Amazon Prime Video Books eBooks eBooks Kindle Kindle Direct Publishing Kindle Paperwhite Cloud Drive Photos Câmeras Fire TV Stick Kitchen Informática Videogame Celular



em 15 de setembro de 2013
O enredo cresce de forma gradativa, prendendo a atenção do leitor a cada linha. A tensão sexual entre Dellaney e Nick é palpável, sua relação é muito bem apresentada e crível. Não há em nenhum momento uma forçação de barra para esse ou aquele lado; os sentimentos dos dois são claros.

Adorei as características dos dois: ela a possível princesa, que se recusa a ganhar esse título e foge em busca de sua própria vida e ele, o aparente bad boy, que tem uma pose de durão e diz aguentar todas as críticas dirigidas a ele, mas que é na verdade, frágil e só busca o amor.

Um livro surpreendente, engraçado, sensual e irresistível, Rachel nos cativa mais uma vez com mais um ótimo trabalho. Adorei a forma como Gibson soube dosar os personagens de acordo com o temperamento de cada, e as situações onde os quais se metiam.
0Comentar| 3 pessoas acharam isso útil. Esta avaliação foi útil para você?SimNãoInformar abuso
em 10 de dezembro de 2015
O livro fala sobre Denaley, que após dez anos morando fora volta para a cidadezinha de Truly para o velório do padrasto.
Tudo ocorria bem até o aguardado momento de abrir o testamento de Henry.
E então a autora começa a tecer o ponto chave do livro. Algumas cláusulas são “priorizadas” na leitura do testamento, onde dizia, que para Delaney ganhar sua parte deveria ficar na cidade por um ano. O que até então não fazia parte dos seus planos.
E mais uma das vontades expressas do controlador Henry, para Nick(, que é o filho bastardo) manter-se longe e sem nenhum tipo de contato sexual com Delaney no decorrer de um ano. Exercida as exigências, ao final do prazo estimado ambos receberiam suas partes na herança.
O problema é que 10 anos antes Nick e Delaney tiveram uma ocasião de muito “entusiasmo”, muito embora ele fosse mulherengo e pegava todas as mulheres da cidade. E Delaney a enteada do prefeito, cuja fama era de recatada e boa garota.

MINHAS CONSIDERAÇÕES:

Eu gostei muito do romance e como era de se esperar, me deixou com gostinho de quero mais.
A narrativa é feita na terceira pessoa, algo que priorizo muito .A escrita é prazerosa e de fácil assimilação.
As descrições são perfeitas, desde as características de Truly uma cidadezinha pequena, onde a maior abordagem é a fofoca e vizinhos preocupados uns com a vida dos outros.
Os personagens são excepcionais ,adoro essa facilidade da Rachel em fazer personagens normais transforma-se em gente como a gente. Mas, se tem alguém que me deixou gamada esse é o filho bastardo. Amei a forma que foi criada o perfil do Nick,um homem de varias facetas ,sempre com aquelas tiradas engraçadas e irônicas que deixavam a Delaney sem fala e o leitor arrepiado. Outrora, um homem romântico e protetor.

(...)
“-Você vai me espionar Frank? Espiar pela minha janela?
-Não, Nick. Vou acreditar na sua palavra de que vai concordar com as condições do testamento.
-Não sei não Frank -Nick disse, e olhou para Delaney mais uma vez .Seu olhar pousou um tempo na boca dela, depois desceu para a sua garganta e peito- Ela é bem gostosa. E se eu não conseguir me controlar?”

E a personagem Delaney ,essa é uma figura. Viciada em comprar sapatos alimenta um gosto peculiar referente às escolhas do que vestir. Ela tem personalidade, é espontânea e muitas outras características marcantes.

(...)
“Nick olhou para o rosto dela.
- você passou por uma raiz de árvore com esses sapatos?
Pela segunda vez em menos de uma hora, seus sapatos preferidos eram apontados como vilões.
- Não há nada de errado com eles- respondeu Delaney.
-Não se você é uma dominatrix - Nick a mediu da cabeça aos pés, e então dos pés a cabeça - Você é?
- Vai sonhado. - Ela tentou pegar Dolores novamente e dessa vez conseguiu colocar a coleira em seus pescoço - Chicotes e correntes não são minha ideia de algo divertido.
- Que pena - Ele cruzou os braços na frente do peito e encostou o traseiro no Jipe.”

