Books eBooks Kindle eBooks Kindle Novo Kindle Oasis Cloud Drive Photos Electronics HI home_kitchen Fire TV Stick Computers VideoGames Wireless

Avaliação de clientes

3,5 de 5 estrelas
4

500 PRINCIPAIS AVALIADORESem 19 de abril de 2018
Ella e Micha se conhecem da vida inteira. São vizinhos e amigos desde a infância. Mas, em um determinado momento da vida deles, os sentimentos começaram a mudar. Com medo da mudança e do que ela poderia causar na amizade, eles foram "tateando" este sentimento.
Mas, infelizmente uma tragédia acaba acontecendo e rompendo a tênue linha de normalidade que Ella vivia.
Perdida e cansada de tudo, ela decide fugir, deixando para trás toda sua vida. Foram oito meses longe de tudo e de todos, principalmente de Micha, de quem não trocou nenhuma palavra.
Durante todo este tempo, ele não parou de procurar por Ella, ou mesmo de pensar nela. Sua vida ficou em suspenso.
Agora, Ella estava de volta para as férias de verão. Era a chance de Micha acertar as coisas entre eles, ou pelo menos esclarecer. Mas, além da surpresa de ter Ella de volta a cidade, mesmo que temporariamente, ele teria que entender e lidar com uma moça totalmente diferente do que ele conheceu. Uma moça que mesmo afirmando que estava bem, e que apenas mudara seus conceitos de vida, estava na verdade em uma fuga constante, não apenas de seu passado, mas de si mesma.
Micha amava muito Ella para permitir que ela continuasse perdida e se culpando por algo que estava fora de seu controle.
Enquanto tentava resgatar Ella de si mesma, teria que lidar com a repentina aparição de seu pai. O mesmo que abandonou ele e a mãe tantos anos atrás e nunca mais deu notícias.
Tem momentos da vida que é preciso tomar uma decisão, e este momento chegou tanto para Micha quanto para Ella. Se de um lado Ella tinha que decidir se continuaria vivendo uma ilusão em seu presente, por conta de seu medo do passado ou se seguiria em frente sendo ela mesma, sem subterfúgios, Micha precisava decidir se iria em direção ao seu sonho de músico ou se permaneceria onde estava, esperando indefinidamente que Ella se encontre e o encontre neste processo.
Seria possível que no amadurecimento que ambos estavam passando, eles conseguiriam se encontrar em um lugar comum para que ficassem juntos?
Um enredo envolvente, onde os personagens foram aos poucos mostrando suas faces. Ella é um personagem que me deixou dividida. Entendo o trauma que ela passou, só não entendo ela querer afastar Micha de sua vida. Justamente a pessoa que mais a ama e a aceita como é. Pior ainda é acreditar que precisaria mudar sua essência, fingindo ser uma coisa que não é. Mesmo assim, não cheguei a ter raiva dela, apenas não via lógica em seu raciocínio.
Gostei deste primeiro volume. tanto dos personagens principais, como dos secundários, assim como a forma que autora foi narrando os fatos. Estou indo para o próximo volume com boas expectativas. E você, já conhece esta série? Leu? Gostou? Me contem suas opiniões.
|0Comentar|Informar abuso
500 PRINCIPAIS AVALIADORESem 10 de março de 2014
O Segredo de Ella e Micha tinha tanto potencial para ser um livro incrível, com uma sinopse que nos chama a atenção e elementos únicos que poderiam tê-lo feito brilhar, mas que em realidade careceram de profundidade e substância.

Para começar não há segredo algum! Não no que se refere à um mistério, enigma ou outra coisa do gênero, o segredo é mais uma metáfora para o amor de Ella e Micha. O que poderia ter sido interessante se ao menos a trama do livro não fosse tão fraca.

