho que todo mundo precisa de um pouco de fé em algum momento de vida. Afinal se você precisa se agarrar em algo que tal se agarrar em algo bom para depositar suas esperanças?

Fico extremamente feliz que o final do livro tenha sido satisfatório e que mesmo com todas as dificuldades as coisas se firmaram de um jeito bom, mesmo que esse jeito não tenha sido o mais incrível ou o mais "esperado".

Querem saber o final? Bom, só lendo para descobrir. Mas eu super recomendo o livro.

Eu não recomendo o livro para pessoas que acham que fé é uma bobagem, sabe porque? Porque vai ter a mesma opinião que muita gente que não acredita tem. Essa é uma bela história real de superação e amor, não deixe a sua falta de fé ou credibilidade em Deus, te afastar de ler um bom livro. Afinal, você pode se surpreender mesmo que não acredite!! Então se você não acreditar, leia de mente aberta!
0Comentar| 1 pessoa achou isso útil. Esta avaliação foi útil para você?SimNãoInformar abuso
em 7 de maio de 2015
Antes de ler tinha assistido o filme e é obvio que o livro me decepcionou bastante.
"Para sempre" é escrito contando fatos reais, e quem escreve o livro é o proprio casal que passou pelos traumas da história, devido a isso a escrita nao flui muito e nao tem aquela magica que te prende, é um livro bem pequeno que quase abandonei diversas vezes.
0Comentar| 1 pessoa achou isso útil. Esta avaliação foi útil para você?SimNãoInformar abuso
em 9 de dezembro de 2012
Só depois que li tudo entendi que se tratava mais de uma Biografia. Achei que encontraria um romance daqueles porque foi para o cinema e tal, mas a história não me cativou porque tem poucos diálogos e com isso vai ficando cansativa.
O livro não é ruim, mas também não é nada de mais. Acho que a moral da história é até bonita, mas não me prendeu.
Realmente o que mais gostei foi a capa.
0Comentar| 2 pessoas acharam isso útil. Esta avaliação foi útil para você?SimNãoInformar abuso
em 14 de fevereiro de 2013
Antes de ler, não li nenhuma resenha nem vi o filme, simplesmente comprei e comecei a ler. Já havia ouvido falar sobre ele e pensava que seria mais uma história de amor, onde o casal se fortalece a cada dia e etc.

Realmente, a história de Kim e Krickitt é muito bonita. O exemplo de superação que eles demonstram é renovador e nos faz pensar em nossos relacionamentos afetivos/familiares.

Sei que é uma história real e que quiserem contar como tudo aconteceu, mas algumas horas eles realmente perdem o foco - como quando falam da mídia e da religião.

Acho que seria um livro muito mais aproveitado (no sentido global da palavra) se apenas a história tivesse sido contada, tirando as partes que contém uma visão religiosa muito clara - principalmente dando dicar do que eles acham que as pessoas têm que fazer. Neste ponto, eu acho que o livro se tornou religioso demais, desfocando da história de amor e reconquista que eles tiveram. Eu entendo que a fé foi grande parte do que manteve eles dois juntos, mas como história, eu acho que focaram demais.

Algumas partes são muito massantes, dá vontade de pular logo...
0Comentar| 7 pessoas acharam isso útil. Esta avaliação foi útil para você?SimNãoInformar abuso
em 18 de março de 2013
A história é diferente dos romances clássicos, é uma história real, praticamente uma narrativa escrita pelo Kim, achei muito bacana por retratar o esforço de um homem, diferente dos romances clássicos onde encontramos mulheres apaixonadas, neste livro é uma história que inspira e emociona por todas as dificuldades que o autor passou para reconquistar a sua mulher.

Recomendo! Não sou muito fã de romances mas esta história me prendeu e fez minha namorada chorar por diversas vezes durante a leitura.
0Comentar| 2 pessoas acharam isso útil. Esta avaliação foi útil para você?SimNãoInformar abuso
em 7 de dezembro de 2012
Como autora de NÃO PARE! um romance paranormal cheio de suspense, ação ( e emoção!), eu fiz questão de ler essa história que parecia bem interessante em sua chamada. Infelizmente o livro não atendeu às minhas expectativas, apesar de deixar uma mensagem muito bonita: a de que não podemos perder a fé nas pessoas e em nós mesmos. E acabou.
Eu acho que tenho alguma autoridade quando o assunto é romance atribulado em meio a escolhas definitivas, ou seja, quando se trata de uma história de amor que rompe barreiras e mexe com nossa alma e coração. Mas a verdade é que PARA SEMPRE passa longe disso. Mas longe mesmo!!!
A narrativa é lenta, com poucos diálogos, o que deixa a leitura cansativa e repetitiva.

Quem narra é Kim, o marido de Krickitt. Logo após ao acidente que deixou Krickitt em coma e com sequelas, toda a devoção e amor de Kim mais pareciam como obrigações, como se fosse um dever ( e não um sentimento maior) que o fizesse ficar com ela até o fim. Tudo em nome dos votos feitos no dia do seu casamento. Claro que, se ele não tivesse feito o que fez, a história tão teria sido tão comovente, como foi.

Ao chegar no último capitulo, tive a certeza de que o livro deveria ser enquadrado como uma biografia e não como um romance. O foco do livro é a superação, a fé e o amor. E muitas vezes, não senti emoção nas páginas. A sensação era de que eu estava sendo informada sobre os acontecimentos.

Enfim, a única coisa realmente interessante no livro foi a capa. Usar atores de Hollywood sempre ajuda...
0Comentar| 7 pessoas acharam isso útil. Esta avaliação foi útil para você?SimNãoInformar abuso