eBooks Kindle Amazon Prime Video Books eBooks Kindle Kindle Direct Publishing Kindle Paperwhite Cloud Drive Photos Electronics Fire TV Stick HI home_kitchen Office Computers VideoGames Wireless



em 20 de agosto de 2017
Por toda essa viagem de 20 mil léguas submarinas, o livro é recheado de descrições científicas e naturalistas (perfeito para alguém que, como eu, é fascinado por biologia, porém pode ser bem cansativo).
Possui ótimos personagens, sendo, na minha opinião, Conselho o melhor, é incrível como ele deixa sua própria personalidade e passa a viver apenas pelo patrão, Aronnax. Mas não deixo de citar o enigmático Capitão Nemo, que durante toda a narrativa nos deixa curiosos para saber quem é aquele homem, de onde ele vem e qual a sua história.
O final é um tanto quanto imediato e talvez até "preguiçoso", o que pode acabar causando uma certa decepção em alguns, mas, mesmo assim, eu considero um final adequado.
Conclusão: É uma ótima ficção científica, descritiva demais em certos pontos, porém ótima.
0Comentar|Esta avaliação foi útil para você? Informar abuso
em 11 de setembro de 2017
O livro chegou bem rápido, e o rastreamento é bastante preciso e atualizado. Pensei que fosse um pouco maior mas é Livro de bolso.

Com relação ao conteúdo do livro... Esse é um dos melhores Romances do Julio Verne.
0Comentar|Esta avaliação foi útil para você? Informar abuso
50 PRINCIPAIS AVALIADORESem 20 de junho de 2017
Um clássico lançado em 1869 com uma tradução maravilhosa. Eu nunca tinha lido essa obra, foi a primeira vez, e quando decidi ler pensei que teria dificuldades por se tratar de uma obra relativamente bem antiga, onde o linguajar era outro. Realmente o linguajar é outro, porém a tradução feita para o português, além de não deixar perde a essência da escrita de Jules Verne ou Júlio Verne como preferir, ela esta totalmente presente na obra.

O inicio do livro é bem cativante, fazendo o leitor entrar na história, narrando acontecimentos curiosos de navios que avistaram ou foram danificados por algo que ninguém sabe o que é: objeto ou animal marinho. E começa assim as especulações, até que a marinha norte-americana decide enviar o navio Abraham Lincoln para caçar e desvendar esse mistério. O livro é narrado em primeira pessoa pelo professor Aronnax, naturalista francês, que embarca junto com os norte-americanos no Abraham Lincoln atrás do animal marinho.

Um ponto a ser levantado aqui é sobre a narrativa do professor Aronnax. Por ser um naturalista, ele obviamente fica encantado com as maravilhas do oceano junto com seu criado Conselho, responsável por catalogar tudo, e enquanto realizam as suas 20 mil léguas submarinas, catalogam e detalham espécies marinhas em diversos capítulos. Concordo que essas informações pra quem não é nenhum estudante da área, acabam desanimando bastante a leitura, com capítulos às vezes tendo mais da metade apenas o professor descrevendo as espécies marinhas que esta observando pela escotilha. É um aprofundamento sem necessidade e que torna a leitura arrastada por conta disso.

Outro ponto que levanto agora é sobre o final, bem decepcionante e notoriamente preguiçoso, com uma saída fácil e ruim. Fiquei extremamente desanimado quando terminei de ler, e penso que muitos devam sentir a mesma coisa.

Por fim e pelos motivos levantados acima, resolvi dar 4 estrelas, porque o livro é bom sim, com um inicio bem legal que atrai o leitor. Mas peca com os exageros narrativos detalhando espécies marinhas e com o final preguiçoso na hora de encerrar a obra.
0Comentar| 1 pessoa achou isso útil. Esta avaliação foi útil para você? Informar abuso
50 PRINCIPAIS AVALIADORESem 13 de julho de 2017
20.000 Léguas Submarinas é provavelmente uma das obras mais famosas de Jules Verne. A história é sobre um homem chamado Capitão Nemo que possui um enorme submarino chamado Nautilus. Este submarino é imenso, possuindo vários compartimentos sendo completamente auto-suficiente. Além disso, o Nautilus é movido a base de eletricidade. O enredo ganha forma quando um grupo formado pelo professor Aronnax (um intelectual naturalista), o seu criado Conseuil (conselheiro, em francês), e o arpoeiro Ned Land caem ao mar após o naufrágio de seu navio Abraham Lincoln. Nemo resgata os três e os torna prisioneiros do Nautilus. Eles não podem jamais abandonar o Nautilus, mas logo acabam despertando um instinto de amizade por Nemo. O objetivo do capitão é viver diversas aventuras em um submarino que cortara as ligações com os continentes, sobrevivendo daquilo que eles encontram no mar.