Ella e Micha são melhores amigos desde a infância. Nenhum dos dois vieram de famílias felizes. Ella perdeu sua mãe e seu pai é alcoólatra. E Micha não vê o pai há muitos anos. Apesar de tudo, eles sempre tiveram um ao outro, até que um dia Ella simplesmente arruma as malas e desparece. Sem nenhum telefonema, bilhete ou sinal de fumaça.

Micha passa os próximos oito meses procurando por Ella, obsessivamente ( pelo menos é o que nos é explicado em mais ou menos 3 linhas do livro). Através da internet ele finalmente a encontra em uma faculdade em Las Vegas. A garota gótica, viciada em adrenalina e que nunca pensou em ingressar na faculdade agora é uma patricinha que nunca fala o que pensa e só vive para os estudos. Coincidentemente, no dia em que Micha descobre o seu paradeiro, Ella volta a sua cidade para as férias de verão. Apesar desta nova "versão" de Ella, Micha acredita que eles foram feitos um para o outro e de que só precisa de um empurrãozinho. E este é basicamente o fio condutor desta trama.

Na minha opinião o livro continha elementos pontuais, qual sejam o fato da mãe de Ella ser bipolar e o pai alcoólatra, que poderiam ter sido mais explorados. Sorensen poderia ter levado este livro para um patamar completamente diferente, mostrando as dificuldades vividas pelas famílias que possuem membros com essas doenças, no entanto tanto o alcoolismo como a bipolaridade são tratados bem en passant. Talvez o que Sorensen quisesse fosse realmente focar a prosa em seus personagens, na estória de amor propriamente dita? Se essa era a intenção então a autora falhou magistralmente. O casal não possui química alguma. Para falar a verdade, as "angustias" e "emoções" dos personagens são muito mais descritas que vivenciadas. No sentido de que a autora explica através de palavras uma certa emoção, em vez de fazer com que os leitores entendam aquele sentimento por meio de atos e ações. Roubada da satisfação de poder saborear um sentimento, ficou difícil criar qualquer conexão não só com os personagens como também com suas emoções.

A trama, de igual forma, não possui nem substância nem profundidade. Até agora eu estou me perguntando porque Ella resistia tanto a Micha. Parecia simplesmente imaturidade. Além disso, há vários aspectos do livro que ficaram sem respostas, como o drama de Lila e sua família (que eu acredito que será explicado nas próximas sequencias do livro).

E quando Ella e Micha finalmente ficam juntos? Foi como um balde de água fria... O momento é simplesmente um anti-climax. Sabe aquelas cenas aonde todos os elementos levam àquele determinado e esperado momento? Bom, você não encontrará nada disto por aqui. Nada de " finalmente eles ficaram juntos". Nada de "Ahhhhh que lindo". Nada de "eu quero um momento desses para mim". Nada de nada.

Com uma trama fraca, personagens bidimensionais e sem qualquer conexão emocional, eu sinceramente nem sei como eu terminei de ler este enredo.

É uma pena, mas eu sinceramente não lerei as sequências deste livro. Eu gosto de narrativas descomplicadas. Mas esta, ao meu ver, é simplesmente boba.
4 pessoas acharam isso útil
|0Comentar|Informar abuso
em 22 de fevereiro de 2016
O livro não é ruim de ler, ele é bonzinho sim... tem bastante drama porque os protagonista sofreram muito, ainda mais a Ella, tinha hora que eu tive vontade de chorar .. Eu adoro quando sinto a química do casal, é um dos pontos mas importantes para mim, o Micha é um cara fofo e maravilhoso que fica ao lado de Ella mesmo ela fica empurrando ele p longe... É quente quando a autora relata as preliminares deles, aquele fogo e tudo mas, só que a única observação que faço pelo fato de não ter gostado é que não entra tanto em detalhes quando eles se entregam sexualmente, um pro outro .. P quem ler Sylvia Day, fica meio em expectativa esperando algo a mais né.. hehe
Mas eu recomendo sim a leitura! ;)

