Evergreen Books eBooks Kindle eBooks Kindle Kindle Direct Publishing Dispositivos Kindle Kindle Unlimited Cloud Drive Photos



Ocorreu um problema para filtrar as avaliações agora. Tente novamente mais tarde.

50 PRINCIPAIS AVALIADORESem 23 de março de 2016
Basicamente, você está lendo o relato, em primeira pessoa, do Arthuro Bandini, uma espécie de heterônimo do próprio escritor, um caipira de ascendência italiana que veio do Colorado para LA tentar a carreira de escritor depois de ter tido publicado um bom primeiro conto.

O problema é que a chegada na cidade grande atordoou o sujeito de tal forma que ele vive um bloqueio criativo e não consegue escrever.

Quando a narrativa começa, ele está a ponto de ser despejado e aí começamos a conhecer suas angústias. Que só pioram quando ele conhece Camilla, uma garçonete de ascendência mexicana.

Bandini é, claramente, um anti-herói. Possui comportamento bipolar. Se em um momento está exultante, no próximo lance está a beira da depressão.

O problema do livro (para mim), é que embora a história seja envolvente, eu não consigo me sentir a vontade "na cabeça" de Bandini. Ele é um cara muito babaca para a minha sensibilidade de homem do século XXI.

Veja os primeiros "encontros" com a Camilla. Apesar de obviamente interessado por ela, ele a trata muito mal. Por ela ser estrangeira. Por ela usar sandálias esfarrapadas. Porque ela mexe com ele e não sabe o que fazer com isso. Não admira que ela o trate mal também.