O casal Nick e Delaney tem suas briguinhas, crises de ciúmes e momentos regados a tensão sexual. Sem falar que o livro é constituído por partes sensuais bem gostosinhas de se ler ,algo mais erótico que explicito. Narrativa elegante.
E a capa do livro dispensa explicações. As cores são vibrantes, divertidas.E mais interessante é o quanto essa imagem combina perfeitamente com a história.
O único defeito, se é que posso considerar assim, é o final. Achei apressado, corrido, seria legal se a autora tivesse dedicado mais umas cinco paginas narrando esse romance de causar inveja-branca-. Fora isso ,esse é mais um dos meus queridinhos. Apaixonante.
Divertido, leve ,sensual e romântico.. Marca registrada, da grande e espetacular autora, Rachel Gibson.
0Comentar| 1 pessoa achou isso útil. Esta avaliação foi útil para você?SimNãoInformar abuso
em 23 de agosto de 2017
Adorável, a autora incrível como sempre, tudo tem seu lugar certo no tom certo, tudo encaixa, é divertido e você não consegue parar de ler até o final...MUITO BOM!
0Comentar|Esta avaliação foi útil para você?SimNãoInformar abuso
500 PRINCIPAIS AVALIADORESem 30 de abril de 2014
Livro recomendado para maiores de 18 anos!
Já começo falando que a capa não me atraiu, e não acho que tenha haver com a história do livro.
Nossa história começa com Henry fazendo uma burrada (quem é esse? Bom espera um pouco) e essa situação vai acarretar problemas na vida de Delaney.
Bom, Henry é o padastro de Delaney. Uma jovem cabeleireira talentosa que quer viver a vida no mundo de luxo que está acostumada trabalhando com gente que tem boas condições financeiras, mas acaba sendo surpreendida pelo testamento de seu padastro que deixa uma boa herança para ela com os seguintes pontos: a mesma tem que permanecer um ano na cidade em que sua mãe mora e não ter nenhum contato sexual com Nick, filho bastardo de Henry (o qual ela teve um relacionamento conturbado quando eram mais novos).
E Nick também tem uma cláusula no testamento que diz que ele deve ficar longe dela e caso algum dos dois quebre os itens obrigatórios no testamento será automaticamente dado para o outro o que era de direito dele. Perai que ficou confuso Alice...quer dizer que se Delaney ficar com Nick a parte dela da herança vai para ele? Sim, e vice versa (muita burrice para o meu gosto, mas esse velho morto sabe o que faz).
Os dois tem uma fagulha que reacende a cada momento que se vêem então já imaginam as cenas quentes entre os dois, porém como é que Delaney vai resistir a Nick sem perder o que lhe é de direito? Mesmo que ganhe a parte de Nick se ficar com ela, não é a mesma coisa, ela tem um certo orgulho sabe. Sem contar que ela tem muita coisa a perder se não ficar com esse dinheiro, afinal quer abrir seu próprio negócio e pretende ganhar muito dinheiro com isso. Se contar que ela quer sair viva dessa cidade, sem ser afetada pelo "furacão Nick".
A mãe de Delaney nessa história toda é uma mulher muito chata que vive dizendo a filha o que fazer, porque tem vergonha de si mesmo e tem medo que a filha acabe fazendo uma burrice na vida como ela faz anos atrás. Ou seja, a mulher cuidava de cabelo de gente famosa e não quer que a filha siga os próprios passos porque tem vergonha e por isso vive inventando profissões para ela ao contar aos outros o que a filha faz.
Eu gostei do livro, mas não achei que foi incrível. Só parece a mesma formula do Bad Boy e da Mocinha do papai que tem um relacionamento complicado e no final tem que ficar juntos por qualquer obra do destino, porém será que nesse caso Delaney fica com Nick?
A garota acaba gostando de morar na cidade, mesmo tendo que fugir de lá quando toda a cidade (lugar pequeno é fogo) soube do que aconteceu com ela e Nick e começaram a inventar rumores que ela engravidará dele quando era adolescente.
Não é um livro incrível, mas me proporcionou uma boa leitura.
0Comentar|Esta avaliação foi útil para você?SimNãoInformar abuso
em 13 de abril de 2014
Loucamente sua é um dos livros mais bacanas que li recentemente. É leve, divertido, escrito em terceira pessoa, com riqueza de detalhes do ambiente e da complexidade dos personagens.

Tudo começa quando Delaney Shaw volta à cidade natal (Truly) para o enterro de seu padrasto, Henry. O retorno a faz lembrar da briga que os separou por 10 anos e da humilhação que a fez abandonar a cidade. Quanto à briga, Delaney não se arrepende de ter dito poucas e boas ao seu pai "adotivo" para que se desse conta de seu excessivo controle sobre ela e seu destino. E a humilhação tem um nome: Nick Alegrezza, o filho bastardo de seu padrasto, que a fez sentir-se rejeitada e motivo de uma vingança arquitetada para agredir diretamente Henry.