A ideia central da história é alguém indo a lugares maravilhosos e vivendo aventuras fantásticas. Esse é um tema muito comum nas primeiras histórias de ficção científica: a descoberta do exótico, do maravilhoso. Discutiremos esse tema posteriormente já que as robinsonadas (como são chamadas as histórias cujo tema central são as viagens fantásticas) serão parte do sucesso das pulp magazines da década de 20 nos EUA.

Entre os personagens da história, o professor Aronnax é um dos que ganham bastante destaque junto com Nemo. Aronnax é um homem que vive em seu próprio mundo junto com suas teorias matemáticas e teorias sobre o corpo humano. Ele representa o mundo da ciência, um homem que, apesar de ser um cientista genial, não tem o trato social adequado ficando à margem. Para colocar Aronnax no nível do mundo, fazê-lo se dar conta da importância do mundo comum, está Ned Land. Ele age como um homem experiente e responsável. Existe uma relação satírica entre Ned Land e Aronnax: sempre que Ned aparece com algum problema comum, Aronnax não consegue resolver. O senso comum parece não fazer parte do seu conjunto de ideias.

Já o capitão Nemo é um homem repleto de habilidades. Ele foi o responsável direto pela construção desse submarino maravilhoso. Cabe aqui destacar que Nemo faz o possível para manter o Nautilus um segredo para a humanidade. O capitão é capaz de ler em vários idiomas, sendo, portanto, um homem letrado. Nemo parece ser um personagem construído tendo como base os grandes cavaleiros de outrora, mas adaptado a uma realidade que abria as portas para a tecnologia. Podemos ver no personagem um desejo para melhorar a humanidade. Por isso, não se alia a nenhum país, mas compreende que poder e conhecimento devem ser usados para o bem da humanidade.

Não devemos subestimar a capacidade de escrita de Verne. Existe muita reflexão em suas obras. Normalmente Verne é considerado como alguém que escreve para um público infanto-juvenil (isso nos dias de hoje). Mas, muitas de suas ideias eram extremamente originais para o período em que ele teve sua produção. Sua importância foi fundamental para este período de formação daquilo que conheceremos como ficção científica. Veremos na próxima postagem como algumas de suas ideias eram imbuídas até de crítica social.
0Comentar|Esta avaliação foi útil para você? Informar abuso
100 PRINCIPAIS AVALIADORESem 19 de abril de 2017
É extremamente agradável embarcar a bordo do Nautilus, sob o comando do capitão Nemo e desfrutar das maravilhas submarinas. De locais que saem diretamente do imaginário de Julio Verne, com comidas, bebidas, fumos e tudo o mais saído diretamente do fundo do mar.
Há um enorme despejo de informações extremamente científicas para buscar provar teorias científicas e descrições de espécies por seus nomes científicos, muitas das quais poderiam ter sido evitadas, mas que para mim não atrapalharam o curso da leitura.
Para mim, o bom do livro é se imaginar no submarino, ao lado de Ned Land, Conseil e o professor Aronnax, viajando para mundos livres, diferentes e novos, explorando, através do imaginário de Verne, o inexplorável.
0Comentar|Esta avaliação foi útil para você? Informar abuso
em 19 de março de 2017
Gente, este autor era um grande visionário! Me pergunto de ode poderia sair tamanha criatividade tecnológica numa época tão limitada!! Não é a toa que até hoje pessoas acreditam que era tudo real
0Comentar| 2 pessoas acharam isso útil. Esta avaliação foi útil para você? Informar abuso
em 18 de dezembro de 2017
Vi alguns comentários negativos sobre o livro e fiquei um pouco receosa, dizendo que as descrições de espécies marinhas tornavam a leitura enfadonha.
Que bom que não esmoreci diante disso e li esse livro incrível!
Parecia que eu também estava a bordo do Nautilus com os personagens, e que também visualizava tudo o que seus olhos viam.
Clássico imperdível, feito para todas as idades!
0Comentar|Esta avaliação foi útil para você? Informar abuso
em 15 de dezembro de 2017
Por ser uma narrativa revolucionária e um clássico visionário constitui uma obra-prima para a humanidade, porém o autor peca ao encerrar o livro com um final em aberto não tão fascinante e muito pouco agradável. Por possuir tamanhas dimensões frente as descrições da vida marinha bem como ao estilo de escrita verniano deixa desejar e muito tornando a leitura massante, quebrando as expectativas.
0Comentar|Esta avaliação foi útil para você? Informar abuso
em 9 de novembro de 2017
Li o livro pelo Kindle Unlimited, e recomendo a leitura por ser um clássico, mas aviso que por excesso de descrição da vida marinha a leitura se torna cansativa, o que vale mesmo são os últimos capítulos, mais especificamente os últimos 20% do ebook.
0Comentar|Esta avaliação foi útil para você? Informar abuso
em 27 de dezembro de 2017
Após ler o livro me deu vontade de viajar num submarino por todos os oceanos. A história me prendeu de tal jeito, que quero um Nautillus só para mim.
0Comentar|Esta avaliação foi útil para você? Informar abuso