Curtam minha página[....] tem quotes desse livro entre outros!!!!
|0Comentar|Informar abuso
50 PRINCIPAIS AVALIADORESem 9 de junho de 2014
"O Segredo de Ella & Micha" é o primeiro livro da série da escritora Jessica Sorensen publicado no Brasil pela Geração Editorial. A narração é alternada entre a visão de Ella e de Micha.
O livro conta a história de dois amigos desde pequenos que possuem uma vida complicada. Micha é criado por sua mãe desde que o seu pai foi embora e Ella tem uma família totalmente disfuncional.
Conforme os anos passam, os sentimentos entre ambos amadurecem e o que era apenas uma amizade transforma-se em algo mais. Diante de todos os problemas com a sua família Ella chega a um ponto decisivo. Uma noite fatídica que a leva por um único caminho: sumir.

" - Só porque está quebrado não significa que perdeu a importância. E imaginei que um dia eu o daria a você, no dia em que percebesse que todos nós erramos e que tudo bem cometer erros. Eles fazem parte da vida". (p.250)

Oito meses se passam e Ella está na faculdade, com uma nova melhor amiga, a Lila, e vai retornar para casa nas férias. É claro que retornar para casa significa retornar para Micha.. só que Micha não tem a intenção de perdê-la mais de vista.
Ella é uma personagem confusa. Conforme avançamos na leitura, observamos que ela precisa criar um distanciamento para se sentir segura. Ao mesmo tempo que ela faz isso, seus pensamentos são contraditórios e em alguns momentos frustrantes.
Micha é o príncipe encantado de todas as pessoas que amam romance. Ele não ficou um segundo desses oito meses sem procurar Ella e do momento em que a vê, vai fazer de tudo para mudar a cabeça da garota. Ele é lindo, romântico, centrado e absurdamente maravilhoso.
Temos dois outros personagens que ganham destaque na história, a Lila, que junto com o leitor começa a conhecer a verdadeira Ella. No início temos a impressão de que é uma daquelas garotas esnobes, mas vemos que existe muito mais conteúdo atrás dessa fachada. E o outro personagem é o amigo de Micha, que o apoiou nesses meses que a Ella sumiu, o Ethan. Ethan tem toda aquela pose de bad boy e emana perigo, mas também é um personagem que tem mais conteúdo do que aparenta. Espera-se que nos próximos livros a autora desenvolva ainda mais esses dois personagens e que eles ganhem uma história própria.

"De mãos dadas, caminhamos pela grama e pela calçada, deixando um rastro de água e algo mais. Algo invisível para outras pessoas, mas, para mim, é mais visível que o sol brilhando no céu". (p.158)

A sinopse fala de dramas familiares, traumas psicológicos, medo do futuro e da morte. Sim, tudo isso está presente no livro, mas não é só isso. Temos também a esperança, a discussão de um amor extremamente forte e lições sobre perdoar o próximo e a si mesmo. É um livro que é emocionante ao mesmo tempo que discute a trama em um ambiente caótico, já que não são apenas as famílias dos dois protagonistas que são problemáticas. Temos um bairro perigoso, alguns personagens sombrios e muita velocidade.

" - Bem-vinda a Star Grove - grito por causa da música alta. - A terra tomada pela intensidade e pela pobreza, onde os adolescentes andam livres sem a supervisão sóbria de seus pais e tentam arranjar briga sempre que podem." (p. 37)

Em relação à revisão, diagramação e layout a editora realizou um ótimo trabalho. A capa chama a atenção, mas não lembra muito a Ella descrita no livro.

"Mas ela destruiu. Quebrou-me em um milhão de pedaços e os espalhou com o vento, como folhas secas". (p. 62)
1 pessoa achou isso útil
|0Comentar|Informar abuso


Os clientes também visualizaram estes itens:

Em pedaços (Recomeços)
R$19,90
Alguns Anos
R$8,99

Precisa do serviços de atendimento ao cliente? Clique aqui