Com isso, não consegui chegar até o final. Fiquei muito incomodado e tirei uma estrela. É um problema meu, eu sei. Mas a nota sempre tem um componente subjetivo.
0Comentar| 5 pessoas acharam isso útil. Esta avaliação foi útil para você?SimNãoInformar abuso
John Fante é um daqueles caras que, depois de um certo tempo no ocaso, voltam à cena. No caso dele, a volta se deu graças ao Bukowski, que o leu pela primeira vez na década de 1940 e considerava Fante um verdadeiro deus literário, que lhe abriu várias portas – metaforicamente falando – artísticas, mostrando a possibilidade de ser um autor que escreve sem empolação, sem muita frescura.
Este Pergunte ao pó faz parte do chamado Bandini Quartet, quatro livros que trazem como protagonista Arturo Bandini, uma espécie de alter ego do próprio Fante, escritor, filho de italianos, nascido no Colorado e que foi buscar a sorte na Califórnia.
Bandini, aqui, é um escritor ainda em um estágio muito inicial. Teve um conto publicado, mas só. Sem dinheiro, completamente sem dinheiro ao ponto de contar os centavos, acaba por conhecer Camila Lopez, uma garçonete latina – mas americana. De certa forma, Camila é como Arturo: ambos são nascidos na América, americanos portanto, mas que não estão dentro do modelo wasp de americano. Bandini está um degrau acima nessa escala de integração racial e, ao mesmo tempo que se sente um excluído, é capaz de despejar sobre Camila toda espécie de ofensas raciais, apesar de amá-la perdidamente, ao ponto de pedi-la em casamento.
Além disso, à dupla Bandini e Camila se junta Sammy, um barman que trabalha na mesma espelunca que ela. Forma-se uma espécie de triângulo amoroso que avança ao mesmo passo em que avança a carreira de Bandini, que vê um conto sendo publicado aqui e acolá e sonha com o seu primeiro romance.
O triângulo se desmancha porque Arturo ama Camila que ama Sammy que não ama ninguém. A diferença é que talvez só Arturo compreenda o que é o amor não correspondido, ao entender que, em certo ponto, é preciso desistir de Camila. Ela tem o caminho dela e só ela pode decidir o que fazer. Sammy, apesar de ser amado loucamente por Camila a despreza vilmente, trata-a mal porque, wasp que é, acredita que as latinas devem ser mal-tratadas, ofendidas, agredidas.
E Camila é incapaz de superar o desprezo de Sammy.
Enfim, um livro com coisas muito instigantes, tanto sobre as questões raciais de pessoas que não são excluídas, mas que também não fazem parte inteiramente do clube.
P.S.: Vale a pena ficar também de olho nas questões religiosas que o livro levante. Bandini - e imagino que o próprio Fante também - era um católico bem fervoroso, daqueles que ficam perturbados pela possibilidade de haver uma punição divina pelos nossos atos.
0Comentar|Esta avaliação foi útil para você?SimNãoInformar abuso
em 18 de julho de 2017
Difícil não entrar na história e se identificar com Bandini. Esse livre é um marco na história de qualquer leitor.
0Comentar|Esta avaliação foi útil para você?SimNãoInformar abuso
500 PRINCIPAIS AVALIADORESem 18 de janeiro de 2016
Qualquer pessoa que se considere um leitor tem que ler este livro. Uma das obras mais puras e corajosas do século 20. Fico imaginando a maneira como o autor foi bravo a colocar seus sentimentos neste livro e me sinto feliz de saber que existem escritores que são capazes de colocar seus sentimentos mais íntimos de maneira honesta sobre as páginas em branco. Não fazem isso para mostrarem que escrevem bem ou que são especiais, mas para tentar mostrar alguma verdade em suas palavras mesmo que isso signifique eliminar seu ego. E Fante faz isso com frases tão bem construídas, uma narrativa que vai para frente, uma história simples mas profunda e uma descrição arrebatadora. Um dos meus livros preferidos e talvez um dos mais importantes que já li.
0Comentar| 6 pessoas acharam isso útil. Esta avaliação foi útil para você?SimNãoInformar abuso
1000 PRINCIPAIS AVALIADORESem 21 de novembro de 2015
Não sabia o que esperar do livro, simplesmente senti. Me surpreendi com a introdução de Bukowski, e então fui animada para ler a história de Bandini, sendo um escritor novato na intimidante Los Angeles. Sua vida é levada a esmo e sem grandes perspectivas porém com muitos sonhos. O que posso dizer é que, o que nos pega de fato no livro é a torrente de emoções que Bandini vive, com tudo em excesso. Ama demais, sofre demais, presunçoso demais, raivoso demais... em cada momento é um sentimento em que tem horas que você o odeia e em outras o adora, e acho que é isso que faz o livro fluir tão bem. Porém tenho que admitir que não gostei da Camilla, ela fez a vida de Bandini um sofrimento.
0Comentar| 2 pessoas acharam isso útil. Esta avaliação foi útil para você?SimNãoInformar abuso
Narrativa supreendente, adorei a forma objetiva que o autor utiliza, tão visual e emotivo. Leitura é simples, história flui de forma rápida.
Livro não deixa nada a desejar, mesmo! Foi o melhor livro que li nos últimos meses, como poucos.
Cinco estrelas porque me surpreendi muito com a facilidade do autor em demonstrar o ponto de vista do personagem.
0Comentar| 1 pessoa achou isso útil. Esta avaliação foi útil para você?SimNãoInformar abuso
em 22 de dezembro de 2016
O personagem principal do livro, o aspirante a escritor Bandini, inspira reações diversas. Uns o amam, outros o detestam. Independentemente do sentimento do leitor perante um personagem tão controverso, considero-o um dos mais bem construídos da literatura norte-americana. Falando por mim, por mais que os defeitos dele sobressaiam-se em muitos momentos não pude desgostar dele, de sua sinceridade, mesmo antes suas mais tresloucadas ações.
0Comentar|Esta avaliação foi útil para você?SimNãoInformar abuso
em 6 de julho de 2017
Pergunte ao pó. Edição de 2015. "Atualizado" com o novo acordo ortográfico (diz isso no livro), mas todas as palavras que encontrei ainda estão na antiga ortografia. Palavras com trema e acento que hoje não tem mais. Lamentável.
História OK.
0Comentar|Esta avaliação foi útil para você?SimNãoInformar abuso
em 22 de janeiro de 2017
Deu para entender o a preferência de Bukowski por esse livro. É uma narração muito direta e fluida. Os sentimentos sendo explorados em seu extremo. Mas o que mais me marcou foi a sinceridade da personagem, mesmo ele sendo aquele personagem que lhe causa extrema empatia num momento, e segundos depois um desprezo sem igual.
0Comentar|Esta avaliação foi útil para você?SimNãoInformar abuso
em 14 de novembro de 2016
Não é atoa que é um dos livros favoritos do Bukowski. Leitura fácil, a história te prende e a narrativa do John Fante é fora do comum. Altamente recomendado.
0Comentar|Esta avaliação foi útil para você?SimNãoInformar abuso

Os clientes também visualizaram estes itens:

R$34,48
R$17,96

Precisa do serviços de atendimento ao cliente? Clique aqui