Na adolescência, Delaney quase perdeu sua virgindade para Nick. Henry chegou a tempo de impedir o ato, mas Nick fez parecer que tudo havia sido consumado para ferir o homem que nunca assumiu ser seu pai. Delaney é mandada para a faculdade e decide assumir sua vida e não voltar jamais à Truly, nem para o jovem que a enganou e brincou com seus sentimentos desde que eram crianças.

Mas Henry volta a controlar sua vida mesmo depois de morto. Reunindo sua mãe Gwen e o único filho do falecido, Nick, o testamento é lido e aí começam os problemas dela. Delaney só recebe sua parte da herança (3 milhões de dólares) se morar por um ano na cidade enquanto Nick só recebe a sua se não tiver relações sexuais com ela pelo mesmo período.

Mas o fato é que Nick Alegrezza mexe com seus sentidos de uma maneira que nunca nenhum homem já o fez. E ela não sabe, mas não é menor o sentimento que Nick tem por ela. Fósforo e fogo. Delaney, uma excelente cabeleireira, resolve aceitar o desafio ditado pelo testamento e reabrir o salão de beleza de uma ótima profissional que faleceu há pouco. E o estabelecimento dá fundos para a Construções Alegrezza comandada, pelos irmãos Nick e Loue.

Os dois tentam fugir do desejo que sentem um pelo outro e o que acontece eu não vou contar para não estragar a festa. Mas adianto que a história é incrível. Li duas vezes e não me canso de reler alguns trechos como o encontro deles num quarto de limpeza do hotel onde acontece um casamento. Leiam e vocês vão concordar comigo...hehehe As cenas de sexo são muito bem escritas, nada vulgares nem machistas, com o sentimento de mãos dadas com o prazer. Algo arrebatador que nos tira o fôlego.

Nick Alegrezza é um personagem que se distancia dos bonitões de romances Luluzinha (veja bem, eu adoro romances Luluzinha!), mas o que quero dizer é que ele é um homem lindo, mas com um caráter que não precisa ser modificado pelo amor que vem com a mocinha da história. Ele não precisa de salvação. É íntegro, do bem e viril para caramba. Sai com muitas mulheres, tem vasta experiência sexual, mas nunca prometeu a elas o envolvimento que sabe que não pode dar a ninguém. Bom, nem tanto, como disse seu irmão Loue, "Nick é um homem de uma mulher só". Só pelo personagem, carismático, real e "homem de verdade" a história vale a pena.

Aventurem-se nesse livro porque Rachel Gibson mandou muito bem.
0Comentar|Esta avaliação foi útil para você?SimNãoInformar abuso
em 3 de janeiro de 2015
Um romance muito bom de se ler. A Estória de Delaney Shaw e Nick Alegrezza é um romance bem interessante, por que apesar do tempo que ficaram longe um do outro, a estória mal resolvida do passado volta com toda força e o que mais me chamou atenção no romance é que ela sempre cede aos desejos dele com relação a ela. Um bom romance para desanuviar a cabeça e alegrar as pessoas românticas.
0Comentar|Esta avaliação foi útil para você?SimNãoInformar abuso
em 17 de janeiro de 2014
Eu realmente esperava mais. Não digo que é ruim, é bom, mas achei que me empolgaria mais... Só me empolguei mesmo depois do meio do livro.

E vi uns erros de digitação. Possivelmente quem fez a revisão da versão em português não se atentou muito a esses errinhos.
0Comentar|Esta avaliação foi útil para você?SimNãoInformar abuso
em 30 de maio de 2014
O livro é ótimo, muito divertido, com uma narrativa fácil e uma história encantadora e muito engraçada! Para quem aprecia romances este é um que não pode deixar de ser lido, muito bom!
0Comentar|Esta avaliação foi útil para você?SimNãoInformar abuso
500 PRINCIPAIS AVALIADORESem 23 de agosto de 2015
Baixei uma amostra inicialmente para ver se valeria a pena a leitura e resolvi comprar o livro. A trama é legalzinha, os protagonistas são interessantes e a leitura fluiu bem.
0Comentar|Esta avaliação foi útil para você?SimNãoInformar abuso
em 6 de outubro de 2014
Ótimo livro.
Já havia recebido indicações de amigas e quando li me apaixonei.
Recomendo para quem gosta de comédia romântica.
0Comentar|Esta avaliação foi útil para você?SimNãoInformar abuso

Os clientes também visualizaram estes itens:

Salve-me
R$18,43

Precisa do serviços de atendimento ao cliente? Clique aqui